sexta-feira, 22 de abril de 2016

MOBILIDADE URBANA: Prefeitura de Niterói estuda implantação de sistema VLT


Em visita a Lyon, prefeito e comitiva conheceram o funcionamento do sistema local


Visita ao CCO de Dijon e VLT de Lyon   

Prefeito conhece instalações de centro de controle operacional de trânsito similar ao que está sendo implantado em Niterói e assina termo de cooperação com empresa pública francesa

No segundo e terceiro dias da missão oficial da Prefeitura de Niterói à França, o prefeito Rodrigo Neves esteve em Lyon, onde conheceu detalhes sobre o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), um dos primeiros da Europa. A implantação do modal em Niterói é um dos objetivos do Executivo para melhorar a mobilidade.

Em Lyon, os estudos para implantação do VLT começaram em 1995 e, dois anos depois, o projeto foi aprovado. Em 2000, iniciou sua operação, com dez quilômetros de extensão, e foi sendo ampliado até atingir os atuais 60 quilômetros, integrando bairros da cidade de um milhão de habitantes e quase três milhões na região metropolitana.

Atualmente, o VLT de Lyon transporta cerca de 300 mil passageiros por dia e responde por quase 20% do total de deslocamento de passageiros. O restante é dividido entre metrô, ônibus, automóveis e bicicletas.

“Fomos conhecer esta experiência, uma das mais bem-sucedidas implementadas também em países de diferentes regiões do mundo como Marrocos, Turquia e que começa a ser avaliada pelas cidades brasileiras”, explicou o prefeito.

Durante o encontro com o representante da prefeitura de Lyon, Robert Thevenot, que também representa o consórcio que gerencia o sistema de transportes da cidade, o prefeito firmou um acordo de cooperação entre as duas cidades. Thevenot explicou como se dará esse processo.

“Nosso conhecimento adquirido com a implementação do sistema de VLT de Lyon pode ser exportado para outras cidades e é isso que pretendemos fazer com esse acordo. A implantação do VLT em Lyon modificou profundamente a cidade em dois aspectos: a organização territorial dos bairros; e os hábitos dos cidadãos, para quem o novo sistema de transporte representou uma nova oferta de transporte com mais qualidade”, disse.

Após as visitas, o prefeito ressaltou a importância dos investimentos em transporte público.

“Cidade moderna e sustentável não é aquela onde a classe menos favorecida anda de automóvel o tempo todo, mas aquela onde as classes média e alta também usam o transporte público porque ele tem qualidade, conforto e eficiência. Nossa meta é viabilizar o primeiro VLT integrando bairros em cidades brasileiras. Temos uma intensa jornada de trabalho pela frente, mas, da mesma forma que o túnel saiu do papel, acredito que é possível viabilizar esse projeto, que tem tudo a ver com a nossa cidade e a população”, disse.

O prefeito também conheceu de perto o Centro de Operações de Trânsito e Mobilidade de Dijon, modelo similar ao que está sendo implantado na cidade fluminense.

Ao visitar as instalações, Rodrigo pôde conhecer detalhes do funcionamento do projeto, responsável pelo gerenciamento do sistema de transporte de toda a cidade de 250 mil habitantes em tempo real, permitindo, assim, que controladores façam alterações em toda a rede semafórica do município, dando mais fluidez ao trânsito e à mobilidade.


No twitter, Rodrigo Neves publicou uma foto com comitiva da prefeitura em visita à sede da Louis Vuitton
Reprodução/Twitter


Moda – Ainda no segundo dia, o chefe do Executivo municipal seguiu para visita ao centro cultural da Fundação Louis Vuitton. No próximo dia 28 de maio, o desfile internacional da coleção 2017 da marca será no Museu de Arte Contemporânea (MAC).

Acompanhado do presidente da Fundação de Arte de Niterói, André Diniz, e da secretária Verena Andreatta, o prefeito conferiu as instalações, inauguradas em 2014, e que já receberam quase 2 milhões de visitantes até este ano. Neves adiantou que a visita teve por objetivo buscar novas parcerias com o grupo francês, especialmente para exposições de parte de seu acervo permanente no MAC.

O prefeito assinou acordo para a realização do evento e que prevê a contrapartida de R$ 1,5 milhão a ser utilizado no custeio e manutenção do MAC pelos próximos 12 meses.


Fonte: O Fluminense




--------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

Prefeito em exercício de Niterói conhece tecnologias inovadoras de transporte urbano
VLT DO RIO DE JANEIRO - vistoria técnica às obras de implantação do VLT do Rio de Janeiro
Prefeitura discute parcerias com consulado francês para projetos de desenvolvimento
NITERÓI APRESENTA AO BID PROJETO DE VLT PARA A CIDADE
VLT Charitas-Centro: Prefeitura de Niterói avança na agenda da mobilidade sustentável
BID libera primeira parcela de financiamento e poderá apoiar VLT de Niterói
Rodrigo Neves apresenta a movimentos sociais projetos na área de mobilidade urbana, saúde, educação e agenda de transparência e participação 








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.