terça-feira, 11 de outubro de 2016

Caminho Niemeyer vira foco de estudos de engenheiros da Suécia



Uma das maiores curiosidades do grupo era como foram planejados e feitos os alicerces do Museu de Arte Contemporânea. Divulgação / Prefeitura de Niterói




Museu de Arte Contemporânea recebeu a visita de 80 engenheiros daquele país que vieram ver as técnicas usadas no MAC

10/10/2016 - O Caminho Niemeyer, um dos principais cartões-postais de Niterói, é o foco principal dos estudos de um grupo de engenheiros suecos. Cerca de 80 profissionais, da empresa sueca BTB Construções, foram recebidos, na manhã desta segunda-feira (10/10), pela Prefeitura por meio da Neltur, da Secretaria Municipal de Urbanismo e Mobilidade e pela diretoria do Museu de Arte Contemporânea (MAC). Os técnicos tiveram a chance de avaliar a estrutura e os conceitos urbanísticos empregados no corredor cultural e turístico.

O grupo sueco, depois de conhecer o MAC, assistiu a uma apresentação detalhada do projeto estrutural do museu, ouvindo uma explicação do engenheiro Bruno Contarini, auxiliado pelo arquiteto, urbanista e designer Paulo Niemeyer, bisneto do arquiteto Oscar Niemeyer, também presente à visita.

Uma das maiores curiosidades dos engenheiros suecos era saber como foram planejados e feitos os alicerces do MAC e como foi calculado o impacto do vento sobre a obra. Contarini explicou que o alicerce foi realizado sobre uma rocha e que um estudo profundo do impacto dos ventos foi feito para que nenhum problema pudesse acontecer depois da conclusão da obra.

Para o presidente da Neltur, José Haddad, Niterói tem inúmeras obras que podem ser estudadas mais a fundo. “Niterói é detentora do segundo maior conjunto de obras do arquiteto Oscar Niemeyer, por isso sinto muito orgulho por ela ter sido a cidade escolhida, neste ano de 2016, pela agência carioca que sugeriu o Caminho Niemeyer para essa empresa sueca. O MAC, o escolhido para aprofundamento dos estudos desses profissionais, é uma das grandes obras que a cidade possui. Nossa riqueza arquitetônica forma um conjunto inigualável quando se fala em projetos modernos e também pela própria história que cada um possui”, ressaltou.

Além dos engenheiros, estiveram presentes durante a visita o subsecretário de Urbanismo, Renato Barandier, a arquiteta, também da pasta, Erika Brum, o diretor do MAC, Guilherme Vergara,  o turismólogo da Neltur,  Vinícius Jabour, e a atendente do Centro de Atendimento ao Turista do MAC (CAT-MAC), Natália Espinelly.

Fonte: Prefeitura de Niterói







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.