segunda-feira, 13 de junho de 2016

Parque da Serra da Tiririca vai ganhar um guia de trilhas





Publicação traz informações sobre as 15 trilhas da unidade de conservação

Costão de Itacoatiara, Morro Alto Morão, sítio arqueológico (em Itaipu) e o túnel da antiga Estação Ferroviária de Maricá são alguns dos atrativos que o visitante poderá contemplar ao percorrer um dos caminhos do “guia de trilhas” do Parque Estadual da Serra da Tiririca, que será lançado pelo secretário do Ambiente, André Corrêa, nesta terça-feira (14), em Itacoatiara, na Região Oceânica de Niterói.

A publicação traz informações sobre as 15 trilhas situadas na unidade de conservação e no seu entorno, como o nível de dificuldade, localização e trajeto, além de um breve histórico sobre o Parque Estadual da Serra da Tiririca. O guia de trilhas estará disponível no site do Inea: www.inea.rj.gov.br.





Uma boa opção para os visitantes é a trilha do Alto Mourão. Com nível de dificuldade moderado, o trajeto a ser percorrido é de, aproximadamente, três quilômetros e leva ao ponto mais alto do parque: o Morro do Alto Morão com cerca de 450 metros de altitude.

Outro destaque é a trilha das Andorinhas. Com nível de dificuldade leve, o trecho a ser percorrido é de 800 metros, passando por uma comunidade de pescadores tradicionais de Itaipu e por dois mirantes: um voltado para a Praia de Itaipu e o outro, para a Praia de Itacoatiara.

Com 3.493 hectares, o Parque da Serra da Tiririca abrange partes dos municípios de Niterói e Maricá. É composta por área marinha e uma terrestre.

Fonte: O Fluminense









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.