segunda-feira, 3 de abril de 2017

MODERNIZAÇÃO DA GESTÃO PÚBLICA: Niterói cria Escola de Governo para capacitar os funcionários



Giovanna Victer afirma que o portal vai agregar os cursos de capacitação elaborados pela prefeitura e outros órgãos. Foto: Divulgação


Plataforma on-line estará disponível na próxima sexta e parte do conteúdo será aberta para não servidores

Os agentes públicos da Prefeitura de Niterói serão capacitados para exercer ainda melhor suas atividades. O Município lança, no próximo dia 7, a Escola de Governo e Gestão, vinculada à Secretaria Municipal de Planejamento, Modernização da Gestão e Controle (Seplag), com o objetivo de promover o aperfeiçoamento, qualificação e atualização dos funcionários que integram o quadro da administração municipal.

A secretária de Planejamento, Giovanna Victer, esclarece que não vai ser uma escola tradicional, com uma instalação física e funcionários, e sim um grande portal on-line que vai agregar as iniciativas de capacitação das várias áreas da prefeitura e cursos oferecidos por outros órgãos, como a Escola Nacional de Administração Pública e a Controladoria Geral da União. A escola integra a Política Municipal de Desenvolvimento de Servidores da Prefeitura de Niterói. “A Escola de Governo e Gestão de Niterói terá cursos presenciais e a distância, alguns abertos ao público e outros voltados para os agentes municipais. A ideia é oferecer uma capacitação em gestão pública. Temos uma seção de trabalhos acadêmicos já publicados sobre gestão, uma sessão de boas práticas para estimularem os servidores a inovar na gestão pública, além da inscrição em cursos, divulgação de eventos, e aulas on-line”, revela Giovanna. O site da escola de governo está passando por retoques finais para o lançamento e já está disponível por meio do endereço eletrônico www.egg.seplag.niteroi.rj.gov.br

O lançamento da Escola será na sexta-feira e contará com aula magna de uma das maiores especialistas do Brasil em escolas de gestão e governo, Evelyn Levy, consultora técnica do Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração (Consad) e palestra de Gláucio Neves, da consultoria Macroplan, que vai apresentar os critérios e desafios do Índice Desafios da Gestão Municipal (IDGM), além de um diálogo com os secretários, de Fazenda, César Barbiero, e Administração, Fabiano Gonçalves, entre outros. No próprio dia 7 será realizada a primeira capacitação, um encontro de controle interno.


"A Escola de Governo e Gestão conta com recursos do Programa de Desenvolvimento Urbano e Inclusão Social de Niterói (Produis), uma iniciativa da prefeitura com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população de Niterói mediante a execução de projetos urbanos e sociais".


A secretária de Planejamento explica que foi elaborada uma grade com 20 cursos diferentes, que vão do nível operacional ao estratégico, e incluem liderança, gestão por competências, gestão para resultados, foco no cliente cidadão – competências gerais para melhorar a gestão pública para a prestação de cursos para o cidadão. Também serão disponibilizados cursos a distância do E-cidades, o software que centraliza as informações sobre os processos municipais, garante a segurança dos dados, mais transparência e melhoria na gestão fiscal.

Umas das primeiras formações será no Código de Ética do Agente Público Municipal, que abrange os servidores, comissionados, contratados, prestadores de serviço. Após a aula, os funcionários deverão responder perguntas e receberão um certificado de conclusão se tiverem 70% ou mais de aproveitamento. “A capacitação no código de ética é uma das iniciativas do Niterói Resiliente para modernização da gestão, e uma das metas do Plano de 100 dias. Esta é uma atividade muito comum na iniciativa privada, que pode ser aplicada na administração pública. Recolhemos impostos da sociedade e é nosso dever entregar o melhor serviço possível utilizando os recursos humanos, financeiros, e de tempo, da maneira mais eficiente possível. Então utilizamos os instrumentos que estão disponíveis”, pontua Giovanna.

Além de professores e especialistas convidados, a Escola de Governo e Gestão de Niterói também contará com um banco de talentos da própria prefeitura: profissionais da administração pública que são especializados poderão ministrar cursos para dividir esse conhecimento com outros funcionários.

Planejamento – A Escola de Governo e Gestão conta com recursos do Programa de Desenvolvimento Urbano e Inclusão Social de Niterói (Produis), uma iniciativa da prefeitura com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população de Niterói mediante a execução de projetos urbanos e sociais.

Um Conselho Consultivo, composto por representantes de órgãos municipais, vai auxiliar na definição das diretrizes, na coordenação e avaliação das ações de capacitação. Fazem parte do conselho a Seplag, Secretaria de Administração, Secretaria Executiva, Secretaria de Educação e Secretaria de Projetos Estratégicos e Ciência e Tecnologia.

Fonte: O Fluminense









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.