domingo, 6 de março de 2016

CONTROLE URBANO: Grupo da Prefeitura vigia ocupação irregular de áreas

 
Morro do Palácio, no Ingá, recebeu ações do Grupo Executivo para o Crescimento Ordenado e Preservação das Áreas Verdes. Foto: Divulgação


Trabalho visa frear a expansão habitacional desordenada, através de estratégias de planejamento

O Morro do Palácio, no Ingá, foi o primeiro local de Niterói a receber ações do Grupo Executivo para o Crescimento Ordenado e Preservação das Áreas Verdes. Nesta semana, agentes do órgão iniciaram o trabalho de campo em uma construção abandonada, próximo ao Mirante da Boa Viagem. No local, foi constatado que o escoamento de esgoto do imóvel alterava o sistema de drenagem no solo. Nos próximos dias, o grupo deve realizar ações no Morro do Cavalão, no entorno do Morro do Bumba e na rua Noronha Torrezão, na divisa entre os bairros de Santa Rosa e Cubango.

Desde que foi criado, em fevereiro, o grupo executivo recebeu uma série de denúncias que apontavam riscos de deslizamento e degradação no solo na localidade, onde foi erguida a construção. Ao chegarem no local, agentes notificaram que a estrutura foi erguida próximo à área de encosta e que era usada para descarte de esgoto.

Remoção de lixo – Uma das ações prioritárias realizada pelo grupo foi a retirada das ligações clandestinas de esgoto e remoção de lixo da área. Nos próximos dias, o órgão deve dar entrada no processo de demolição da estrutura para, logo em seguida, iniciar o trabalho de reflorestamento do território.
 
Chagas diz que trabalho visa frear expansão habitacional desordenada
Foto: Arquivo / Lucas Benevides

Controle – De acordo com o coordenador do grupo executivo, Gilson Chagas, o trabalho visa a frear a expansão habitacional desordenada, através de estratégias de planejamento. O órgão pretende monitorar as regiões de Charitas, Fazendinha e Cafubá. Chagas explica que, devido à construção do túnel, a procura por imóveis nessas regiões deve aumentar e as áreas de preservação ambiental podem ser os principais pontos de interesse.

“Nosso foco é evitar construções irregulares, sobretudo, em territórios de vegetação. Não queremos que essas áreas sejam invadidas e, consequentemente, complexos sejam formados no município. Por isso, iremos intensificar o trabalho de campo nessas localidades e contamos com o apoio da população para monitorar as áreas. Ao recebermos a denúncia e notificarmos a construção irregular, iremos interditar o local e apreender os materiais utilizados para erguer a estrutura”, esclarece o coordenador, apontando o andamento das ações.

“Caso o imóvel já esteja construído, removemos a família do local e oferecemos o aluguel social. Em seguida, aceleramos o processo jurídico para demolição do imóvel, por meio de uma ação integrada entre secretarias municipais”, afirma.

Para garantir o êxito do trabalho, o grupo conta o apoio da população e solicita que os moradores realizem denúncias, através da central telefônica do Centro Integrado de Segurança Pública (CISP), pelo telefone 153. Nos próximos dias, o grupo deve realizar fiscalizações no Morro do Cavalão, no entorno do Morro do Bumba e em diversos pontos da Rua Noronha Torrezão, na divisa entre os bairros de Santa Rosa e Cubango.

Fonte: O Fluminense


 
--------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

GESTÃO DE ENCOSTAS E ÁREAS VERDES: Prefeitura de Niterói cria órgão para o combate ao crescimento urbano desordenado
NITERÓI MAIS VERDE: Prefeitura anuncia estratégia para evitar invasão de áreas verdes e áreas de risco

Outras postagens

NITERÓI MAIS VERDE - PARNIT ganhou reconhecimento e destaque em revista especializada dos EUA
DIA HISTÓRICO EM NITERÓI: Foi publicado hoje o Decreto 11.744, que instituiu o PARNIT
PARNIT: Preservação do meio ambiente ganha reforço em Niterói
Niterói + Verde e PARNIT: Decreto cria 22,5 milhões de metros quadrados de áreas protegidas na cidade
PARNIT - Niterói cria parques para proteger áreas verdes de problemas como deslizamentos e queimadas
PARNIT - Prefeito Rodrigo Neves assina na quarta feira o decreto de criação do Programa Niterói + Verde
NITERÓI MAIS VERDE - Vice-prefeito e técnicos da Prefeitura visitam a Praia do Sossego para definir detalhes de obra de infraestrutura
'Niterói mais verde' será criado para proteger o meio ambiente
Niterói entra na rota do turismo do Rio de Janeiro
Evento em Piratininga discute gestão ambiental compartilhada das lagoas da Região Oceânica
PRAIA DO SOSSEGO: os cuidados da Prefeitura de Niterói para proteger o patrimônio natural e o sossego dos visitantes
Guardas Municipais descobrem arsenal do tráfico em área de mata de Niterói
PARQUE ESTADUAL DA SERRA DA TIRIRICA - Número de visitantes em trilhas de parques estaduais será contabilizado por sensores automáticos
NITERÓI CONTRA AS QUEIMADAS: queimadas no RJ diminuíram em 2015, mas Niterói teve elevado número de focos
CONCEITO DE "DOSSEL URBANO" E A EXPERIÊNCIA DE TACOMA (EUA) DE GESTÃO DA ARBORIZAÇÃO E ÁREAS VERDES

 
 
 
 
 


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.