sábado, 15 de outubro de 2016

NITERÓI ECOCULTURAL - GESTÃO CRIATIVA E RESPONSÁVEL DO LIXO: Resíduos são utilizados em projetos que valorizam a sustentabilidade



Comentário de AXEL GRAEL:

CULTURA E MEIO AMBIENTE - PARCERIA ENTRE PREFEITURA E INEA

O Projeto ECOCULTURAL foi idealizado pela Prefeitura de Niterói, apresentado ao INEA e submetido à aprovação de recursos no Fundo Estadual de Conservação Ambiental e Desenvolvimento Urbano (FECAM), em 2014.

Trata-se de uma iniciativa de mobilização ambiental através de atividades culturais, tendo como o tema principal a questão do lixo e será desenvolvido em comunidades de Niterói pela Fundação de Artes de Niterói (FAN).

O ECOCULTURAL integra-se com diversas iniciativas em andamento na Prefeitura de Niterói na agenda ambiental e do lixo, como o Programa Enseada Limpa, para a despoluição da Enseada de Jurujuba, o Comunidade Clin, dentre outros, além de todo o esforço da Secretaria de Estado do Ambiente e INEA para a despoluição da Baía de Guanabara (PSAM) e de controle do lixo flutuante visando os Jogos Olímpicos de 2016.

A maior parte das atividades do ECOCULTURAL (que engloba as iniciativas Ecomúsica, Ecomoda, Recicla Niterói e outras) ocorrem na antiga Escola Benjamin Constant, no Barreto, que foi cedida pela Secretaria Estadual de Educação para que a Prefeitura desenvolva o programa.

Axel Grael
Vice-prefeito
Niterói



-----------------------------------------------------------


Resíduos são utilizados em projetos que valorizam a sustentabilidade


Nina Alexandrisky e Alda Laís com parte da criação delas: tartaruga marinha é quebra-cabeça em 3D - Barbara Lopes


por

Materiais descartados se transformam em bolsas e peças de decoração

NITERÓI - Seja no mundo da moda, da decoração, da música ou da educação, a palavra do momento é sustentabilidade, que logo leva a outra super em alta: reaproveitamento. Você sabia que é possível reaproveitar quase tudo? Transformar material que não teria mais utilidade alguma em roupas, bolsas, instrumentos musicais e até numa grande tartaruga marinha para, de fato, aprender sobre sustentabilidade e meio ambiente? Afinal, os dois caminham de mãos dadas.

A tartaruga de aproximadamente dois metros quadrados, feita de jornal, papelão e filtros de café usados, faz parte do projeto EcoJogo, criado pelas artistas plásticas Alda Laís e Nina Alexandrisky, a pedido do Sesc, em 2013, e agora adotado pelo Espaço Mirá, que funciona no Gragoatá. Ela foi construída em partes separadas que, ao se juntarem, compõem a dinâmica de um jogo educativo, um quebra-cabeça em formato 3D.

Paralelamente à montagem do quebra-cabeça, o EcoJogo propõe uma brincadeira, que consiste em perguntas e respostas sobre a vida das tartarugas marinhas. O objetivo é chamar a atenção para a importância da preservação do meio ambiente.

A dupla levou o projeto a dezenas de escolas públicas da cidade e agora se prepara para criar um golfinho, outro animal em risco de extinção. O EcoJogo também conta com projeções e outros recursos para ensinar, de forma lúdica, pessoas de todas as idades.

— É uma forma de aprender brincando, e dá muito certo porque é uma experiência marcante. As crianças querem montar e remontar, sobem na tartaruga... é uma diversão! Mas, apesar de o foco maior ser o público infantil, o jogo também funciona muito bem com adultos e idosos, que ficam curiosos e são envolvidos pelas nossas dinâmicas — afirma Alda.


Giselle Martins, professora da EcoModa, com alunas da oficina - Luiz Ackermann / Luiz Ackermann


Outro projeto que trabalha com o reaproveitamento é o EcoCultural, uma parceria entre a prefeitura de Niterói e o governo do estado, lançada no início deste ano, que oferece três oficinas à população: EcoModa, EcoMúsica e EcoDesign. O objetivo é alertar moradores de comunidades quanto à necessidade do descarte correto do lixo. Há ainda a proposta de garantir alternativas de renda para as famílias envolvidas, por meio da reciclagem de materiais.

LIXO RETIRADO DA BAÍA

Graças a essas iniciativas, mais de nove toneladas de lixo foram retiradas da Baía de Guanabara, desde o início do ano, segundo o Instituto Estadual do Ambiente (Inea). Foram confeccionadas mais de 200 bolsas a partir de resíduos que iriam para o lixo, além de peças de vestuário e instrumentos musicais, entre outros itens. O EcoCultural já capacitou mais de 600 alunos. Entre eles, a estudante Taís Domingues, de 19 anos, aluna da EcoModa. Ela comemora as chances de receber conhecimento sobre a área em que deseja atuar e de aprender sobre reaproveitamento de materiais:

— Ser estilista sempre foi o meu sonho, mas os cursos de moda são muito caros, e eu não tenho condições de pagar. Participar do projeto está sendo melhor do que eu imaginei.

A professora da oficina EcoModa, Giselle Martins, acrescenta que “ser sustentável é estar na moda.”

Amanda Rodrigues, superintendente regional da Baía de Guanabara do Inea, ressalta que outra proposta do projeto é mudar a mentalidade a respeito dos resíduos:

— Eles deixam de ser vistos como lixo que não serve mais para nada. As pessoas aprendem que o lixo vai para algum lugar, e aí está o problema. O projeto permite que elas aprendam que ele pode virar matéria-prima. Essa mudança de mentalidade é o maior ganho.


Fonte: O Globo Niterói



------------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:


ECOCULTURAL

NITERÓI ECOCULTURAL - GESTÃO CRIATIVA E RESPONSÁVEL DO LIXO: Niterói EcoCultural diploma mais de 400 alunos
PROGRAMA ECOCULTURAL - capacitação para a reciclagem: formatura terá espetáculo aberto ao público
Projeto NITERÓI ECOCULTURAL apresenta instrumentos musicais ecológicos
NITERÓI ECOCULTURAL: Projeto ambiental abre inscrições no dia 1º
PARCERIA PREFEITURA DE NITERÓI E SEA/INEA - Niterói lança projeto Ecocultural com foco na reciclagem
ECOCULTURAL - PARCERIA ENTRE A PREFEITURA DE NITERÓI E O INEA: Projeto em Niterói conscientiza sobre descarte de lixo
NITERÓI ECOCULTURAL - Prefeitura de Niterói e Governo do Estado, através da Secretaria Estadual do Ambiente, assinam mais uma parceria
ECOCULTURAL - Artesanato de lixo reciclável em Icaraí


INICIATIVAS DE NITERÓI NA ÁREA DA RECICLAGEM E DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL SOBRE O LIXO

NITERÓI RECICLA 5% DO SEU LIXO. A média da Região Metropolitana do RJ é de cerca de 1%
LIXO - Mutirão recolhe 900kg de lixo da enseada localizada após a Prainha de Piratininga
Lixo reciclável dará desconto na conta de luz em Niterói
CLEAN UP DAY - Dia de limpar praias em Niterói
Mobilização em Niterói para limpar praias
CLIN realiza mutirão de limpeza e campanha de conscientização em comunidade no bairro do Centro
CLIN realiza mutirão de limpeza nas pedras do Gragoatá e Boa Viagem

ENSEADA LIMPA

ENSEADA LIMPA E A BALNEABILIDADE: Praia na Baía de Guanabara supera oceânicas e fica balneável durante quase todo o ano
ENSEADA LIMPA - Como parte do programa "Se Liga", Inea e Prefeitura fazem vistoria em casas em São Francisco

COMUNIDADE CLIN

Prefeitura promove mutirão social e ambiental orientar sobre descarte correto de lixo em Jurujuba
PROJETO COMUNIDADE CLIN - Mutirão de limpeza recolhe cerca de cinco toneladas de lixo da comunidade Caniçal

LIXO FLUTUANTE

Projeto Grael divulga relatório para contribuir para a solução do lixo flutuante na Baía de Guanabara
EVENTO TESTE NA BAÍA DE GUANABARA - Quase 30 toneladas de lixo são recolhidos na Baía de Guanabara
ECOBARCOS VOLTAM A OPERAR NA BAÍA DE GUANABARA: Baía recebe 90 toneladas de lixo/dia
Lixo flutuante: um problema que parece se agravar na Baía de Guanabara

OUTROS

Esgoto despejado todo dia na Baía de Guanabara encheria 185 piscinas olímpicas
Especialistas explicam como outros países conseguiram despoluir suas baías
Produção de lixo no país cresce 29% em 11 anos, mostra pesquisa
MAIS UM ECOPONTO EM NITERÓI - Descarte consciente de lixo no Centro
Brasil produziu 1,4 milhão de toneladas de resíduos eletrônicos em 2014, afirma novo relatório da ONU
Sistema tributário pode incentivar o desenvolvimento sustentável: casos de logística reversa
ACORDO PARA EMBALAGENS ESTÁ EM FASE FINAL







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.