terça-feira, 29 de março de 2016

CRIME AMBIENTAL - POLÍCIA MILITAR INICIA AÇÕES PARA COIBIR BALOEIROS NO PERÍODO JUNINO


Balão apreendido pela PM. Arquivo PM.


Deflagrada neste domingo, a operação da Polícia Militar para coibir a soltura de balões na capital, na Baixada Fluminense e na Região Metropolitana do Rio surtiu efeito preventivo. O Comando de Polícia Ambiental (CPAm) conseguiu evitar a ação clandestina de boa parte dos baloeiros.

No balanço parcial divulgado no início da tarde, os agentes do Grupamento Aeromóvel apreenderam um balão de aproximadamente quatro metros. O artefato foi recolhido das águas da Baía de Guanabara e caiu próximo ao Museu do Amanhã. Até o fechamento desta edição, não houve registro de prisão.

A iniciativa foi anunciada na última quinta-feira e pediu para que a população colaborasse enviando denúncias através dos números 0300-253-1177 ou 2334-7632.

De caráter ostensivo e preventivo, as operações contam com o apoio de nove unidades: Grupamento Aeromóvel, 3º BPM (Méier), 7º BPM (São Gonçalo), 9º BPM (Rocha Miranda), 12º BPM (Niterói), 14º BPM (Bangu), 18º BPM (Jacarepaguá), 20º BPM (Mesquita) e 40º BPM (Campo Grande). As ações serão realizadas de forma contínua até o fim do ano.

A prática da soltura de balão se enquadra nos artigos 250, 261 e 288 do Código penal, no artigo 42 da Lei 9.605 de 12 de fevereiro de 1998 e outros dispositivos legais. Tal prática traz grande prejuízo ao Meio Ambiente provocando morte de animais, queimada em florestas e matas, colocando em risco casas, rede elétrica, depósitos de gás, postos de combustível e aeronaves.

Fonte: A Tribuna



----------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

CRIME AMBIENTAL - Balão de 24 metros é apreendido em São Gonçalo
POLÍCIA DESCOBRE UM DEPÓSITO DE BALÕES NA ILHA DE JURUBAÍBA, NA BAÍA DE GUANABARA. Comando de Polícia Ambiental realiza operação em SG
POLÍCIA APERTA O CERCO CONTRA OS BALÕES. Municípios de Niterói e São Gonçalo são responsáveis por metade das ocorrências envolvendo artefatos no Estado do Rio
Ação da polícia apreende 150 balões em São Gonçalo e indicia por crime ambiental os responsáveis
Polícia Ambiental fecha fábrica de balões em São Gonçalo
COMBATE AO CRIME DE SOLTAR BALÃO - Disque Denúncia oferece recompensa de até R$ 2 mil contra balões
Polícia detém 54 suspeitos de participarem de um festival de balões em Belford Roxo
Presos em operação contra soltura de balões em São Gonçalo
Balão de dez metros apreendido em Várzea das Moças
CPAm e GAM apreendem balão em São Gonçalo e Maricá neste domingo
Balão cai em área residencial e provoca destruição em São Gonçalo
Fiscalização no combate aos balões e vários foram apreendidos
Comando de Polícia Ambiental interdita fábrica de balões em Maricá
INEA FARÁ CAMPANHA DE FISCALIZAÇÃO CONTRA BALÕES
Criminosos soltam balões em plena situação crítica de incêndios
Muitos focos de queimadas em Niterói. Responsáveis pelos incêndios serão investigados
Crime ambiental: fiscalização aperta o cerco contra baloeiros
Crime ambiental: hoje de manhã, 20 balões sobre Niterói
Incêndio criminoso na Serra da Tiririca, em Itaipuaçu
Rio tem recorde de focos de queimada em 2014 devido à onda de calor









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.