quarta-feira, 13 de abril de 2016

ENCONTROS COM ÁFRICA: Integrantes de fundação de artes de Angola visitam o prefeito de Niterói


Grupo está em Niterói por conta do projeto Encontros com África, em cartaz na cidade até domingo
Foto: Divulgação / Prefeitura de Niterói

 
Nesta quarta-feira acontece o Fórum sobre Cultura Angolana, com participação da Sindika Dokolo, abordando literatura, artes visuais e música

Para estreitar ainda mais as relações entre Niterói e Angola e intensificar o intercâmbio entre as culturas africanas e afro-brasileiras, o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, recebeu na tarde de terça-feira (12), em seu gabinete, representantes da instituição de fomento de arte mais importante de Angola: a Fundação Sindika Dokolo. Através dela, vieram para Niterói algumas das atrações - 20 bailarinos da Companhia de Dança Contemporânea de Angola - do projeto Encontros com África, em cartaz na cidade até o próximo domingo. Nesta quarta-feira (13), acontece o Fórum sobre Cultura Angolana, com participação da Sindika Dokolo, abordando literatura, artes visuais e música.

A diretora da Sindika Dokolo, Marita Silva, disse ao chefe do Executivo que Niterói deverá ser a próxima cidade a receber uma sede da fundação, que, além da matriz angolana, tem representações em vários países, como em Portugal (na cidade do Porto). E adiantou um primeiro projeto:

“Vamos realizar uma cartografia da história da presença angolana no Brasil. Os encontros nos fizeram pensar nisso, e a cidade de Níterói tem as características para receber esse projeto. É um polo artístico, além de um patrimônio arquitetônico e uma cidade litorânea próximo da geografia angolana”.

Acompanhado dos secretários de Cultura, Arthur Maia, e de Ações Estratégicas, Marcos Gomes, Rodrigo Neves agradeceu o fato de Niterói ter sido a cidade escolhida para a instalação de mais uma sede da fundação. Rodrigo Neves sugeriu ao grupo que faça uma visita à sede da Escola de Samba Acadêmicos do Cubango. O nome da agremiação vem de Cuando-Cubango, que é uma província de Angola, situada no sudeste do país.

“Niterói tem tradição em encontros internacionais e fico orgulhoso de estar à frente da prefeitura no momento em que se realiza esse encontro para celebrar os afrodescendentes. Já trouxemos Portugal e Espanha e queríamos muito este encontro. Sugeri que fossem conhecer a Cubango. É muito importante celebrarmos as duas culturas e vamos manter e ampliar esses encontros”, prometeu o prefeito.

Marcos Gomes, secretário de Ações Estratégicas acrescentou que o Encontros com África é muito mais do que um projeto cultural:

“Este encontro é mais um passo nessa integração de Niterói com a África. O que seria um evento passou a ser uma política de relação continuada entre as duas culturas. Com isso, a cidade tem também uma contribuição na luta constante contra a intolerância, o racismo e o preconceito", destacou Marcos Gomes.
Fonte: O Fluminense






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.