sexta-feira, 6 de novembro de 2015

CONSULTÓRIO NA RUA - Prefeitura de Niterói equipa-se para atender melhor a população de rua




Ação faz parte do projeto PMF 100%

04/11/2015 - Foi inaugurada na manhã desta quarta-feira, 04/11, a Base do programa Consultório na Rua. A iniciativa, que faz parte do projeto PMF 100%, tem como um dos objetivos trabalhar a cidadania permitindo que o morador em situação de rua tenha acesso aos serviços de saúde. O local conta com dois consultórios, sendo um deles com cadeira ginecológica e banheiro.

A secretária municipal de Saúde, Solange Oliveira, falou sobre o trabalho. “O programa faz parte do plano de expansão da Atenção Básica e garante o acesso ao cuidado em saúde para população de rua, historicamente excluída das políticas públicas. Hoje essa realidade esta mudando. Essa inauguração é uma consolidação do princípio do SUS de inclusão”, destaca.

O Consultório na Rua presta atendimento à saúde da população em situação de rua, considerando suas diferentes necessidades. A equipe multiprofissional reúne médico, psicólogo, enfermeiro, técnico de enfermagem, assistente social, agentes sociais, redutores de danos e motorista. Com apoio de um veículo, eles atuam de forma itinerante nos locais onde se concentram essas pessoas, desenvolvendo ações compartilhadas e integradas com a rede de Saúde. Realizam atendimento, diagnóstico e tratamento quando necessário.

A coordenadora do programa, Joana D’Angelo, destaca que o alvo ainda é a realização de ações nas ruas e explica a importância da nova base. “O foco do trabalho é na rua, a base é a construção de um vínculo com nossos pacientes e com a possibilidade de um atendimento mais qualificado, dentro de um consultório. Atendemos na rua, mas quando viemos para dentro da unidade trabalhamos também a cidadania do usuário”, afirma.

As doenças mais encontradas são transtornos mentais, doenças sexualmente transmissível e tuberculose. Cada situação é encaminhada de acordo com as necessidades e possibilidades do usuário naquele momento. Quando há indicação de internação para tuberculose, por exemplo, os trâmites necessários são realizados para regular a vaga e acompanhar o período de internação.

Participaram do evento a secretária de Assistência Social, Verônica Lima, e a vice presidente de Atenção Coletiva, Ambulatorial e da Família, Juliana Santos.

Fonte: Prefeitura de Niterói



---------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

Consultório de Rua: 188 moradores em situação de rua já foram atendidos na unidade móvel em bairros da cidade

Combate ao crack em Niterói será sobre rodas com atenção especial ao Centro
Prefeitura recebe Unidade Móvel com 20 câmeras para auxiliar no combate ao crack
Prefeitura recebe automóveis e motocicletas que auxiliarão no trabalho de combate ao crack
Prefeitura implanta nas escolas da rede municipal projeto inovador de prevenção ao uso do crack
Parceria de R$ 5 milhões para enfrentar o crack em Niterói
Guardas municipais são treinados para participarem do programa "Crack é possível vencer"
Consultório de Rua: 188 moradores em situação de rua já foram atendidos na unidade móvel em bairros da cidade
Prefeitura de Niterói e Senasp assinam termo de adesão da cidade ao programa "Crack, é possível vencer"
Prefeitura de Niterói inaugura equipamentos para atendimento a dependentes químicos
Niterói apresenta projeto de integração ao legado olímpico e garante recursos para a Guarda Municipal em Brasília
Secretaria de Assistência Social de Niterói implementa ações para população em situação de rua






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.