quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Agentes da Defesa Civil são treinados para combater o mosquito Aedes aegypti nas comunidades

 
Foto Alexandre Vieira



O trabalho de prevenção e combate ao mosquito Aedes aegypti ganhou mais um aliado em Niterói. Nesta quinta-feira (7.01), foi iniciado o treinamento de funcionários da Defesa Civil do município para que possam auxiliar os agentes do Centro de Controle de Zoonoses a disseminar informações nas comunidades da cidade.

A primeira etapa do treinamento consiste na realização de duas palestras – a primeira sobre o mosquito e como ele age na propagação do vírus, e a segunda sobre a dengue, o zika vírus e a febre chikungunya, doenças provocadas pelo Aedes.

Vinte cinco agentes da Defesa Civil assistiram a primeira aula nesta quinta-feira, ministrada por Cláudio Moreira, chefe da Seção de Controle Ambiental do Centro de Controle de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde.

Após os funcionários que trabalham na sede da Defesa Civil serem treinados, a capacitação será dada aos voluntários que integram os Núcleos de Defesa Civil (Nudecs) nas comunidades. A segunda etapa do treinamento será o trabalho prático de combate e prevenção nos bairros de Niterói.

O subsecretário de Defesa Civil, Walace Medeiros, explica que o órgão já treinou agentes de Zoonoses para identificar situações de risco geológico nas comunidades, e que agora a parceria é importante para que as equipes da Defesa Civil saibam identificar focos do mosquito e orientar os moradores sobre formas de prevenção.

“Mais do que nunca, o foco agora é combater o mosquito, em função do aparecimento das novas doenças que ele transmite. A gente vai efetivamente realizar o trabalho para a prevenção das doenças. Esse treinamento nos dá as ferramentas para que possamos agir, partindo do princípio de que a Defesa Civil entra nas residências e fala direto com o cidadão. Com a aceitação que nossas equipes têm nas comunidades, essa informação chegará com peso aos moradores, em função do grau de confiabilidade que a população tem na Defesa Civil”, afirmou Medeiros.

Cláudio Moreira também destacou a aproximação do órgão com a população.

“A credibilidade que a Defesa Civil tem com os moradores de Niterói é uma aliada importantíssima. Agregar pessoas capacitadas para controlar o mosquito é indispensável, porque hoje em dia a gente vai precisar muito mais se preocupar efetivamente com o proliferador das doenças, muito mais do que com as doenças. Precisamos de um contingente muito maior neste trabalho. Todos os que puderem estar capacitados a fazer algum tipo de ação de controle ambiental em prol do combate ao mosquito sempre serão importante para o sucesso do trabalho”, disse.

Além da palestra, os agentes puderam ver com um microscópio uma larva do mosquito.

Moreira ressaltou ainda que Niterói tem conseguido manter níveis aceitáveis de controle do Aedes, mas que esse deve ser um trabalho permanente.

“Os agentes de Zoonoses trabalham diariamente. Nos fins de semana, vão às comunidades e visitam também residências em que os proprietários não foram encontrados durante a semana. Além do trabalho de campo, fazemos palestras em escolas e condomínios”, afirmou.


Fonte: Prefeitura de Niterói 






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.