quinta-feira, 1 de setembro de 2016

MARTINE E KAHENA VISITAM O PROJETO GRAEL: Troca de experiências por bons ventos na vela nacional


 
Martine e Kahena proporcionaram um dia diferente para os alunos do projeto. Foto: Evelen Gouvêa

Martine e Kahena com alunos e equipe do Projeto Grael. Foto acervo Projeto Grael.

Martine e Kahena falam para os alunos do Projeto Grael. Foto acervo do Projeto Grael.

Todos juntos... Foto acervo do Projeto Grael.

Curiosidade e orgulho da medalha. Foto acervo do Projeto Grael.

Samuel Gonçalves, velejador revelado pelo Projeto Grael e campeão mundial da Classe Star como proeiro de Lars Grael, as medalhiastas olímpicas Kahena e Martine e Christa Grael, gerente executiva do Projeto Grael. Foto acervo do Projeto Grael.


David Tavares

Alunos do Projeto Grael foram recebidos ontem pelas medalhistas Martine e Kahena

Sorrisos, aprendizado e troca de experiências. Assim foi a manhã desta quarta-feira (31) na sede do Projeto Grael, em Jurujuba, Zona Sul da cidade, que recebeu as medalhistas olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze para uma espécie de “aula especial”. Os cerca de 50 alunos que estiveram presentes no local puderam montar os barcos, velejar e aprender com as meninas que conquistaram a honraria de ouro para o Brasil na vela durante os Jogos Olímpicos Rio 2016, na classe 49er FX.

De acordo com Kahena, estar presente logo na semana de volta às aulas dos alunos é de suma importância para o crescimento profissional em termos de incentivo a cada um, principalmente aos mais novos, que estão aprendendo.

“Muito bom estar presente aqui no projeto, era uma surpresa para eles. Chegamos aqui, foi legal demais montar o barco junto, trocar essa experiência. Nossa missão aqui é passar um pouco da nossa experiência para eles, tirar algumas dúvidas. É bom estar aqui sempre que possível, incentivando, principalmente nesse início de aulas. Momento de estar próximo a eles”, conta a atleta.

Para Martine, estar no projeto é uma forma de tirar a ideia de que estão em um “pedestal”, estar próxima dos alunos e aprendendo também com eles.

“Tirar essa distância é muito importante, estamos aqui, com eles, como eles. Fazer esse tipo de coisa, incentivando, cuidando, é algo que sempre vamos fazer. Queremos influenciar de maneira positiva, como maneira positiva. Sou suspeita para falar, mas velejar é algo muito bom – e eles podem buscar, através do projeto, a parte profissional também”, explica ela, que é filha do medalhista olímpico Torben Grael, um dos fundadores do Projeto.

Sobre a presença das medalhistas na sede, o professor de vela Marcelo Amorim destacou toda a motivação que é aflorada nos alunos.

“Vejo como uma grande experiência, uma oportunidade única na vida deles. Que bom que eles aproveitaram, que possam dar sequência na vida esportiva a partir dessas meninas. Um grande incentivo”, comentou.

Durante a manhã, os alunos puderam, além de montar os barcos, velejar com as campeãs olímpicas a bordo do pequeno veleiro Dingue. E mais, aprender muito com as atletas. De acordo com Luana Ferreira, de 12 anos, estar perto de Martine e Kahena foi um privilégio, momento único.

“É muito bom estar com as campeãs olímpicas, estou muito feliz com tudo isso. Vale a pena o esforço, estamos aprendendo”, revelou a jovem.

PARTICIPE DOS CURSOS GRATUITOS DO PROJETO GRAEL

O Projeto Grael tem inscrições até o fim de setembro, na Avenida Carlos Ermelindo Marins, 494 – Jurujuba, Niterói/RJ. Mais informações: (21) 2711-9875 ou secretaria@projetograel.org.br.

Até o momento, cerca de 350 alunos já se cadastraram.

Fonte: O Fluminense



------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

OURO DE MARTINE E KAHENA: Medalha se junta à exposição dos Grael
OURO DE MARTINE E KAHENA: Para Martine Grael e Kahena Kunze, a ficha ainda não caiu
OURO DE MARTINE E KAHENA: Celebração pela glória olímpica
MARTINE GRAEL E KAHENA KUNZE SÃO RECEBIDAS COM GRANDE FESTA NO RIO YACHT CLUB APÓS MEDALHA DE OURO
OURO DE MARTINE E KAHENA: Lars Grael se emociona com a medalha de ouro da sobrinha Martine
OURO DE MARTINE faz família Grael "passar" vários países no quadro de medalha
Após ouro, Martine e Kahena querem inspirar outras mulheres para a vela
Um dia para ser lembrado: Brasil é ouro na 49erFX com Martine Grael e Kahena Kunze
O OURO DE MARTINE E KAHENA: Os Grael chegaram a oito medalhas? O clube Sailing já tem 15
OURO DE MARTINE E KAHENA: Após ouro na vela, Martine diz que superação de Lars é uma inspiração
Martine e Kahena lutam por medalha de ouro na Rio 2016










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.