quinta-feira, 2 de junho de 2016

Obras do novo Getulinho estarão prontas até o fim deste mês






 




01/06/2016 - Até o fim deste mês, Niterói vai ganhar uma nova emergência pediátrica, moderna e humanizada. O prefeito visitou na manhã desta quarta-feira (01/06) as obras do Hospital Getúlio Vargas Filho, o Getulinho, no Fonseca, na Zona Norte da cidade, e informou que as intervenções serão concluídas até o fim de junho.

O Getulinho ganhará uma emergência altamente qualificada, com capacidade para atender a casos trazidos pelo Corpo de Bombeiros, emergências clínicas e cirúrgicas. Contará com um centro cirúrgico com três salas e ambulatórios de especialidades que são carentes de profissionais, como a hematopediatria e a neuropediatria.

O hospital contará com internação clínica e internação em UTI e CTI pediátricos. A criança, quando der entrada, será classificada de acordo com gravidade e o risco e será encaminhada para um dos quatro consultórios médicos que serão implantados na unidade.

Serão 2.500 metros quadrados de área construída, árvores, playground para crianças, dentro de projeto que, priorizando a sustentabilidade, incluiu  sistema de reúso de água.

O prefeito afirmou que a emergência do Getulinho será uma referência no país e a melhor emergência pediátrica do Estado do Rio de Janeiro.

"O Getulinho reflete o compromisso do nosso governo com os que mais precisam, aqueles que não têm acesso a planos de saúde privados. Lembramos que, nestes três anos, desde 2 de janeiro de 2013, atendemos 400 mil crianças. Construímos um novo hospital, uma nova emergência sem abrir mão de prestar assistência e cumprir nosso principal compromisso, que foi a reabertura da unidade. O Getulinho será uma referência também no campo de estudo. Além da assistência, terá o papel da formação de jovens médicos, que vêm para cá para estudar e prestar ajuda à população", declarou.

Fonte: Prefeitura de Niterói






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.