sexta-feira, 24 de julho de 2015

NITERÓI CONTRA QUEIMADAS - Corpo de Bombeiros planeja novo quartel para Niterói




O major Wallace Medeiros, diretor da Defesa Civil de Niterói, explica como será o plano de contingência para combate as queimadas. - Divulgação/Prefeitura de Niterói

No incêndio da Tiririca, água saiu do grupamento de São Gonçalo

por

NITERÓI — Niterói terá um novo quartel do Corpo de Bombeiros em, no máximo, dois anos. O anúncio foi feito pelo secretário estadual de Defesa Civil e comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Ronaldo Jorge Brito de Alcântara, ao participar do lançamento do programa Niterói contra Queimadas. Ele informou que os estudos já foram iniciados, mas que ainda não se definiu o melhor local para instalação da nova unidade, que receberá os mesmos recursos materiais que existem no 3º Grupamento de Incêndio, o único da cidade. Os outros dois, em Charitas e em Itaipu, são destacamentos e não têm os equipamentos semelhantes.

LEIA: NITERÓI CONTRA QUEIMADAS - Bombeiros de folga vão receber extra para combater incêndios em Niterói

Segundo o coronel Alcântara, já existe consenso no Corpo de Bombeiros para a construção da segunda unidade da corporação em Niterói, que registra um alto índice de pedidos de socorro.

— No incêndio na Serra da Tiririca tivermos que mobilizar o caminhão-tanque, que transporta 30 mil litros de água, da nova unidade do Corpo de Bombeiros de São Gonçalo. Niterói terá segundo grupamento em, no máximo dois anos, — prometeu o secretário.

Coordenador da Defesa Civil de Niterói, o major Wallace Medeiros previu maior eficiência no combate às queimadas com a assinatura do convênio do município com o Corpo de Bombeiros:

— No incêndio no Parque da Tiririca foi possível por em prática pela primeira vez o plano de contingência, apesar de ainda não contarmos com o reforço dos bombeiros do Proeis (Programa Estadual de Integração na Segurança). Os agentes do município, do Inea e os bombeiros atuaram em conjunto, e uma chuva abençoada no fim do dia ajudou. O plano de contingência planeja ações preventivas contra os balões e o fogo no lixo.

QUEIMA DE LIXO GERA MULTA

Nézio Francisco, gari da Clin e presidente da Associação dos Moradores da Morro Dona Inês, na Engenhoca, não tem dúvidas de que o fogo colocado no lixo é um dos principais causadores das queimadas:

— A coleta de lixo é feita regularmente, três vezes por semana. Mas quando o gari vira as costas, o morador vai e joga o lixo onde não deve. Ao queimá-lo, acha que está fazendo um bem. Consegui reverter este quadro na minha comunidade. Os moradores ensacam o lixo e só o levam para a rua no dia da coleta. Mas o trabalho de conscientização tem que ser feito em toda a cidade — sugeriu Nézio.

Desde 2008, com a criação do Código Ambiental de Niterói, efetuar queima ao ar livre de materiais que comprometam de alguma forma o meio ambiente ou a sadia qualidade de vida é considerado infração leve. As multas podem variar de R$ 502,02 a R$ 25.101,16.

Na segunda-feira, o cheiro de lixo queimado podia ser sentido em todo o bairro do Engenho do Mato, onde a coleta de lixo é feita regularmente Quem vive no bairro sabe: a queimada urbana é um problema recorrente. Vão para o fogo matéria orgânica, como folhas e papéis, mas também é possível observar materiais plásticos e até restos de objetos domésticos como um colchão pegando fogo.

— Vim para cá em busca de paz, sossego e ar puro. Em vez disso, respiro fumaça todos os dias. As queimadas são um hábito cultural das pessoas que vivem aqui — lamenta um morador que pediu para não ser identificado.

O vice-prefeito Axel Grael disse a participação da comunidade é fundamental no combate às queimadas:

— As pessoas precisam saber que a vegetação protege as encostas da erosão. Vamos buscar todos os segmentos, inclusive os pilotos de parapente, que têm uma visão privilegiada da cidade durante seus voos, para nos ajudar nesta luta — adiantou Axel Grael.

(Colaborou Júlia Amin)

FONTE: O Globo Niterói


---------------------------------------------------

Leia também:

Queimadas: mitos e verdades
Região Serrana do RJ: lições aprendidas e lições não aprendidas
 

NITERÓI CONTRA AS QUEIMADAS

NITERÓI CONTRA QUEIMADAS - Bombeiros de folga vão receber extra para combater incêndios em Niterói
Início da série de ações de prevenção às queimadas
PREFEITURA DE NITERÓI VAI ÀS COMUNIDADES COM MAIOR INCIDÊNCIA DE INCÊNDIOS EM VEGETAÇÃO PARA PREVENIR E CONSCIENTIZAR CONTRA RISCOS DO FOGO
Prefeitura inicia nesta segunda-feira série de ações de prevenção contra queimadas
NITERÓI SEM QUEIMADAS: Prefeitura conclui programa de prevenção e controle de incêndios em vegetação
Muitos focos de queimadas em Niterói. Responsáveis pelos incêndios serão investigadosNovo mecanismo para combater incêndios em Niterói 
LUTANDO CONTRA AS QUEIMADAS EM NITERÓI




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.