terça-feira, 24 de novembro de 2015

NITERÓI OBTÉM NOTA MÁXIMA (10) E LIDERA RANKING NACIONAL DA TRANSPARÊNCIA ENTRE MUNICÍPIOS



Ranking das melhores cidades. Niterói em primeiro lugar. Note que as 29 cidades listadas dentre as que obtiveram nota 10 estão em ordem alfabética.

Planilha com a análise da Transparência em Niterói.



------------------------------------------


CGU diz que 29 de 1.587 municípios têm nota máxima em transparência

Escala Brasil Transparente, de 0 a 10, avalia grau de acesso à informação. CGU analisou 1.587 municípios do país; 51,8% têm nota de 0 a 0,99.


O ministro da CGU, Valdir Simão, concede coletiva para anunciar escala de transparência dos municípios brasileiros (Foto: Fernanda Calgaro / G1)


Pesquisa feita pela Controladoria-Geral da União (CGU) apontou que 29 municípios brasileiros, de 1.587 analisados, obtiveram nota máxima em uma escala de 0 a 10 que mede a transparência dos entes federados. Os resultados são da segunda edição da Escala Brasil Transparente, 822 municípios (51,8%) tiveram nota entre 0 e 0,99.

A nota é calculada levando em cota dois quesitos: a regulamentação da Lei de Acesso à Informação, que responder por 25% do resultado final; e a efetividade dos pedidos de acesso à informação nas áreas de saúde, educação e assistência social, que corresponde a 75% da pontuação final.

Todas as capitais de estados foram incluídas. Os demais municípios foram selecionados por meio de amostra probabilística definida por sorteio eletrônico.

Dentre as capitais, São Paulo (SP), Brasília (DF), Curitiba (PR), João Pessoa (PB), e Recife (PE) tiveram nota máxima.

O levantamento também inclui dados sobre os 26 estados e o Distrito Federal. Quase 60% das 27 unidades federativas ficaram com nota entre 8 e 10, sendo que sete tiraram a nota máxima: Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerias, São Paulo e o Distrito Federal

Os estados com pior colocação são, respectivamente: Amapá (0), Amazonas (1,39), Sergipe (2,08), Roraima e Mato Grosso do Sul (2,5) e Acre (3,33).

Comparações com a edição anterior

O ministro-chefe da CGU, Valdir Simão, destacou que houve melhora em relação à pesquisa anterior, divulgada em maio deste ano. Dos 492 municípios analisados na primeira rodada, somente dois obtiveram nota 10. Agora, desses mesmos 492, 15 ficaram com nota máxima.

No levantamento anterior, entre as capitais, somente São Paulo ficou nota 10. Agora, foram seis com nota 10. Entre os estados, eram dois com nota máxima. Agora, foram sete.

Apesar da evolução no quadro geral, Simão ressaltou que mais da metade dos municípios não cumpre a lei de acesso. “Infelizmente, mais de 50% dos municípios não cumprem a lei de acesso. Mais de 52% tiveram nota zero ou próxima de zero”, destacou.

Entre os estados, o Amapá foi o único que não obteve nenhuma melhora entre uma pesquisa e outra. "Ele teve zero no primeiro levantamento e zero no segundo. Ou seja, no Amapá, não existe lei regulamentada nem existe possibilidade de implementação da lei", disse Simão.

Ele ressaltou que a CGU não tem competência legal de fiscalizar a lei de acesso nos municípios, mas que é seu “papel disseminar o cumprimento da lei”. “Esse é o trabalho que vamos fazer com frequência para que todos se sintam estimulados a cumprir a lei”, afirmou.

Segundo o ministro, os municípios e estados que não cumprirem a lei estão sujeitos a responder por improbidade administrativa.

Fonte: G1


Veja mais detalhes sobre a metodologia e resultados no site da Controladoria Geral da União (CGU)



----------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

Mais da metade dos municípios tirou nota zero em transparência, diz CGU


Transparência
NITERÓI TRANSPARENTE: Semana “Olho Vivo no Dinheiro Público” tem início na próxima terça-feira
NITERÓI NO PRIMEIRO LUGAR DO RANKING DA TRANSPARÊNCIA DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL

Modernização da gestão
MODERNIZAÇÃO DA GESTÃO - Niterói é única cidade do Rio finalista em prêmio de gestão pública

Gestão participativa
NITERÓI: Conferência Municipal de Assistência Social debaterá a consolidação do Sistema Único da Assistência Social
NITERÓI PROMOVEU A 7ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE COM MAIS DE 1000 PARTICIPANTES
Niterói realiza a III Conferência Municipal de Educação

Programa "Niterói Que Queremos"
NITERÓI QUE QUEREMOS: Prefeitura promove encontro de alinhamento com gerentes do Programa Niterói Metas e Resultados
A NITERÓI QUE QUEREMOS: Prefeitura lança plano estratégico para os próximos 20 anos
Plano estratégico da Prefeitura de Niterói recebe o reconhecimento do Programa Cidades Sustentáveis

Niterói Cidade Inteligente
NITERÓI CIDADE INTELIGENTE - Colab.re: um ano a serviço de Niterói
NITERÓI CIDADE INTELIGENTE - TECNOLOGIA - Frota de ônibus de Niterói já ‘cabe’ no celular
MAIS SEGURANÇA EM NITERÓI - CISP: Prefeitura instalará 12 câmeras na Ponte Rio-Niterói em novembro
NITERÓI CIDADE INTELIGENTE: soluções tecnológicas adotadas em Niterói foram debatidas em evento internacional na FGV
MAIS SEGURANÇA EM NITERÓI - Segurança integrada no CISP - CENTRO INTEGRADO DE SEGURANÇA PÚBLICA
CCO - Centro de Controle Operacional do trânsito em Niterói
SISTEMA MUNICIPAL DE DEFESA CIVIL - gerenciamento dos dados da rede de pluviômetros, sirenes e estações meteorológicas
Inclusão digital - PLATAFORMAS URBANAS DIGITAIS
ARBORIBUS: controle georeferenciado da arborização urbana de Niterói

SMART CITIES - Cidades inteligentes criam nova economia







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.