quarta-feira, 20 de abril de 2016

INFRAESTRUTURA URBANA DE NITERÓI - Construção do Mergulhão da Praça Renascença começa com plantio e remoção de árvores






20/04/2016 - O plantio de 588 árvores na região das alças de acesso à Ponte Rio-Niterói dará início, na próxima terça-feira (26), à construção do Mergulhão da Praça Renascença – que será feito pela concessionária Ecoponte, administradora da Ponte Rio-Niterói. A medida contempla a compensação ambiental exigida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Sustentabilidade e Recursos Hídricos de Niterói, como contrapartida para a obra viária.

Na última terça-feira, representantes da empresa e da NitTrans se reuniram na sede do órgão municipal de trânsito para tratar das interdições parciais de vias públicas que serão necessárias para a remoção das árvores. “Trabalharemos em conjunto, NitTrans e Ecoponte, para garantir que o impacto na mobilidade do cidadão niteroiense que transita pela região seja mínimo”, disse o coronel Paulo Afonso, presidente da NitTrans.

O gerente de Atendimento ao Usuário da Ecoponte, Júlio Amorim, afirma que a parceria com a Prefeitura de Niterói é muito importante. “Com a Prefeitura ao nosso lado, ficamos confiantes em executar a obra e entregá-la à população como um equipamento de mobilidade moderno e que ajudará bastante o trânsito na região central de Niterói”.

Agentes da NitTrans prestarão apoio o trabalho de remoção das arvores, com o bloqueio parcial e momentâneo de vias e vagas de estacionamento, além da orientação do trânsito no local. Os dias e horários de interdição das vias estão sendo definidos e serão divulgados previamente.

Durante o mês de maio, entre os dias 2 e 27, serão retiradas 98 árvores localizadas em quatro áreas do entorno da Praça Renascença (ver imagem). Nessa primeira fase do trabalho, serão retirados apenas troncos e galhos, que serão processados no Centro de Tratamento de Resíduos, em São Gonçalo.

De acordo com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, para cada árvore retirada deverão ser replantadas seis unidades de espécies nativas da Mata Atlântica, com pelo menos três metros de altura cada uma. As raízes das árvores removidas permanecerão no solo e só serão extraídas quando começarem as escavações, a partir de junho. A obra faz parte de um pacote de intervenções contratuais orçado em cerca de R$ 1 bilhão, valor a ser investido durante a concessão.

MERGULHÃO – Quando as obras do mergulhão estiverem concluídas, em maio do ano que vem, será possível o acesso da Avenida Feliciano Sodré para a BR-101 e a Alameda São Boaventura sem a necessidade de contornar a Praça da Renascença. Ao final da obra, o município terá um recurso de mobilidade urbana moderno que facilitará a rotina de quem trafega pela região.

A Praça da Renascença, com os trabalhos concluídos, será devolvida à população totalmente reurbanizada, com iluminação e tratamento paisagístico remodelados e modernizados.

Fonte: Prefeitura de Niterói







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.