quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Prefeitura de Niterói implanta sistema de monitoramento da qualidade do ar na Região Oceânica

 


20/09/2016 - Progresso sem descuidar do meio-ambiente. A Prefeitura de Niterói está investindo R$ 998 mil na aquisição de seis estações demonitoramento da qualidade do ar e uma meteorológica para a obra da TransOceânica.

O monitoramento da qualidade do ar faz parte do plano de controle ambiental da TransOceânica, apresentado ao INEA no processo de licenciamento ambiental.

As estações vão medir a quantidade de partículas de poeiras e gases provenientes das intervenções e servirão para determinar se o ar respirado na obra está dentro dos padrões normais para a saúde não só para os operários como também da população ao redor.

Os equipamentos são de última geração e foram importados da Itália. No caso das estações de tratamento, será enviado um relatório mensal para o Inea. Em relação a meteorológica, os dados serão repassados primeiramente à Defesa Civil municipal e depois ao Inea. Elas terão um alcance de dois quilômetros.

Após a obra, serão revertidas ao patrimônio da Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade (SMARHS).

Equipes da empresa JCTM, que forneceu os equipamentos, estão treinando os funcionários da Prefeitura para usar as estações.

Segundo a Emusa (Empresa Municipal de Moradia, Urbanização e Saneamento), dois dos equipamentos já foram instalados e estão em funcionamento. Uma estação meteorológica no Corpo de Bombeiros de Charitas e uma de monitoramento do ar na AABB do Cafubá.

As outras serão implantadas no Hospital Psiquiátrico de Jurujuba, DPO de Piratininga, Colégio Portugal Neves, uma loja da concessionária Águas de Niterói, em Itaipu, e no Corpo de Bombeiros de Itaipu. Até o final do mês, todas deverão estar implantadas, de acordo com a Emusa.

Outra iniciativa foi a instalação de sismógrafos nos locais onde ocorreram as detonações. Esses aparelhos medem a propagação das ondas com as explosões e ajudam a determinar se elas podem provocar riscos de desabamentos nas casas ao redor. Até o exato momento, não houve ocorrências.

Fonte: Prefeitura de Niterói




 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.