sexta-feira, 22 de abril de 2016

Estado e UFF avançam trabalho de inventário de oferta turística de Niterói



Pesquisadores virão à cidade para mapear atrativos turísticos
Foto: Divulgação / GERJ

 
Informações vão orientar as ações públicas, bem como os projetos privados dedicados ao desenvolvimento do setor

A Secretaria de Turismo finalizou este mês o Inventário de Oferta Turística da cidade de Niterói. O trabalho, que contemplará 23 municípios e é realizado em parceria com professores e alunos da Universidade Federal Fluminense (UFF), deve ser concluído ainda no início do segundo semestre. A iniciativa faz parte do Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur/RJ). As informações processadas vão orientar as ações públicas, bem como os projetos privados dedicados ao desenvolvimento do setor.

"É com o inventário que teremos a possibilidade de identificar os pontos fortes, as lacunas, onde é preciso priorizar investimentos para fomentar o turismo no estado. Para pensarmos em roteiros temáticos e novas oportunidades de negócios, necessitamos conhecer mais detalhes sobre a oferta turística do Rio de Janeiro. É esta a riqueza que um inventário traz", afirmou a coordenadora-geral da iniciativa, Valéria Lima.

O estudo já alcançou a fase de campo, onde cerca de 100 pesquisadores vão às cidades para mapear atrativos turísticos, infraestrutura, equipamentos e serviços à disposição dos visitantes, assim como a cadeia produtiva do segmento das regiões contempladas.

Tecnologia agiliza coleta de dados

O trabalho de campo tem sido realizado com o uso de tecnologia. Todos os envolvidos utilizam tablets para agilizar o serviço de coleta de informações, que são enviadas, em tempo real, para o banco de dados do projeto, que conta ainda com mapeamento (georreferenciamento) e inserção de fotos em alta resolução.

"Uma de nossas exigências foi que todo o trabalho fosse feito a partir do uso das novas tecnologias. Além de acelerar a coleta das informações, garante a segurança de seu armazenamento, além de otimizar o compartilhamento do material e facilitar futuras atualizações. O Inventário é uma ação pioneira em nosso estado. Será uma ferramenta fundamental para a execução de ações desenvolvidas pela administração pública, bem como base para orientar projetos e investimentos na área feitos pela iniciativa privada", afirmou o secretário de Turismo, Nilo Sergio Felix.

Etapa de campo - O Inventário de Oferta Turística do Estado do Rio de Janeiro contempla as seguintes regiões: Agulhas Negras, Costa do Sol, Costa Verde, Metropolitana, Serra Verde Imperial e Vale do Café.

As pesquisas de campo estão sendo realizadas agora na cidade do Rio de Janeiro. O trabalho nas demais áreas terminará entre maio e julho.

Fonte: O Fluminense






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.