sexta-feira, 15 de abril de 2016

INEA abre inscrições para o curso de condutores de visitantes para o Parque Estadual da Serra da Tiririca


Parque Estadual da Serra da Tiririca. Divulgação.

13/04/2016

O Parque Estadual da Serra da Tiririca, administrado pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), recebe, até 22 de abril, inscrições para o curso de capacitação de condutores de visitantes, voltado para moradores do entorno da unidade de conservação, situado em parte dos municípios de Niterói e de Maricá. O curso é gratuito, dividido em módulos teórico e prático e terá duração aproximada de três meses.

As inscrições podem ser feitas, de 2ª a 6ª feira, das 10h às 16h, na Sede do Parque, Rua Engenheiro Domingos Barbosa, nº 4, Bairro Recanto de Itaipuaçu, ou no Museu de Arqueologia de Itaipu, na Praia de Itaipu. A documentação necessária inclui duas fotos 3x4, comprovante de residência, cópias da carteira de identidade e do CPF e atestado de saúde atualizado (que especifique aptidão física) e certificado escolar. Para participar é necessário ter o Ensino Fundamental completo. Mais informações: (21) 2638 4411 // 2709 9176.

O curso de capacitação de condutores de visitantes vai abranger as matérias história do parque, noções de ecologia, geografia, turismo e sustentabilidade, legislação ambiental, técnicas de condução, criação de roteiros, cartografia e segurança. A carga horária é de 134 horas. As aulas começam no dia 2 de maio com previsão de término em 20 de julho, e serão realizadas na sede do Parque, em Itaipuaçu, às segundas e às quartas-feiras, das 13h às 17h.

O Programa Estadual de Guias e Condutores do Inea tem como objetivo capacitar, ordenar e certificar as atividades de guiagem e condução de visitantes nas unidades de conservação do Estado. A qualificação de condutores locais de visitantes busca auxiliar o desenvolvimento social e econômico por meio do fomento das práticas de guiagem, propiciando geração de renda para comunidades do entorno. Além disso, permite oferecer ao visitante a possibilidade de uso deste serviço turístico com segurança, qualidade e mínimo impacto nas visitas aos parques.

Fonte: INEA




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.