quinta-feira, 30 de junho de 2016

MAIS SAÚDE EM NITERÓI: Inaugurada a nova emergência pediátrica do Hospital Getulinho





Fotos Leonardo Simplício/Prefeitura de Niterói.


Atendimento no local começa amanhã, após higienização e transferência de equipamentos. Mudança será gradual

 “Quem nunca precisou do Getulinho não sabe a importância desta unidade para a população da Zona Norte de Niterói. Ela tem uma importância médica, o atendimento pediátrico, mas também afetiva: o Getulinho sempre foi um espaço de cuidado e acolhimento que agora nós estamos devolvendo para a população”. Foi com essas palavras e muita emoção que o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, abriu, na tarde de hoje (30), a cerimônia de entrega das obras da nova emergência pediátrica do Hospital Getúlio Vargas Filho, o Getulinho, no Fonseca.

A secretária de Saúde, Maria Célia Vasconcellos, o secretário de Obras e Infraestrutura, Vicente Temperini, e a diretora executiva da unidade, Patrícia Gomes, entre diversas outras autoridades, também participaram do evento. Mais de 500 pessoas acompanharam a solenidade. Foram investidos R$ 20 milhões na reforma e ampliação da emergência.

“É um dia muito especial para nossa cidade, pois, além do compromisso que cumprimos desde o primeiro dia de governo, com a reabertura da antiga emergência do Getulinho, que atendeu de maneira ininterrupta mais de 400 mil crianças nos últimos três anos e meio, construímos uma moderna emergência infantil. Lembro-me de todas as mães que estiveram comigo abraçando a emergência que havia sido fechada em 2011. É para elas e para as crianças que dedicamos este projeto realizado com tanto zelo”, disse Rodrigo Neves.





Fotos Leonardo Simplício/Prefeitura de Niterói.


Ele também destacou que, mesmo passando por uma crise geral no País e, principalmente, no Estado, a Prefeitura está entregando obras importantes como esta emergência, 19 novas escolas, a perfuração do túnel Charitas-Cafubá e residências populares no bairro do Caramujo, que beneficia as vítimas das chuvas de 2010.

A nova emergência do Getulinho possui 12 leitos, divididos de acordo com a classificação de risco amarela, vermelha e observação individual (isolamento). É importante destacar que, após a estabilização, esses pacientes podem ser liberados, encaminhados para a enfermaria do próprio hospital, que possui 24 leitos operantes, ou para outras unidades de saúde, de acordo com a complexidade do caso.

“Esta emergência é do povo de Niterói. Todos os profissionais que estão aqui estão emocionados pelas coisas grandes, como essa reforma, e pelas pequenas coisas, como a manutenção da árvore que era ponto de encontro da equipe nos intervalos do plantão. Isso é a sensibilidade de uma gestão que pensa nos seus profissionais e, principalmente, na população”, explicou a secretária Maria Célia Vasconcellos.

Sra. Maria Moura, que trabalhou no Getulinho desde a tragédia do Gran Circo Norte-Americano, em 1961. Fotos Leonardo Simplício/Prefeitura de Niterói.


Durante a visita nas novas instalações, o prefeito conversou com funcionários e cidadãos. Um momento especial foi o encontro com a aposentada Maria Moura, de 90 anos, que atuou como voluntária no atendimento às vítimas do trágico incêndio do Gran Circus Norte-Americano em 1961.

“Está tudo maravilhoso. Trabalhei muito aqui, cuidando das crianças após a tragédia no circo. Nunca pensei que voltaria aqui e encontraria uma estrutura tão linda”, contou, emocionada.

Após a entrega da obra, os funcionários começaram os procedimentos de higienização e a transferência de equipamentos e mobiliário das instalações provisórias para o novo espaço. Os pacientes que já estão internados serão transferidos gradativamente e com acompanhamento médico. Todo este processo ocorrerá ao longo do mês de julho, mas a nova emergência já começa a receber pacientes amanhã.

A nova emergência possui duas salas de espera, sendo uma para recepção e outra para espera do atendimento médico, dois consultórios para classificação de risco, quatro consultórios médicos, sala de medicação e inalação, sala de sutura, sala de curativo, sala de raios X, sala de estar para acompanhantes, sala de atendimento familiar, além de duas salas de apoio técnico e administrativo e duas salas de repouso para plantonistas.

O espaço foi planejado seguindo as normas de acessibilidade, com banheiros adaptados para portadores de necessidades especiais e elevador. São 2.500 metros quadrados de área construída.

Fonte: Prefeitura de Niterói



--------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

NOVO HOSPITAL PEDIÁTRICO GETULINHO SERÁ INAUGURADO NO DIA 1º DE JULHO









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.