quinta-feira, 14 de julho de 2016

PARLEY FOR THE OCEANS, PROJETO GRAEL E ADIDAS lançam programa educacional sobre o lixo marinho



COMENTÁRIO DE AXEL GRAEL:

Ao longo da sua trajetória institucional, o Projeto Grael - que em 2016 completa 18 anos, escolheu o tema do lixo marinho como o foco principal do seu trabalho ambiental e tem dado uma reconhecida contribuição para a discussão, a conscientização e o avanço para a solução do problema. Um marco desta contribuição foi a publicação pelo Projeto Grael do relatório "Programa Baía Viva: Avaliação dos programas de prevenção (ecobarreiras) e retirada do lixo flutuante (ecobarcos) na Baía de Guanabara, visando os Jogos Olímpicos Rio 2016 e proposição do Programa Guanabara Viva, um novo plano de ação com ênfase no legado olímpico".

O referido estudo baseou-se na experiência do quadro técnico do Projeto Grael, adquirido principalmente com a operação de uma embarcação pioneira que recolhe lixo flutuante na Baía de Guanabara, desde 2010. O estudo, solicitado pelo secretário estadual do Ambiente, André Corrêa, foi cedido sem ônus para o governo estadual, como uma contribuição do Projeto Grael, e subsidiou o planejamento da Secretaria Estadual do Ambiente e INEA para o desenvolvimento das medidas emergenciais visando o controle do lixo flutuante na Baía de Guanabara durante os Jogos Rio 2016.


Embarcação "Águas Limpas", operado pelo Projeto Grael para a retirada do lixo flutuante na Baía de Guanabara.


Avançando no tema do Lixo Marinho, o Projeto Grael uniu-se agora à organização Parley for the Oceans e à adidas para desenvolver no Brasil um programa educativo e informativo desenvolvido pela Parley e adidas em escala global. O objetivo é demonstrar os impactos sobre os ecossistemas e à fauna marinha e costeira da presença do plástico e outros resíduos. Os participantes também são estimulados a uma atitude cidadã com relação ao lixo, zelando pelo descarte adequado e promovendo a reciclagem.

Na manhã de hoje (14/07), as organizações parceiras lançaram na Praia de Icaraí, em Niterói, o Parley Ocean School no Rio de Janeiro, com a participação de cerca de 100 alunos, dentre integrantes do Projeto Grael e alunos do CIEP da comunidade do Borel, no Rio.

O evento também contou com a presença do medalhista olímpico Torben Grael (um dos fundadores do Projeto Grael), de estudantes de escolas convidadas e atraiu a atenção do público presente no calçadão de Icaraí, bem como veículos de imprensa, dentre eles uma equipe de televisão da Alemanha.

O programa já vinha atendendo experimentalmente algumas escolas antes do seu lançamento oficial e com o evento de hoje, já superou a marca de 1000 alunos atendidos. A Escola Itinerante está organizando uma programação de visita às escolas e a espaços públicos e manterá a sua atividade durante a realização dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Até o encerramento desta primeira fase, o objetivo é atender a 5.000 participantes.

Para mais informações ou para agendar a Escola Itinerante, entre em contato com o Projeto Grael através do telefone (21) 2711-9875.

Axel Grael



----------------------------------------------------------------




ESCOLA ITINERANTE FALA SOBRE O PROBLEMA DA POLUIÇÃO NOS OCEANOS
 
  • Ação de limpeza na praia de Icaraí, em Niterói, marcou o lançamento da Parley Ocean School, escola itinerante de educação ambiental da Parley for the Oceans e Projeto Grael
  • A iniciativa tem apoio da adidas e circulará em escolas e pontos turísticos de Niterói e Rio de Janeiro
  • Cerca de 5 mil pessoas serão impactadas até setembro

Torben Grael interage com a criançada.

Estudantes das escolas convidadas recebem informações sobre os impactos ambientais do lixo nos oceanos e como evita-los.


Cerca de 100 crianças fizeram o dever de casa e recolheram lixo deixado por banhistas da orla da Praia de Icaraí. Foto: Evelen Gouvêa/O Fluminense.

Uma das turmas atendidas hoje em Icaraí.


 
Niterói, 14 de julho de 2016 – Cerca de 8 milhões de toneladas de lixo plástico são lançadas todos os anos nos oceanos. Esses resíduos, além de impactar drasticamente a vida marinha, tiram da sociedade os espaços para o esporte. Para mudar este cenário, a Parley for the Oceans (entidade global voltada à causa dos oceanos) e o Projeto Grael (ONG dos irmãos Lars, Torben e Axel Grael, que trabalha a educação por meio do esporte) lançam a iniciativa Parley Ocean School no Rio de Janeiro.  
 
O projeto é uma escola itinerante que tem objetivo de conscientizar sobre o problema da poluição dos oceanos e, mais do que isso, engajar jovens, crianças e adultos em ações e hábitos para reverter esse cenário. Ela circulará até setembro por escolas públicas e pontos turísticos do Rio e de Niterói, apresentando vídeos e conteúdos explicativos. A expectativa é impactar pelo menos 5 mil pessoas. 
 
O lançamento aconteceu hoje na Praia de Icaraí, em Niterói, em um evento que reuniu mais de 100 crianças. Elas participaram de uma oficina interativa e educativa sobre o lixo nos oceanos. Durante a ação também ajudaram a limpar a praia, colaborando para a coleta seletiva de Niterói. No final de julho, elas terão a oportunidade de praticar atividades físicas com materiais esportivos produzidos através de resíduos reciclados, fruto de uma parceria com a WiseWaste, empresa especializada em criar soluções em Logística Reversa. 
 
"O problema do plástico nos oceanos é global: o lixo que para aqui na Baia de Guanabara vai para outras praias também, outros mares. Por isso é importante unir esforços e integrar experiências, como as da Parley, do Projeto Grael e da adidas. E multiplicar as soluções pelas crianças, que tem o poder de transformação”, afirma Thiago Marques, coordenador de Meio Ambiente do Projeto Grael.  
 
O evento contou com a presença do iatista Torben Grael, que comentou sobre o papel das crianças para mudar essa realidade: “Se nós ensinamos desde cedo que a sustentabilidade é um assunto que deve ser levado a sério, a preservação se torna algo natural e conseguimos reverter o problema”. 
 
adidas e Parley for the Oceans
 
Desde abril de 2015, a Parley for the Oceans conta com uma importante aliada – a adidas. Fundamentada em três pilares (comunicação e educação, pesquisa e inovação e ações diretas contra a poluição dos oceanos por resíduos plásticos) a parceria é um exemplo da abordagem do Grupo adidas em relação à inovação com base em projetos abertos, cujo objetivo é colaboração, busca de financiamento coletivo para iniciativas sustentáveis e construir conjuntamente o futuro da indústria.
 
Como membro fundador, a adidas apoia a Parley for the Ocean em seus esforços para conscientizar sobre a causa, bem como no Ocean Plastic Program (Evitar, Interromper e redesenhar) que tem como interesse acabar com a poluição de plásticos no oceano. 
 
Essa colaboração, entre outras, acelerará a criação de produtos inovadores e a integração de materiais fabricados a partir do uso de resíduos plásticos dos oceanos na oferta de produtos da marca adidas a partir de 2016.
 
Um exemplo de sucesso é o desenvolvimento de um tênis de corrida produzido com resíduos plásticos retirados das áreas costeiras das Maldivas e redes de pesca ilegal. O protótipo, apresentado em 2015, já se transformou em realidade: ainda no segundo semestre o tênis passará a ser comercializado. 
 
Com isso, a adidas se tornou a primeira marca a criar um tênis premium feito com fios e filamentos recuperados e reciclados a partir de resíduos do oceano e redes de pesca ilegais. O tênis ilustra a direção que a adidas está tomando, em parceria com a Parley for the Oceans, para a criação de produtos prontos para o consumidor feitos a partir de plástico do oceano.
 
  
Siga a adidas nas Redes Sociais
Twitter: @adidasbrasil 
Instagram: @adidasbrasil
 
Espalhe MSL Group - (11) 5105-2258
Juliana Monteiro – juliana.monteiro@espalhe.inf.br
Rafael Palmeiras – rafael.palmeiras@espalhe.inf.br 
 
Sobre o Grupo adidas
 
O Grupo adidas é um dos líderes mundiais na indústria de artigos esportivos, oferecendo um amplo portfólio de calçados, vestuário e acessórios esportivos e de estilo de vida através de suas principais marcas: adidas, Reebok, TaylorMade e Reebok-CCM Hockey. Com sede em Herzogenaurach, Alemanha, o Grupo emprega mais de 55.000 colaboradores em todo o mundo e gerou vendas de € 17 bilhões em 2015.
 
Sobre a Parley for the Oceans
 
Parley for the Oceans é um espaço onde criativos, pensadores e líderes se juntam para conscientizar sobre a beleza e a fragilidade dos oceanos e para colaborar em projetos que conservem e protejam o ambiente marinho.
 
Para mais informações, acesse: parley.tv
Twitter: @parleyxxx
Instagram: @parley.tv
 
Sobre o Projeto Grael
 
Organização não governamental fundada em 1998 pelos medalhistas Olímpicos, Torben e Lars Grael e seu irmão ambientalista Axel Grael, para promover a inclusão social e a cidadania de crianças, adolescentes e jovens de camadas sociais de baixa renda, oferecendo caminhos de socialização através do esporte da vela, alternativas profissionais no mercado de trabalho do setor náutico, educação ambiental e resgate da cultura da maritimidade.
 
Para mais informações, acesse:
 
  


--------------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

PROJETO GRAEL, PARLEY FOR THE OCEANS E ADIDAS lançam programa educativo sobre lixo marinho

SAIBA MAIS SOBRE O LIXO MARINHO:

Atuação do Projeto Grael sobre o tema do lixo flutuante

Projeto Grael divulga relatório para contribuir para a solução do lixo flutuante na Baía de Guanabara
DIA DA TERRA AO REDOR DO MUNDO - LIXO: Como 5 países estão enfrentando os problemas do lixo
Iniciativas do Projeto Grael na prevenção do lixo flutuante da Baía de Guanabara
CONFERÊNCIA LIVRE DO LIXO MARINHO NO PROJETO GRAEL.
Associação Brasileira do Lixo Marinho realiza conferência na sede do Projeto Grael
"Lixo flutuante - de onde vem?". Projeto Grael participa de programação do MAC
Poluição da Baía de Guanabara: entrevista da equipe do Projeto Grael repercute na mídia internacional
Projeto Grael foi objeto de matéria no Bom Dia Brasil, da Globo
Equipe do Projeto Grael visita a Grota do Surucucu
Assista matéria sobre as ações ambientais do Projeto Grael exibida pela Rede Brasil
Lixo flutuante na Baía de Guanabara: vídeo sobre niciativas ambientais do Projeto Grael
RIO 2016 - "The Promise Rio Couldn't Keep". Matéria da ESPN (EUA) ouviu a família Grael
BAÍA DE GUANABARA: Entrevista no Projeto Grael para o CANAL+, da França
Projeto Grael participa de pesquisa sobre microplásticos flutuantes na Baía de Guanabara

Atuação da família Grael no tema do lixo flutuante na Baía de Guanabara

Em entrevista para a Rádio Globo, LARS GRAEL afirma que espera medalhas brasileiras na vela e critica a Baía de Guanabara
BAÍA DE GUANABARA: Entrevista no Projeto Grael para o CANAL+, da França
Entrevista para o SporTV sobre o lixo flutuante na Baía de Guanabara REGATAS OLÍMPICAS - Dentro ou fora da Baía de Guanabara? BAÍA DE GUANABARA POLUÍDA PARA OS JOGOS OLÍMPICOS: matéria do Fantástico - 26-04-2015 "Questão de civilidade": Lars Grael sonha com Baía de Guanabara limpa
Irmãos Grael citados em matéria do jornal inglês "THE GUARDIAN" sobre a Baía de Guanabara
BAÍA DE GUANABARA: XI Congresso Brasileiro de Defesa do Meio Ambiente debateu o saneamento e despoluição da Baía
HISTORIAS DO RIO - ESPN - Mais um belo documentário sobre Lars Grael e a família Grael
Assista à matéria sobre o Projeto Grael no programa "Como Será?", da Globo
A BAÍA DE GUANABARA NA OLIMPÍADA E NA PÓS-OLIMPÍADA

Atuação de Niterói sobre o tema do Lixo flutuante

NITERÓI COMBATE O LIXO NOS RIOS
Prefeitura retirou quase 6 mil m3 de lixo dos rios de Niterói em 2015
Boas iniciativas de educação ambiental e sustentabilidade em Niterói e São Gonçalo
LIXO NAS RUAS: Niterói registrou queda de 12% com o aumento da fiscalização e ações educativas
Prefeitura de Niterói inaugura Centro de Ofícios da Reciclagem no Barreto
CENTRO DE OFÍCIOS DA RECICLAGEM: Programa Recicla Niterói vai inaugurar Centro de Ofícios da Reciclagem no Barreto
Projeto NITERÓI ECOCULTURAL apresenta instrumentos musicais ecológicos
NITERÓI ECOCULTURAL: Projeto ambiental abre inscrições no dia 1º
PARCERIA PREFEITURA DE NITERÓI E SEA/INEA - Niterói lança projeto Ecocultural com foco na reciclagem
ECOCULTURAL - PARCERIA ENTRE A PREFEITURA DE NITERÓI E O INEA: Projeto em Niterói conscientiza sobre descarte de lixo
NITERÓI ECOCULTURAL - Prefeitura de Niterói e Governo do Estado, através da Secretaria Estadual do Ambiente, assinam mais uma parceria
ECOCULTURAL - Artesanato de lixo reciclável em Icaraí
Mutirão retira 700 kg de lixo das orlas do Gragoatá e Boa Viagem
NITERÓI RECICLA 5% DO SEU LIXO. A média da Região Metropolitana do RJ é de cerca de 1%
LIXO - Mutirão recolhe 900kg de lixo da enseada localizada após a Prainha de Piratininga
BAÍA DE GUANABARA: Saneamento em Niterói ganha destaque positivo na imprensa internacional
SEMANA DO MEIO AMBIENTE: Mutirão recolhe lixo na Praia de Piratininga
BAÍA DE GUANABARA - Clin retira 100 toneladas de lixo das praias da Zona Sul

Lixo flutuante na Baía de Guanabara

BAÍA DE GUANABARA: Proposta de novo modelo de gestão é apresentado pelo governo estadual
EVENTO TESTE NA BAÍA DE GUANABARA - Quase 30 toneladas de lixo são recolhidos na Baía de Guanabara
ECOBARCOS VOLTAM A OPERAR NA BAÍA DE GUANABARA: Baía recebe 90 toneladas de lixo/dia
Lixo flutuante: um problema que parece se agravar na Baía de Guanabara
Esgoto despejado todo dia na Baía de Guanabara encheria 185 piscinas olímpicas
BAÍA DE GUANABARA: Projeto Uçá retira seis toneladas de lixo da APA de Guapimirim

Lixo flutuante no mundo

Especialistas explicam como outros países conseguiram despoluir suas baías
Produção de lixo no país cresce 29% em 11 anos, mostra pesquisa
NAVEGANDO PARA SALVAR OCEANOS: velejadores do "Race for Water Odissey", que pesquisam os impactos do lixo nos oceanos, visitaram o Projeto Grael

Outras postagens

HOJE É O DIA MUNDIAL DA RECICLAGEM. Você tem feito sua parte?
DESPOLUIÇÃO DAS BAÍAS DE GUANABARA E CHESAPEAKE: uma comparação das experiências, reflexões e algumas lições







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.