sexta-feira, 29 de julho de 2016

PARNIT - Oficinas participativas para o Plano de Manejo do Parque Natural Municipal de Niterói (Parnit)


Trilhas e atrações do Parnit


29/07/2016 - A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade finalizou nesta quinta-feira (28.07) a segunda oficina de planejamento participativo para a elaboração do Plano de Manejo do Parque Natural Municipal de Niterói (Parnit). O primeiro encontro foi realizado na terça-feira (26).

Criado por decreto em 2014, o Parnit ocupa uma área de 935 hectares.  O Plano de Manejo, com conclusão prevista para outubro, vai determinar as diretrizes para os usos, ocupação e restrições na unidade de conservação.

Nas oficinas, nas quais participaram membros do Conselho Municipal do Meio Ambiente e representantes da sociedade civil, foi apresentado o diagnóstico detalhado do parque. Em seguida, os integrantes se dividiram em grupos para trabalhar com a Matriz Swot, ferramenta de planejamento estratégico utilizada para fazer a análise de cenários. Os grupos apontaram as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças de cada um dos três setores do parque: Montanha da Viração, Costeiro-Lagunar e Guanabara.

No diagnóstico, elaborado pelo consultor Paulo Bidegain, foram apresentados todos os aspectos naturais e histórico-culturais do Parnit. As áreas mais bonitas da cidade estão incluídas no parque, como a Ilha da Boa Viagem, os fortes e a Fortaleza de Santa Cruz, o Parque da Cidade, a Praia do Sossego, a orla das lagoas da Região Oceânica, entre outras.

“O Plano de Manejo é importante para uma unidade de conservação, assim como o Plano Diretor é para uma cidade. Por isso o planejamento tem que ser participativo. Este plano é que mostrará aos gestores do Parnit os usos possíveis, a questão fundiária, as áreas onde não poderá haver construções, como será a visitação e a fiscalização, entre outros aspectos”, explica a subsecretária de Meio Ambiente, Amanda Jeveux.

Fonte: Prefeitura de Niterói


-----------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

Dados da SOS Mata Atlântica mostram o crescente protagonismo municipal na estratégia de conservação da Mata Atlântica

ÁREAS PROTEGIDAS EM NITERÓI

PARQUE NATURAL MUNICIPAL DE NITERÓI (PARNIT): Oficinas de Planejamento Participativo
DIA HISTÓRICO EM NITERÓI: Foi publicado hoje o Decreto 11.744, que instituiu o PARNIT
PARNIT: Preservação do meio ambiente ganha reforço em Niterói
Niterói + Verde e PARNIT: Decreto cria 22,5 milhões de metros quadrados de áreas protegidas na cidade
PARNIT - Niterói cria parques para proteger áreas verdes de problemas como deslizamentos e queimadas
PARNIT - Prefeito Rodrigo Neves assina na quarta feira o decreto de criação do Programa Niterói + Verde
NITERÓI MAIS VERDE - Vice-prefeito e técnicos da Prefeitura visitam a Praia do Sossego para definir detalhes de obra de infraestrutura
'Niterói mais verde' será criado para proteger o meio ambiente
Niterói entra na rota do turismo do Rio de Janeiro
Evento em Piratininga discute gestão ambiental compartilhada das lagoas da Região Oceânica
VISITA À ILHA DA BOA VIAGEM: Prefeitura de Niterói planeja restauração e reabertura da Ilha à visitação
ILHA DA BOA VIAGEM: Prefeitura de Niterói anuncia forte aposta na Ilha da Boa Viagem como atração turística
MAIS PRAÇAS EM NITERÓI - Praça do Largo da Batalha contará com Academia da Terceira Idade
Prefeitura de Niterói inaugura Praça Márcia Souto na Alameda
Praças de Niterói se transformam em centros de convivência para crianças e idosos
Parque da Cidade ganha reforma para atrair turistas em Niterói

PREVENÇÃO AO DESMATAMENTO E OCUPAÇÃO DE ÁREAS VERDES

NITERÓI MAIS VERDE: Prefeitura anuncia estratégia para evitar invasão de áreas verdes e áreas de risco
CONTROLE URBANO - Niterói tem novo coordenador grupo executivo do de controle do crescimento ordenado e preservação de áreas verdes
CONTROLE URBANO: Prefeitura de Niterói intensifica desmonte de construções irregulares em áreas de risco

ÁREAS VERDES URBANAS

CIDADES VERDES: As florestas protegidas nas cidades
PARQUES - Pequenas áreas verdes são importantes, mas cidades precisam de grandes parques
"POCKET PARKS" DE COPENHAGUE: um exemplo de sustentabilidade urbana
Estudo inédito apresenta valor econômico e social de unidades de conservação
GESTÃO DE ÁREAS PROTEGIDAS - Organizações sociais vão poder atuar na gestão ambiental dos parques estaduais, decide Alerj
Buenos Aires se reinventa por mais pessoas nas ruas!

Outras postagens:

Entenda como as árvores ajudam a combater as ilhas de calor nas cidades
Certificação de 18 Reservas Particulares de Patrimônio Natural (RPPN) preserva 900 hectares de área no Estado do Rio





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.