domingo, 26 de junho de 2016

TECNOLOGIA - NITERÓI CIDADE INTELIGENTE: Plataforma digital promete deixar Niterói mais inteligente


COMENTÁRIO DE AXEL GRAEL:

O Sistema de Geoprocessamento (SiGEO) que está sendo implantado pela Prefeitura é mais um importante passo para fazer de Niterói uma Cidade Inteligente, modernizando a administração pública municipal e disponibilizando tecnologias digitais e aplicativos de fácil acesso popular, com a finalidade de melhorar cada vez mais a vida do cidadão.

Como eu disse na entrevista para a matéria de Igor Mello, que foi destaque de capa do suplemento Globo Niterói, de 24 de junho, o SiGEO unificará todas as informações georreferenciadas dos órgãos da Prefeitura de Niterói, permitindo o cruzamento das informações, de forma a produzir relatórios gerenciais que subsidiarão as políticas públicas e os serviços oferecidos aos cidadãos.

A plataforma estará implantada até o final do ano e, em seguida, começarão a ser disponibilizados os aplicativos para uso público. Os recursos do SiGeo e os aplicativos atenderão demandas e prestarão serviços nas áreas de segurança pública, defesa civil, saúde, educação, mobilidade/transporte/trânsito, urbanismo, fazenda, meio ambiente (inclusive controle de incêndios em vegetação), etc.

O SiGEO e o Cadastro Técnico Multifinalitário estão sendo implantados através do Programa de Desenvolvimento Urbano e Inclusão Social (PRODUIS), financiado pelo BID, e coordenado pelo Escritório de Gestão de Projetos (EGP), vinculado à Vice-Prefeitura.

É Niterói avançando ainda mais para se tornar a Melhor Cidade Para Se Viver e Ser Feliz.

Axel Grael
Vice-Prefeito
Niterói




-------------------------------------------------------------



Plataforma digital promete deixar Niterói mais inteligente


O vice Axel Grael diante da página virtual da Secretaria de Urbanismo: mapas em alta resolução - pablo jacob



Igor Mello

Plataforma digital promete deixar Niterói mais inteligente

NITERÓI - O planejamento de políticas públicas para Niterói terá, até o fim do ano, a alta tecnologia como aliada. O prazo é para que comece a funcionar o Sistema de Geoprocessamento (SiGeo) — plataforma digital que vai reunir todos os bancos de dados da administração municipal a uma base cartográfica georreferenciada. O programa será implantado com recursos de R$ 5 milhões, parte do empréstimo captado junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), e promete melhorar a gestão de áreas como Saúde, Transporte, Defesa Civil e Educação, prestando, assim, melhores serviços à população.

Uma das aplicações que a prefeitura já decidiu implantar e disponibilizar ao público é o monitoramento, em tempo real, dos ônibus, via GPS. Promessa antiga, o aplicativo vai permitir que o cidadão saiba onde está o veículo da linha em que deseja embarcar e dará uma estimativa de tempo de chegada. 

Virgínia Quixadá, gerente da área de governos municipais da Imagem — empresa focada em inteligência geográfica que desenvolveu a plataforma e assinou convênio com a prefeitura em maio —, conta que ainda está sendo negociado que tipos de aplicativos ficarão disponíveis para agentes públicos e a população de Niterói, mas adianta outro serviço que será viabilizado, facilitando o acesso à legislação urbanística da cidade:

— Uma pessoa que queira construir um imóvel poderá inserir no aplicativo informações sobre o projeto, como o tipo de uso (residencial, comercial ou industrial) e a quantidade de andares. O sistema cruzará informações sobre a legislação de zoneamento e uso do solo, dizendo se aquele projeto pode ou não ser viabilizado naquele local.

Capa da edição de 24 de junho de 2016 do O Globo Niterói, dando destaque para os benefícios do SiGEO para o cotidiano do cidadão de Niterói.


De acordo com o vice-prefeito, Axel Grael, o sistema vai unir duas plataformas já existentes: o cadastro multifinalitário (banco de dados que une informações recolhidas por secretarias como Fazenda, Planejamento, Urbanismo, Saúde e Educação) e os mapas em 3D de alta resolução, disponíveis para consulta no site da Secretaria de Urbanismo.

Em reportagem publicada em janeiro, O GLOBO-Niterói mostrou que o SiGeo será utilizado também para a revisão do cadastro imobiliário, o que pode resultar em mudanças nos valores do IPTU cobrado, sobretudo na Região Oceânica, onde foram detectadas distorções. Com base nas imagens em 3D, a plataforma é capaz de estimar o tamanho da área construída de cada lote, corrigindo automaticamente eventuais informações desatualizadas no cadastro da Secretaria de Fazenda.

Axel diz que experiências bem-sucedidas vão ajudar Niterói no planejamento de suas políticas. Na Educação, o SiGeo já foi utilizado para que os alunos de redes municipais consultassem se têm direito ao passe livre no transporte público. Já na Saúde, permitiu que gestores avaliassem a incidência de determinada doença em cada região da cidade, usando outros indicadores para encontrar a causa do problema.

— Estamos implantando um sistema de monitoramento da qualidade de ar em toda a cidade. O SiGeo permitirá que cruzemos essas informações com os registros de doenças respiratórias no município (recolhidas pela rede de Saúde). Isso possibilitará descobrirmos se há relação entre as duas coisas — explica o vice-prefeito.

A implantação da SiGeo, diz Axel, será gradual. A plataforma estará totalmente disponível até o fim do ano; depois, os aplicativos começarão a ser liberados para servidores do município e população em geral.

— O processo é feito em etapas. Primeiro, temos que estruturar o sistema. Depois, as secretarias precisam alimentá-lo com informações. É preciso haver um processo de checagem. Um banco de dados é bom quando as informações que disponibiliza têm qualidade — afirma Axel.

Virgínia Quixadá dá exemplos de experiências em lugares que já contam com a plataforma: no Amazonas, o sistema faz com que as denúncias de crimes feitas através do 190 sejam enviadas em tempo real para a viatura da Polícia Militar mais próxima à ocorrência, reduzindo o tempo de resposta das forças de segurança pública.

Já na área de Defesa Civil, a gerente explica que é possível cruzar dados sobre histórico de deslizamentos, enchentes e outras catástrofes naturais com informações climáticas obtidas em tempo real por pluviômetros e outros equipamentos do governo municipal. Assim, o sistema é capaz de prevenir catástrofes.

— O sistema chega ao nível de mandar SMS de alerta para as pessoas cadastradas que vivem em áreas vulneráveis. Também pode alertar equipes de trânsito para desviarem o fluxo de veículos de áreas que podem alagar — diz Virgínia.

Fonte: O Globo Niterói



-------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

- CADASTRO TÉCNICO MULTIFINALITÁRIO

CADASTRO TÉCNICO MULTIFINALITÁRIO: Prefeitura terá informações georreferenciadas centralizadas em banco de dados

- NITERÓI CIDADE INTELIGENTE

NITERÓI CIDADE INTELIGENTE: soluções tecnológicas adotadas em Niterói foram debatidas em evento internacional na FGV
NITERÓI CIDADE INTELIGENTE - Colab.re: um ano a serviço de Niterói
NITERÓI CIDADE INTELIGENTE - TECNOLOGIA - Frota de ônibus de Niterói já ‘cabe’ no celular
MAIS SEGURANÇA EM NITERÓI - Segurança integrada no CISP - CENTRO INTEGRADO DE SEGURANÇA PÚBLICA
CCO - Centro de Controle Operacional do trânsito em Niterói
SISTEMA MUNICIPAL DE DEFESA CIVIL - gerenciamento dos dados da rede de pluviômetros, sirenes e estações meteorológicas
Inclusão digital - PLATAFORMAS URBANAS DIGITAIS
ARBORIBUS: controle georeferenciado da arborização urbana de Niterói
SMART CITIES - Cidades inteligentes criam nova economia
NITERÓI CIDADE INTELIGENTE: Sinais inteligentes serão implantados nas dez áreas consideradas as mais congestionadas da cidade
CISP - Prefeito de Niterói anuncia ampliação do sistema de monitoramento do Cisp
SEGURANÇA: Prefeitura de Niterói publica decreto que cria Observatório de Segurança
SEGURANÇA - CISP: Serviço 153 da Guarda Municipal já passa das 1100 chamadas
MAIS SEGURANÇA EM NITERÓI - CISP: Câmeras já registraram 423 crimes
SEGURANÇA EM NITERÓI - Cisp vai receber em tempo real dados da Polícia Civil sobre veículos roubados
GESTÃO E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS AO CIDADÃO - Novo centro para atender demandas dos Niteroienses
SEGURANÇA EM NITERÓI - Prefeitura de Niterói vai integrar câmeras de condomínios do Jardim Icaraí ao Cisp
Com a ajuda do serviço 153 do Cisp, agentes da Seop capturam suspeito de furto a loja no Centro
Niterói lança aplicativo para que cidadãos denunciem focos de dengue
CISP LANÇA NOVO CANAL DE EMERGÊNCIA - Ligue 153

- PRODUIS

Programa de Desenvolvimento Urbano e Inclusão Social de Niterói (PRODUIS): conheça o escopo do projeto financiado pelo BID
PACOTE DE OBRAS PARA A ZONA NORTE DE NITERÓI - PRODUIS

- EGP-NIT

Superintendente da Caixa diz que EGP de Niterói é considerado modelo
ESCRITÓRIO DE GESTÃO DE PROJETOS DE NITERÓI: SEPLAG capacita profissionais da Prefeitura para a utilização do Sistema EGP-NIT
Sistema de última geração vai fazer o mapeamento de Niterói
Aprovada a criação do Escritório de Gestão de Projetos
Lei 3023/2013, que institui o EGP-Nit

- MODERNIZAÇÃO DA GESTÃO

NITERÓI OBTÉM NOTA MÁXIMA (10) E LIDERA RANKING NACIONAL DA TRANSPARÊNCIA ENTRE MUNICÍPIOS

- DEFESA CIVIL

NITERÓI RESILIENTE - Prefeitura de Niterói entrega nova sede da Defesa Civil
DEFESA CIVIL DE NITERÓI GANHA NOVA SEDE: sede contará com o Centro de Monitoramento e Operação da Defesa Civil, integrado ao Cisp
TECNOLOGIA PARA EVITAR TRAGÉDIAS - cooperação UFF e Defesa Civil de Niterói

- CENTRO DE CONTROLE OPERACIONAL DO TRÂNSITO EM NITERÓI - CCO

NITERÓI TERÁ SISTEMA DE CONTROLE DE TRÂNSITO MAIS MODERNO DO PAÍS
CENTRO DE CONTROLE OPERACIONAL DE MOBILIDADE (CCO): Tecnologia de ponta vai monitorar e gerenciar o trânsito em Niterói 
NITERÓI TERÁ SISTEMA DE CONTROLE DE TRÂNSITO MAIS MODERNO DO PAÍS
PRODUIS (BID) - Niterói terá 110 câmeras em sinais de trânsito para monitorar cruzamentos
CISP - CCO: Prefeitura de Niterói vai implantar sistema de monitoramento de segurança nos ônibus da cidade
Sistema de monitoramento de Niterói contará com 450 câmeras e 80 botões de pânico
Prefeito em exercício visita Centro de Comando e Controle do Estado e acompanha teste de sirenes












Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.