domingo, 9 de abril de 2017

Lagoas de Piratininga e Itaipu serão geridas pela prefeitura



Comportas serão elevadas e também será feito bombeamento de ar para melhorar a qualidade da água das lagoas. Foto: Douglas Macedo



Giovanni Mourão

Entre intervenções previstas, está a elevação de comportas que as ligam ao mar, para aumentar volume de água

A prefeitura de Niterói anunciou que, ainda em abril, irá assumir totalmente a gestão das lagoas de Piratininga e de Itaipu. O anúncio foi feito após reunião realizada nesta semana com o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), que atualmente é o principal responsável pela administração do sistema lagunar da Região Oceânica. Desde 2013, a prefeitura já administra parcialmente essas áreas.

Serão diversas intervenções no sistema lagunar de Itaipu-Piratininga, que é um dos mais importantes patrimônios naturais da cidade. Elas serão realizadas com recursos do Programa Pro-Sustentável. O secretário executivo da Prefeitura de Niterói Axel Grael adianta a reforma do túnel extravasor da Lagoa de Piratininga, que liga a lagoa ao mar, será uma das prioridades de gestão.

“Por conta dos problemas referentes ao mau funcionamento, o Inea vai disponibilizar, nas próximas semanas, um estudo para a elevação das comportas do túnel, indicando este projeto como referência para as futuras obras. Agora, a prefeitura está se organizando para realizar as intervenções de manutenção das comportas”, explica.

Para melhorar as condições de escoamento e renovação das águas, regulando o ciclo biológico e revertendo o atual quadro de degradação, a prefeitura iniciará um projeto para desassoreamento da Lagoa de Piratininga.

“Não pensamos em dragagem, pois esse tipo de intervenção é muito impactante e nem sempre os resultados são positivos. Utilizaremos estratégias mais lentas, porém mais seguras. Uma das possibilidades é implantar um sistema de microbombeamento de oxigênio, que atingirá as camadas mais profundas da lagoa, permitindo que as bactérias consumam o lodo existente”.

Ainda em Piratininga, outra intervenção importante será a implantação do Parque-Orla, que vai revitalizar todo o entorno da lagoa com áreas de lazer. A prefeitura também quer a volta de esportes náuticos no local.

“Vamos implantar, ao longo desses quatro anos, o Parque-Orla, que prevê a instalação de uma área recreativa em todo o entorno da lagoa. Recuperada, essa área contará com equipamentos e áreas de lazer. Já temos o projeto básico pronto, agora precisamos contratar um projeto executivo para iniciar as mudanças”, conta Axel. “Outro objetivo nosso é trazer de volta os esportes náuticos na lagoa. Vela é pouco provável, pois a lagoa é muito rasa. Mas remo, canoagem e standup paddle podemos fazer tranquilamente. Ao longo desses quatro anos teremos tudo isso”, aposta.

Por sua vez, a Lagoa de Itaipu terá como novidade a implantação da “Ciclovia Translagunar”, que conectará o bairro até o Túnel Charitas-Cafubá, passando também pela Lagoa de Piratininga.

“Trata-se de uma ciclovia que ligará o bairro de Itaipu ao novo túnel. Na área da Lagoa de Itaipu, será uma ciclovia suspensa, pois passará por uma região brejosa. Seguindo, ela passará também pela Lagoa de Piratininga até chegar ao túnel. Além disso, essa mesma ciclovia terá um outro caminho, que compreenderá todo o entorno da Lagoa de Piratininga”, concluiu.

Fonte: O Fluminense



-----------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

Prefeitura de Niterói e INEA trabalham para recuperar o sistema de comportas na Lagoa de Piratininga
PRO-SUSTENTÁVEL: medidas para salvar a Lagoa de Piratininga
LAGOA DE ITAIPU: preocupação com o assoreamento
SISTEMA LAGUNAR PIRATININGA-ITAIPU: Revitalização das lagoas de Niterói será liderada pelo município 
PIRATININGA E ITAIPU - Gestão integrada para salvar lagoas de Niterói

Pro-Sustentável

PRO-SUSTENTÁVEL: Niterói prioriza projetos sustentáveis para a Região Oceânica
PRO-SUSTENTÁVEL: Missão de banco internacional dá início ao Programa Região Oceânica Sustentável
PRO-SUSTENTÁVEL: Ciclovia ligará Itacoatiara a Charitas, via lagoas oceânicas
PRO-SUSTENTÁVEL: Região Oceânica tem garantidos R$ 350 milhões para sustentabilidade e melhorias de infraestrutura
NITERÓI MAIS VERDE E PARNIT

DIA HISTÓRICO EM NITERÓI: Foi publicado hoje o Decreto 11.744, que instituiu o PARNIT
PARNIT: Preservação do meio ambiente ganha reforço em Niterói
Niterói + Verde e PARNIT: Decreto cria 22,5 milhões de metros quadrados de áreas protegidas na cidade
PARNIT - Niterói cria parques para proteger áreas verdes de problemas como deslizamentos e queimadas
PARNIT - Prefeito Rodrigo Neves assina na quarta feira o decreto de criação do Programa Niterói + Verde
'Niterói mais verde' será criado para proteger o meio ambiente
Niterói entra na rota do turismo do Rio de Janeiro
PARNIT e o ICMS Ecológico
Prefeitura de Niterói anuncia PARNIT: áreas de interesse ambiental serão protegidas
Uma caminhada pelo Morro da Viração e Lagoa de Piratininga


Outras postagens

PRAIA DE PIRATININGA: parceria para reconstruir a orla








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.