sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

NITERÓI CONTRA AS QUEIMADAS - Acordo permite que Niterói remunere bombeiros para atuar na prevenção e reposta a incêndios em vegetação na cidade


COMENTÁRIO DE AXEL GRAEL:

Hoje, foi um dia especial na nossa gestão na Prefeitura de Niterói. Mais uma vez a Prefeitura de Niterói e a Defesa Civil da cidade inovam na modernização e instrumentalização do órgão para melhorar a sua capacidade de prevenção e resposta a situações de emergência.

Poucos dias após a inauguração da nova sede da Defesa Civil de Niterói, que conta com tecnologia e logística dos mais completos para a gestão de emergências, a cidade dá um passo marcante para atuar na proteção das suas áreas protegidas e demais áreas verdes.

Niterói é a primeira cidade a contar com um planejamento próprio para atuar na prevenção e controle de incêndios em vegetação. É o programa chamado "Niterói Contra as Queimadas", que estabelece vários procedimentos para que os órgãos da administração municipal atuem em suporte à Defesa Civil e à Secretaria de Meio Ambiente (SMARHS) em caso de fogo em vegetação.

Nas comunidades, a Prefeitura tem trabalhado de forma prventiva, fazendo uma trabalho de informação e conscientização sobre os riscos à saúde, prejuízos ao meio ambiente e que o fogo em vegetação constitui-se em crime ambiental. Também como parte deste esforço, a Defesa Civil de Niterói já formou duas turmas de voluntários, que compôem o chamado NUDEC Queimadas.

Outra ação foi a a implantação de um sistema de monitoramento e avaliação do dano por fogo na vegetação de Niterói. Através deste trabalho é possível identificar os pontos mais prováveis de início de incêndios, facilitando o trabalho de identificação de responsabilidades.

Com RAS QUEIMADAS (RAS = Regime Adicional de Serviço), que permite a remuneração de oficiais e praças do Corpo de Bombeiros para trabalhar para a Prefeitura nas ações de prevenção e resposta às situações de incêndio em vegetação, o programa Niterói Contra as Queimadas atinge um nível de estruturação que coloca a Defesa Civil de Niterói em um nível de estruturação provavelmente único no país.

Axel Grael
Vice-Prefeito
Niterói




-----------------------------------------------



Prefeitura e Corpo de Bombeiros assinam convênio para trabalho conjunto na prevenção e combate a queimadas no município  


Assinatura do Convênio com o secretário estadual de Defesa Civil e comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Ronaldo Jorge Brito de Alcântara. Foto Luciana Carneiro.



Militares trabalharão em dias de folga auxiliando a Defesa Civil Municipal

15/01/2016 - A Prefeitura de Niterói, a Secretaria Estadual de Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros assinaram na tarde desta sexta-feira (15/1) um convênio para auxiliar no plano de contingência para prevenção e combate aos incêndios florestais no município. Dezesseis bombeiros participarão do projeto em regime de escala, com início previsto para a próxima semana. Diariamente, quatro militares ficarão de plantão 24 horas e atuarão, ainda, no treinamento de guardas ambientais e voluntários. O convênio será pago pela prefeitura, por meio do Programa Estadual de Implantação de Serviços de Bombeiro Militar (ProeisBM).

O convênio é uma das iniciativas do plano "Niterói Contra as Queimadas", lançado em 2014, com uma série de medidas de prevenção contra esse tipo de incêndio. A Prefeitura oferecerá remuneração extra aos militares, que trabalharão em seus dias de folga em escala de 24/72 horas e vão atuar junto ao 3º Grupamento de Bombeiros Militar (3º GBM), no centro de Niterói.

O prefeito destacou que Niterói é a primeira cidade do estado a firmar um convênio voltado para o planejamento de ações de prevenção e combate ao fogo em vegetação. O prefeito disse, ainda, que essa é mais uma parceria bem-sucedida da prefeitura com a Defesa Civil estadual.

“Hoje estamos fazendo balanço das parcerias que já temos com o Corpo de Bombeiros. Após a cidade ter vivido em 2010 a pior tragédia climática da sua história, com mortos e muitos desabrigados, em 2013, quando assumimos a gestão, decidimos priorizar a implantação do Sistema Municipal de Defesa Civil, com a implantação do sistema de sirenes, de pluviômetros e estações meteorológicas, a criação dos Núcleos Comunitários de Defesa Civil (Nudecs) e a integração dos bombeiros ao Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp). Isso tudo só foi possível pela parceria com a Defesa Civil do Estado. Este convênio é mais um passo, mais uma conquista na nossa agenda da Defesa Civil e do Meio Ambiente, com a implantação de um programa com foco na preservação das nossas áreas verdes, que representam 50% do nosso território. Niterói é a primeira cidade que terá esse programa específico para prevenção e combate a queimadas", afirmou Neves.

Para o secretário estadual de Defesa Civil, coronel Ronaldo Jorge Brito de Alcântara, a iniciativa da Prefeitura de Niterói com o órgão estadual é inédita.

“Eu me sinto muito feliz em participar desta parceria. Vejo com muito bons olhos esse trabalho conjunto que será realizado a partir deste convênio, no sentido de desenvolver ações de prevenção e resposta aos incêndios em vegetação. Estamos sempre buscando trabalhar de forma proativa e queremos muito nos juntar ao município nesse trabalho, que tem todo o apoio da Defesa Civil estadual”, disse o coronel.

O vice-prefeito Axel Grael reforçou o ineditismo da iniciativa e disse que o plano “Niterói Contra Queimadas” também é pioneiro porque trata da prevenção, do monitoramento e de ações de resposta às queimadas, que são o principal agente de perda de vegetação em Niterói.

“Um dos pontos mais importantes desse convênio é o trabalho de prevenção, que poderá ser intensificado nas comunidades com o aumento do efetivo que representarão os 16 bombeiros do programa. Nos dias de normalidade, em que não haja risco de incêndios, esses militares vão atuar em programa de prevenção nas áreas onde há fogo em vegetação com mais frequência, dando suporte às ações municipais. Com todas essas iniciativas, hoje temos uma maior capacidade de prevenção e monitoramento de queimadas ”, explica Grael.

Sistema Municipal de Defesa Civil

Com a implantação do Sistema Municipal de Defesa Civil, a organização do trabalho do órgão municipal e o aumento das ferramentas de prevenção e combate aos deslizamentos, a Defesa Civil Municipal passou a ter oportunidade de atuar em outras frentes.

“O maior problema da cidade eram os deslizamentos. Nesta gestão, nos organizamos e hoje podemos atuar em outra frente importante que é o fogo em vegetação. Inovamos nessa área com a implantação do plano contra queimadas e agora com mais esse passo, que é o convênio com o Corpo de Bombeiros”, afirmou o subsecretário municipal de Defesa Civil, Walace Medeiros.

Medeiros informou que os bombeiros vão auxiliar no trabalho de prevenção e de mapeamento de áreas com risco de queimadas ao lado dos 51 voluntários treinados nas comunidades. Os militares também darão treinamento à Guarda Ambiental. “Nós vamos ter mais quatro pessoas todos os dias pensando e executando prevenção”, finalizou o subsecretário.

Também participaram do ato de assinatura do convênio a subsecretária Municipal de Meio Ambiente, Amando Jevaux; o subsecretário de Ordem Pública, coronel Bastos; o comandante do 3º Grupamento de Bombeiros Militar (Niterói), tenente-coronel Albert Andrade.

Fonte: Prefeitura de Niterói




-----------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

Postagens sobre Queimadas no Blog do Axel Grael

Queimadas: mitos e verdades

EM CASO DE INCÊNDIODEFESA CIVIL: 199
CISP LANÇA NOVO CANAL DE EMERGÊNCIA - Ligue 153


PREVENÇÃO E OCORRÊNCIA DE QUEIMADAS EM NITERÓI

AUMENTA O RISCO DE INCÊNDIO EM VEGETAÇÃO EM NITERÓI - Colabore fazendo a sua parte. Evite o fogo, não solte balões e tome cuidado com fogos de artifício!
NITERÓI CONTRA QUEIMADAS - Experiência da Defesa Civil de Niterói na prevenção e combate às queimadas é premiada
NITERÓI CONTRA AS QUEIMADAS - Niterói forma primeira turma do curso de Defesa Civil contra queimadas em vegetação
NITERÓI CONTRA QUEIMADAS - Defesa Civil de Niterói forma a primeira turma de voluntários para o combate a incêndio em vegetação
NITERÓI CONTRA AS QUEIMADAS - saiba mais detalhes técnicos sobre o programa anunciado pela Prefeitura de Niterói
NITERÓI CONTRA QUEIMADAS: Bombeiros firmam parceria com Prefeitura de Niterói
NITERÓI CONTRA QUEIMADAS - Prefeitura de Niterói lança programa de combate às queimadas
NITERÓI CONTRA QUEIMADAS - Corpo de Bombeiros planeja novo quartel para Niterói
NITERÓI CONTRA QUEIMADAS - Bombeiros de folga vão receber extra para combater incêndios em Niterói
Início da série de ações de prevenção às queimadas
PREFEITURA DE NITERÓI VAI ÀS COMUNIDADES COM MAIOR INCIDÊNCIA DE INCÊNDIOS EM VEGETAÇÃO PARA PREVENIR E CONSCIENTIZAR CONTRA RISCOS DO FOGO
Prefeitura inicia nesta segunda-feira série de ações de prevenção contra queimadas
NITERÓI SEM QUEIMADAS: Prefeitura conclui programa de prevenção e controle de incêndios em vegetação
Muitos focos de queimadas em Niterói. Responsáveis pelos incêndios serão investigados
Novo mecanismo para combater incêndios em Niterói
LUTANDO CONTRA AS QUEIMADAS EM NITERÓI
QUEIMADAS - Incêndios florestais castigam o interior do estado


DEFESA CIVIL DE NITERÓI

DEFESA CIVIL DE NITERÓI GANHA NOVA SEDE: sede contará com o Centro de Monitoramento e Operação da Defesa Civil, integrado ao Cisp
Prefeitura de Niterói e Marinha preparam parceria nas áreas da defesa civil, obras e meio ambiente
TECNOLOGIA PARA EVITAR TRAGÉDIAS - cooperação UFF e Defesa Civil de Niterói
DEFESA CIVIL DE NITERÓI promoveu hoje o 1º Seminário de Educação Continuada para NUDECs

RISCOS DAS QUEIMADAS PARA O MEIO AMBIENTE E PARA A SAÚDE HUMANA

Exposição excessiva à poluição do ar aumenta em 34% o risco um AVC, diz estudo
Fumaça de queimadas causa a morte de 339 mil pessoas/ano no mundo
Poluição do ar causou a morte de sete milhões de pessoas em 2012
Câmara dos Deputados discutirá poluição atmosférica nas grandes cidades


SOBRE O CRIME DE SOLTAR BALÕES

POLÍCIA DESCOBRE UM DEPÓSITO DE BALÕES NA ILHA DE JURUBAÍBA, NA BAÍA DE GUANABARA. Comando de Polícia Ambiental realiza operação em SG
POLÍCIA APERTA O CERCO CONTRA OS BALÕES. Municípios de Niterói e São Gonçalo são responsáveis por metade das ocorrências envolvendo artefatos no Estado do Rio
Ação da polícia apreende 150 balões em São Gonçalo e indicia por crime ambiental os responsáveis
Polícia Ambiental fecha fábrica de balões em São Gonçalo

CLIMA E QUEIMADAS

Questões Climáticas
Mudanças climáticas
MUDANÇAS CLIMÁTICAS - Apesar da queda no desmatamento, emissões no Brasil seguem estáveis
BRASIL ESTÁ MAIS INFLAMÁVEL
Brasil deve esquentar pelo menos 3°C até 2100
Rio tem recorde de focos de queimada em 2014 devido à onda de calor
Cada árvore da Mata Atlântica chega a retirar 163 kg de CO2 da atmosfera
Desmatamento da Amazônia emite mais do que o dobro de CO2 dos carros
Como o Brasil, toda a América Latina passa por sérios problemas climáticos
NASA: Fogo na Amazônia (2010) gerou mais CO2 para a atmosfera que as emissões anuais da India
O colapso dos grandes herbívoros
Capacidade da Amazônia de absorver carbono da atmosfera cai pela metade

MUDANÇAS CLIMÁTICAS, QUEIMADAS E A ECONOMIA


CRISE DA ÁGUA E QUEIMADAS

MUDANÇA CLIMÁTICA - Déficit de chuvas no Brasil vem aumentando nas últimas décadas
MUDANÇAS CLIMÁTICAS - Crises hídricas tendem a se agravar, afirma especialista
Antonio Nobre: "Se houvesse florestas no Sudeste, a seca não seria tão extrema"









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.