sexta-feira, 21 de agosto de 2015

AQUECE RIO - Brasil disputa três Medal Races nesta sexta feira


Martine Grael e Kahena Kunze chegam à Medal Race na vice-liderança. Boa sorte, meninas.


A Equipe Brasileira de Vela vai disputar nesta sexta-feira (dia 20) três regatas da medalha no Aquece Rio Regata Internacional de Vela, evento-teste para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Na 49erFX, Martine Grael e Kahena Kunze estão na briga pelo bicampeonato da competição. Na Laser, Robert Scheidt vai em busca de mais uma medalha na sua já extensa coleção. E na Laser Radial, Fernanda Decnop cumpriu seu objetivo de obter a vaga na regata da medalha. As disputas por um lugar no pódio começam às 13h (de Brasília) desta sexta.

Atuais campeãs mundiais, Martine e Kahena começaram o dia na liderança da 49erFX. Nas três regatas, chegaram em 11º, 2º e 14º, encerrando a fase de classificação em segundo lugar, com 44 pontos perdidos. A liderança é das italianas Giulia Conti e Francesca Clapcich, com 35. Em terceiro estão as suecas Lisa Ericson e Hanna Klinga, também com 44, mas com resultados menos expressivos do que as brasileiras. Para ficar com o ouro, Martine e Kahena precisam chegar à frente das rivais da Suécia e ficar cinco posições à frente das italianas.

“Foi um dia bastante complicado, estavam previstas quatro regatas, mas só fizeram três. As condições estavam bem anormais. Na segunda regata do dia, somente três barcos chegaram. As outras equipes não conseguiram chegar pois ficaram sem vento. A expectativa para a regata da medalha é velejar com tranquilidade, sabemos o que temos de fazer e tentar evitar os erros ao máximo”, avaliou Kahena.

Na Laser, o bicampeão olímpico Robert Scheidt foi desclassificado na primeira regata, mas venceu a segunda. Depois da prova, o paulista entrou com um protesto para tentar cancelar a desclassificação, mas não obteve êxito. Assim, encerrou a fase de classificação na quinta posição, com 70 pontos perdidos. O líder é o italiano Francesco Marrai, com 46, seguido pelo croata Tonci Stipanović, com 59, e o australiano Tom Burton, com 62.

Bronze nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, Fernanda Decnop passou para a regata da medalha na nona colocação, com 82 pontos perdidos. Nas duas regatas do dia, a niteroiense chegou em 13º e 12º. O primeiro lugar ficou com a esposa de Robert Scheidt, a lituana Gintare Scheidt, com 45.

Nas classes 49er e Nacra 17, o Brasil encerrou sua participação nesta quinta-feira. Na primeira, Marco Grael e Gabriel Borges ficaram em 13º, com 103 pontos perdidos. Na segunda, Samuel Albrecht e Isabel Swan terminaram em 15º, com 125.

Regatas da medalha na RS:X

Ricardo Winicki, o Bimba, representou o Brasil na regata da medalha da classe RS:X masculina, nesta quinta-feira. O brasileiro terminou em sexto na disputa decisiva e em sétimo no geral, com 72 pontos perdidos. O ouro foi para o chinês Aichen Wang, com 23, a prata para o grego Byron Kokkalanis, com 42, e o bronze com o francês Pierre Le Coq, com 46.

“Disputar uma regata da medalha e subir uma posição na classificação geral é sempre positivo. Dá uma satisfação legal”, disse Bimba.

Na RS:X feminina, a francesa Charline Picon foi a campeã, com 39 pontos perdidos. Ela foi seguida pela polonesa Malgorzata Bialecka, com 47, e pela espanhola Blanca Manchon, com 51. Patricia Freitas terminou a disputa na 11ª colocação, com 62.

Nas demais classes, o Brasil está em 11º com Fernanda Oliveira e Ana Luiza Barbachan (470 feminina); 14º com Henrique Haddad e Bruno Bethlem (470 masculina); e 13º com Jorge Zarif (Finn).

Confira a classificação dos brasileiros:

RS:X masculina (após a regata da medalha):

1º – Aichen Wang (CHN): 23 pontos perdidos
2º – Byron Kokkalanis (GRE): 42 pontos perdidos
3º – Pierre Le Coq (FRA): 46 pontos perdidos
7º – Ricardo Winicki (BRA): 72 pontos perdidos

RS:X feminina (após a regata da medalha):

1ª – Charline Picon (FRA): 39 pontos perdidos
2ª – Malgorzata Bialecka (POL): 47 pontos perdidos
3ª – Blanca Manchon (ESP): 51 pontos perdidos
11ª – Patricia Freitas (BRA): 62 pontos perdidos

49erFX (após dez regatas):

1ª – Giulia Conti e Francesca Clapcich (ITA): 35 pontos perdidos
3ª – Martine Grael e Kahena Kunze (BRA): 44 pontos perdidos

49er (após dez regatas):

1º – Peter Burling e Blair Tuke (NZL): 21 pontos perdidos
13º – Marco Grael e Gabriel Borges (BRA): 103 pontos perdidos

Laser (após nove regatas):

1º – Francesco Marrai (ITA): 46 pontos perdidos
5º – Robert Scheidt (BRA): 70 pontos perdidos

Laser Radial (após nove regatas):

1ª – Gintare Scheidt (LIT): 45 pontos perdidos
9ª – Fernanda Decnop (BRA): 82 pontos perdidos

Finn (após oito regatas):

1º- Pieter-Jan Postma (HOL): 24 pontos perdidos
13º – Jorge Zarif (BRA): 71 pontos perdidos

470 feminina (após oito regatas):

1ª – Hannah Mills e Saskia Clark (GBR): 18 pontos perdidos
11ª – Fernanda Oliveira e Ana Luiza Barbachan (BRA): 68 pontos perdidos

470 masculina (após oito regatas):

1º – Sime Fantela e Igor Marenic (CRO): 26 pontos perdidos
14º – Henrique Haddad e Bruno Bethlem (BRA): 92 pontos perdidos

Nacra 17 (após 11 regatas):

1º – Jason Waterhouse e Lisa Darmanin (AUS): 37 pontos perdidos
15º – Samuel Albrecht e Isabel Swan (BRA): 125 pontos perdidos

Resultados completos:

http://www.sailing.org/olympics/rio2016/results/index.php



Fonte: CBVela







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.