quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Observadores de pássaros registram mais de cem espécies de aves na Reserva Ecológica Estadual da Juatinga, em Paraty



Tangará (Chiroxiphia caudata). Foto de Luana Bianquini.

Topetinho-vermelho (Lophornis magnificus). Foto Luana Biaquini.


Cerca de 20 pessoas participaram do Vem Passarinhar. Elas percorreram a trilha da Vila Oratória, passando pela Praia do Sono e pela Barra do Sono, com retorno à Vila, por barco e trilha

Mais de cem espécies de aves foram registradas (27 e 28/08) durante o programa Vem Passarinhar, realizado neste final de semana na Reserva Ecológica Estadual da Juatinga, localizada em Paraty, no litoral sul do estado e administrada pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea). O projeto tem como objetivo a prática da observação de aves como uma ferramenta da conservação através da visitação nas unidades de conservação e reservas do Estado do Rio de Janeiro.

Cerca de 20 pessoas participaram do Vem Passarinhar. Elas percorreram a trilha da Vila Oratória, passando pela Praia do Sono e pela Barra do Sono, com retorno à Vila, por barco e trilha. Durante a visitação, os observadores registraram 106 espécies de aves.

“Os observadores de aves ajudam os gestores ao trazer informações sobre as espécies avistadas e contribuem para a conscientização sobre a importância da preservação da nossa biodiversidade”, afirmou o secretário estadual do Ambiente, André Corrêa.

Conhecida como birdwatching, a “observação de aves” vem se despontando como importante atividade de contemplação da natureza agregando cada vez mais adeptos e atraindo seguidores de todas as idades. O Inea encontrou na observação de aves uma excelente oportunidade para a sensibilização da sociedade em prol da preservação nas diversas regiões do Estado.

“Temos a intenção de consolidar cada vez mais esta atividade nas unidades de conservação estaduais e até mesmo num futuro próximo implantar estruturas e trilhas específicas nas unidades de conservação para incentivar ainda mais esta prática”, destacou o gerente das unidades de conservação do Inea, Fernando Matias.

Com área total de 9.960 hectares, a Reserva Ecológica Estadual da Juatinga abrange o município de Paraty. Foi criada pelo Decreto Estadual nº 17.981, de 30 de outubro de 1992.

Fonte: SEA






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.