terça-feira, 25 de agosto de 2015

NITEROI AVANÇA PARA UNIVERSALIZAÇÃO DO SANEAMENTO: Visita às obras da ETE Maria Paula




Nova estação tem previsão de ser inaugurada ainda este ano

25/08/2015 - As obras de construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Maria Paula passaram por vistoria na manhã desta terça-feira (25/8) pelo prefeito da cidade e representantes da concessionária Águas de Niterói.

A previsão de inauguração é entre o final de novembro e início de dezembro. A ETE inicialmente vai tratar 35 litros por segundo de esgoto, mas terá capacidade ampliada para 60 l/s. Futuramente, serão construídos outros dois módulos e a estação poderá tratar até 180 l/s.

A ETE Maria Paula vai beneficiar cerca de 50 mil pessoas que vivem no entorno. Ela integra um sistema que possui também 60 quilômetros de rede, 20 quilômetros de recalques e 20 elevatórias. O investimento total é de R$ 50 milhões.

O prefeito afirmou que a nova estação de esgoto é uma parceria entre a administração municipal e a concessionária Águas de Niterói e destaca os investimentos feitos nestes últimos dois anos.

"Nestes dois anos meio de parceria, nós dobramos a capacidade da estação de tratamento de esgoto de Itaipu. Fizemos as adutoras de São Francisco, Charitas, Preventório e Jurujuba. Conseguimos entregar também, através da ação com a Águas de Niterói, o reservatório de Pendotiba e o novo reservatório da Região Oceânica, com três milhões de litros de água cada, ou seja. Conseguimos chegar a 100% de abastecimento de água e até 2016/2017 a 100% das redes de coleta e tratamento de esgoto em Niterói", explicou.

O chefe do Executivo municipal afirmou que Niterói será a primeira cidade em saneamento no Brasil.

"Já somos a primeira cidade do Rio de Janeiro, com índice muito acima da média do Estado e do Brasil, que tem uma média de coleta e tratamento de 35%. Nós estamos chegando a 96%. Com essa nova estação, 98%. E até final 2018 com as ETEs de Sapê e Badu, teremos 100% de esgoto tratado", declarou.

O prefeito falou ainda que todo o sistema de manutenção de rega dos canteiros e jardins da cidade, são feitos com água de reuso.

"Esgoto tratado hoje é utilizado para regar todas as praças e canteiros da cidade. Isso é muito importante porque a cidade ganha com a manutenção dos canteiros, com a economia de água. E ganha o meio ambiente também porque esgoto tratado vira água de reuso", disse.

O prefeito afirmou que a ETE Maria Paula tem tudo a ver com o planejamento estruturado pela municipalidade para a região de Pendotiba.

"Nós queremos um desenvolvimento sustentável para a região. Estamos com o Plano Urbanístico para Pendotiba, que vai mais que duplicar o número de áreas preservadas e ordenar o crescimento", acrescentou.

Fonte: Prefeitura de Niterói


-----------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM

SANEAMENTO EM NITERÓI

NITERÓI AVANÇA PARA SEXTO LUGAR NO RANKING NACIONAL DO SANEAMENTO
PRIMEIROS TESTES DA ECOBARREIRA DO CANAL DE SÃO FRANCISCO, NITERÓI
NITERÓI NO JORNAL NACIONAL: bons resultados na prevenção ao desperdício de água
CRISE DA ÁGUA - RJTV dá destaque à experiência de Niterói com políticas para a economia de água
Nascentes de Niterói estão sendo mapeadas
DRENAGEM DO SANTO ANTÔNIO E ENGENHO DO MATO. Prefeitura de Niterói anuncia mais de R$ 60 milhões para obras de prevenção a inundações
Ilha da Conceição ganha sistema de coleta de esgoto sanitário
PROGRAMA REGIÃO OCEÂNICA SUSTENTÁVEL (PRO-SUSTENTÁVEL): Aprovada a liberação de R$ 250 milhões para Niterói
Pelo menos 450 imóveis de Niterói não estão ligados ao sistema coletor de esgoto
SANEAMENTO EM NITERÓI CONTINUA AVANÇANDO: Começam obras de implantação da ETE Maria Paula
Matéria de O Globo dá destaque ao saneamento em Niterói
AVANÇA O SANEAMENTO EM NITERÓI: Ilha da Conceição terá 100% de água e esgoto tratados
Niterói terá 100% de esgoto tratado até 2018 - Plano de Saneamento Ambiental investirá R$ 120 milhões
Município vai receber investimentos de R$ 120 milhões em saneamento básico até 2017
Niterói é a cidade que mais protege a Baía de Guanabara
Aterro de Seropédica passa a descontaminar o material poluente
Reunião entre Prefeitura e Inea sela fim de despejo de chorume em estação de tratamento de Niterói

PROGRAMA ENSEADA LIMPA

ENSEADA LIMPA: Golfinhos fazem espetáculo no mar de Charitas. Melhorias na balneabilidade da enseada poderiam estar ajudando a atrair estes visitantes? 
Ação investiga despejo irregular de esgoto por quiosques na orla de Charitas
Ações do programa Enseada Limpa são apresentadas a comunidades de Jurujuba, Preventório, Charitas e São Francisco
ENSEADA LIMPA: Conheça detalhes do Plano de Ação 2014 para a despoluição da Enseada de Jurujuba
Programa Enseada Limpa entra em nova etapa
Niterói lança programa para despoluir Enseada de Jurujuba
ENSEADA LIMPA - resultados de balneabilidade de Charitas são animadores
ENSEADA LIMPA: mutirão de limpeza na Grota do Surucucu é mais uma ação pela despoluição da enseada de Jurujuba
ENSEADA DE JURUJUBA LIMPA - despoluição começa a sair do papel

CAMPANHA "SE LIGA".

CAMPANHA "SE LIGA": Prefeitura e INEA intensificam fiscalização para obrigar 6 mil imóveis de Niterói a se conectarem a rede de esgoto
ENSEADA LIMPA - Como parte do programa "Se Liga", Inea e Prefeitura fazem vistoria em casas em São Francisco
OCIOSIDADE DAS REDES DE ESGOTO: estudo aborda o problema da falta de conexão de imóveis na rede de esgoto nas cidades brasileiras
Projeto Se Liga reduz em 78% o lançamento de efluentes nos rios e lagoas da Região Oceânica de Niterói



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.