domingo, 27 de março de 2016

PROJETO "SE LIGA": Muito menos sujeira nos rios de Niterói


COMENTÁRIO DE AXEL GRAEL:

O Programa "Se Liga" é uma parceria entre a Prefeitura de Niterói, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade (SMARHS) e a Concessionária Águas de Niterói, e o INEA.

Trata-se se uma campanha de comunicação e notificação de imóveis que não estão conectados à rede de esgoto para que os seus proprietários providenciem a ligação dentro do imóvel.

A ação é uma medida complementar ao trabalho da Prefeitura de Niterói de expandir a rede de esgoto para uma cobertura de 100% do território, o que deverá ser alcançado em 2017. Mas, de nada adianta, se os imóveis não forem conectados.

Conforme expresso na matéria, 738 domicílios dos 842 visitados pelo Programa "Se Liga" cumpriram a notificação, evitando que os rios e drenagens da cidade recebessem um despejo de mais de 103 milhões de litros de esgoto anuais, o equivalente à capacidade de 96 piscinas olímpicas.

Os imóveis que descumprem a obrigação de se conectar são multados.

Axel Grael
Vice-Prefeito
Niterói


-----------------------------------------------



Muito menos sujeira nos rios de Niterói


Captação de Tempo Seco no Canal de São Francisco, na Avenida Presidente Roosevelt. Em função do Programa Enseada Limpa, o Canal de São Francisco é uma das prioridades para a redução da carga orgânica, dentre rios de Niterói. Foto Axel Grael.



Beatriz Cruz

Projeto Se Liga já conseguiu impedir o lançamento do equivalente a 96 piscinas olímpicas cheias de esgoto por ano na Baía de Guanabara.

Desde que entrou em vigor em 2013, o Projeto Se Liga, fruto de uma parceria entre a concessionária Águas de Niterói e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) conseguiu fazer com que 738 domicílios dos 842 visitados em diferentes regiões de Niterói se conectassem à rede coletora de esgoto da cidade, evitando assim o lançamento de mais de 288 mil litros por dia de dejetos em rios e lagoas do município. Por ano, o Se Liga evita um despejo de mais de 103 milhões de litros de esgoto, o equivalente à capacidade de 96 piscinas olímpicas.

Por ano, o Se Liga evita um despejo de mais de 103 milhões de litros de esgoto, o equivalente à capacidade de 96 piscinas olímpicas.


Segundo o Inea, a adesão de 87% dos imóveis abordados no Projeto, que tem atuação no entorno da Lagoa de Piratininga, na Estrada Fróes, na Praia de Charitas, próximo ao Canal de São Francisco, na Ilha da Conceição e no Centro de Niterói, evita uma degradação irreversível ao meio ambiente. Para isso, funcionários da Águas de Niterói fazem um trabalho de conscientização na região: entregam folhetos explicativos que ressaltam a importância da adesão à rede de saneamento e apontam os caminhos para que o proprietário regularize a residência. Depois o bastão é passado para o Inea. Funcionários do Instituto vão de porta em porta para notificar o morador que ainda não se regularizou. De acordo com o órgão, a notificação tem caráter meramente educativo. Mas caso o proprietário do imóvel não se conecte no prazo de 60 dias (que pode ser prorrogado por mais 30), ele receberá uma multa no valor de R$ 2.037,00.

“O projeto garantiu a diminuição da emissão de poluentes nas bacias que integram o complexo lagunar de Piratininga e Itaipu, como: bacia do Rio Arrozal, bacia do Rio João Mendes, bacia do Canal de Santo Antônio, bacia do Rio Jacaré e Jardim Imbuí. Outras fases impactaram diretamente na Baía de Guanabara. Desta forma evitamos um prejuízo que é irreversível para o meio ambiente. Com a diminuição do esgoto lançado na natureza, garantimos também mais saúde para a população”, explica o superintendente regional do Inea, Paulo Cunha, acrescentando que os casos dos proprietários notificados que não se regularizam após a aplicação da multa são encaminhados para o Ministério Público.

O superintendente da Águas de Niterói, Nelson Gomes, complementa:

“A interligação ao sistema permite que o efluente seja destinado às Estações de Tratamento de Esgoto e seja tratado de forma adequada. O processo é simples e contribui para a qualidade de vida da população”, afirma Nelson.

Ao longo destes três anos de vigência do projeto, apenas 104 domicílios dos 842 visitados ainda não aderiram à rede coletora de esgoto da cidade. Na próxima semana, segundo informações do Inea, Itacoatiara, na Região Oceânica, atingirá 100% de imóveis conectados. No mês de abril, o projeto deve chegar ao bairro de Maria Paula, em Pendotiba. Entretanto não há uma data fechada para o início.

Fonte: O Fluminense



-------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:


Se Liga

PROGRAMA "SE LIGA" JÁ EVITA QUE 236 MIL LITROS DE ESGOTO POR DIA CHEGUEM ÀS LAGOAS DA REGIÃO OCEÂNICA
CAMPANHA "SE LIGA": Inea e Prefeitura de Niterói encontram ligações irregulares na Zona Sul
ENSEADA LIMPA - Como parte do programa "Se Liga", Inea e Prefeitura fazem vistoria em casas em São Francisco
ENSEADA LIMPA - Prefeitura de Niterói e INEA farão mais uma campanha de fiscalização em São Francisco contra imóveis não conectados na rede de esgoto

Programa Enseada Limpa

ENSEADA LIMPA - conheça as ações para a despoluição da Enseada de Jurujuba (Saco de São Francisco)
ENSEADA LIMPA - Ecobarreira mais resistente vai contribuir para limpeza de praia
ENSEADA LIMPA: esclarecimentos sobre a matéria "Canal de São Francisco, em Niterói, ganhará nova ecobarreira"
ENSEADA LIMPA E A BALNEABILIDADE: Praia na Baía de Guanabara supera oceânicas e fica balneável durante quase todo o ano
ENSEADA LIMPA - Como parte do programa "Se Liga", Inea e Prefeitura fazem vistoria em casas em São Francisco
ENSEADA LIMPA - Prefeitura de Niterói e INEA farão mais uma campanha de fiscalização em São Francisco contra imóveis não conectados na rede de esgoto
ENSEADA LIMPA: Golfinhos fazem espetáculo no mar de Charitas. Melhorias na balneabilidade da enseada poderiam estar ajudando a atrair estes visitantes?
Capivaras na Baía de Guanabara, em Niterói
NITERÓI AVANÇA PARA SEXTO LUGAR NO RANKING NACIONAL DO SANEAMENTO
PRIMEIROS TESTES DA ECOBARREIRA DO CANAL DE SÃO FRANCISCO, NITERÓI
Ações do programa Enseada Limpa são apresentadas a comunidades de Jurujuba, Preventório, Charitas e São Francisco
ENSEADA LIMPA: Conheça detalhes do Plano de Ação 2014 para a despoluição da Enseada de Jurujuba
Programa Enseada Limpa entra em nova etapa
Niterói lança programa para despoluir Enseada de Jurujuba
ENSEADA LIMPA - resultados de balneabilidade de Charitas são animadores
ENSEADA LIMPA: mutirão de limpeza na Grota do Surucucu é mais uma ação pela despoluição da enseada de Jurujuba
ENSEADA DE JURUJUBA LIMPA - despoluição começa a sair do papel

Mais sobre saneamento em Niterói

SANEAMENTO - Niterói mais perto de 100% de cobertura por rede de esgoto
Edital de licitação das obras de drenagem no Maravista será lançado nesta quarta-feira
Vazamento na prainha de Itacoatiara não é "língua de esgoto"
Prefeitura retirou quase 6 mil m3 de lixo dos rios de Niterói em 2015
Estação de Tratamento de Esgoto de Maria Paula é inaugurada e beneficiará cerca de 40 mil pessoas
NITERÓI RUMO À UNIVERSALIZAÇÃO DO SANEAMENTO - Estação de Tratamento de Esgoto de Maria Paula será inaugurada dia 8
INFRAESTRUTURA AVANÇA EM NITERÓI - Prefeitura realiza simultaneamente 18 obras por diversos bairros de Niterói
NITEROI AVANÇA PARA UNIVERSALIZAÇÃO DO SANEAMENTO: Visita às obras da ETE Maria Paula
NITERÓI AVANÇA NAS PARCERIAS COM O SETOR PRIVADO: Obras da ETE do Sapê começam em março  
NITERÓI AVANÇA PARA SEXTO LUGAR NO RANKING NACIONAL DO SANEAMENTO
NITERÓI NO JORNAL NACIONAL: bons resultados na prevenção ao desperdício de água
CRISE DA ÁGUA - RJTV dá destaque à experiência de Niterói com políticas para a economia de água
Nascentes de Niterói estão sendo mapeadas
Ilha da Conceição ganha sistema de coleta de esgoto sanitário
PROGRAMA REGIÃO OCEÂNICA SUSTENTÁVEL (PRO-SUSTENTÁVEL): Aprovada a liberação de R$ 250 milhões para Niterói
Pelo menos 450 imóveis de Niterói não estão ligados ao sistema coletor de esgoto
SANEAMENTO EM NITERÓI CONTINUA AVANÇANDO: Começam obras de implantação da ETE Maria Paula
Matéria de O Globo dá destaque ao saneamento em Niterói
AVANÇA O SANEAMENTO EM NITERÓI: Ilha da Conceição terá 100% de água e esgoto tratados
Niterói terá 100% de esgoto tratado até 2018 - Plano de Saneamento Ambiental investirá R$ 120 milhões
Município vai receber investimentos de R$ 120 milhões em saneamento básico até 2017
Niterói é a cidade que mais protege a Baía de Guanabara
Aterro de Seropédica passa a descontaminar o material poluente
Reunião entre Prefeitura e Inea sela fim de despejo de chorume em estação de tratamento de Niterói






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.