quinta-feira, 23 de julho de 2015

Prefeitura celebra acordo de cooperação com a Organização dos Estados Ibero-Americanos para a Educação, Ciência e Cultura




Foi assinado na tarde desta quarta-feira (22/7) um acordo de cooperação entre a Prefeitura de Niterói e a Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, Ciência e Cultura voltado para a implantação de programas inovadores nessas áreas.

“A parceria com essa instituição é fundamental para que Niterói apresente os resultados de seus programas inovadores no campo da educação, da ciência e tecnologia, da inclusão digital, da cultura e da melhoria da gestão pública e, ao mesmo tempo, aprenda com experiências internacionais bem-sucedidas. Às vezes não é preciso inventar a roda, mas aprender com as boas práticas, e é isso que temos buscado desde o início da nossa gestão”, afirmou o prefeito de Niterói.

A Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, Ciência e Cultura tem atuação em todos os países latino-americanos, no Caribe, em Portugal, Espanha e nos países lusófonos da África e da Ásia.

“Desenvolvemos experiências com outros países que estamos colocando à disposição de Niterói, por ser um município muito importante para nós porque é de médio porte no Brasil e pode servir de exemplo para diversos outros municípios do país Brasil e da América Latina. Esse acordo dará lugar a uma série de projetos, que depois podem ser levados para outras cidades. Nós podemos trazer boas práticas de outras cidades e países que já são desenvolvidas. Ao mesmo tempo podemos apoiar na formulação de propostas de trabalho conjuntas com as equipes técnicas da prefeitura e também ajudarmos na boa gestão dos recursos públicos”, explicou o secretário-geral da Organização, Paulo Speller.

O secretário municipal de Governo, Roberto Salles; o presidente da Fundação Municipal de Educação, José Henrique Antunes; e a coordenadora do Núcleo de Gestão da prefeitura, Glaucia Macedo, também participaram do encontro, no gabinete do prefeito.

Para Roberto Salles, a parceria é muito importante porque Niterói tem um plano estratégico que vai se desenvolver ao longo dos próximos 20 anos, com metas a cumprir.

“O que precisamos é que esses projetos possam ser colocados em prática de maneira rápida. Isso é importante porque representa economia de recursos. Acho quer a organização também pode se somar aos esforços da gestão municipal na captação de recursos internacionais com o nosso escritório de projetos. Podemos desenvolver parceiras quer podem trazer resultados a curto e médio prazos”, disse o secretário.

O presidente da Fundação Municipal de Educação destacou que o movimento de trocas de experiências exitosas sempre acrescentam para a gestão pública porque possibilitam, primeiramente, a qualificação profissional.

“A troca de experiências com esse organismo contribuirá para que possamos reafirmar uma educação pública mais sintonizada com esse novo tempo, que é a garantia da escolarização, a criação de oportunidades, principalmente para parcela significativa da população de Niterói que depende da educação pública, que queremos oferecer com qualidade mas, acima de tudo, com inovação”, disse José Henrique Antunes.

A coordenadora do Núcleo de Gestão da prefeitura, Glaucia Macedo, acrescentou que Niterói já é modelo de município que investe em metodologias de gestão inovadoras e na modernização e compromisso com a gestão pública.

“Essa é mais uma parceria que dará à prefeitura um grande potencial para acessar consultores, projetos novos, mais conexões para a cidade, e também levar o nosso exemplo de município que investe em planejamento e gestão eficientes para outras cidades e países”, ressaltou

Fonte: Prefeitura de Niterói 






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.