sexta-feira, 24 de julho de 2015

PROJETO GRAEL NA GLOBO: História de sucesso de integrante do Projeto Grael será contada em quadro do Criança Esperança


Revelar um MAR de oportunidades;
Promover ONDAS de inclusão social;
Inspirar VENTOS de cidadania;
Sonhar com um MUNDO justo e sustentável.

BARCOS PARA EDUCAR, BARCOS PARA MOTIVAR, BARCOS PARA UM FUTURO MELHOR.

Muito orgulho de ver esses jovens seguindo em frente. Parabéns Bruno, parabéns aos professores e à toda equipe do Projeto Grael.

Axel Grael


----------------------------------------------------------------------


História de sucesso de integrante do Projeto Grael será contada em quadro do Criança Esperança

 
Exemplo. Bruno motivou o irmão a fazer parte do porjeto - Reprodução


Jovem trabalha como marinheiro graças às noções náuticas das aulas que teve
por Daniela Kalicheski

NITERÓI - Oferecer oportunidade educacional e de socialização por meio de experiências náuticas é o principal objetivo do Projeto Grael. Um dos jovens que foram sensibilizados por essas intenções e teve sua vida mudada após conhecer o programa foi Bruno Nunes, e ele conta essa história no programa Como Será?, que vai ao ar neste sábado, a partir das 7h, como parte do quadro que mostra exemplos positivos dos 30 anos de atuação do Criança Esperança.

Sem saber o que era iatismo — tópico principal do projeto —, aos 13 anos Bruno leu um anúncio de inscrição para aulas sobre o assunto e se matriculou. A partir disso começou a frequentar todas as aulas, que variavam de assuntos que iam de serviços gerais a noções de cidadania. Foram sete anos como aluno e um como instrutor. Ele só deixou o instituto por conta da sua agenda, que ficou sem espaço após ser aprovado em um concurso da CCR Barcas.

A conquista da carteira de trabalho assinada, ele afirma, foi graças ao aprendizado oferecido:

 — O projeto foi essencial para a conquista da minha profissão, tudo foi possível por causa do que aprendi lá. E mais do que isso, foi essencial para eu me tornar uma pessoa melhor — destaca o marinheiro.

O exemplo positivo e certeiro de Bruno serviu como incentivo para seu irmão mais mais novo que, também aos 13 anos, iniciou sua trajetória no programa Grael. O primo e o filho de seu padrasto também estão entre os muitos jovens que podem sonhar com oportunidades no futuro graças às aulas do projeto.

— Meu irmão também começou as aulas lá. Espero que seja marcante pra ele assim como foi pra mim. A experiência foi tão boa, que sempre que posso, vou até a sede do Grael para matar a saudade dos professores e amigos — finaliza.
Fonte: O Globo Niterói






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.