sexta-feira, 14 de abril de 2017

Niterói: patrulhamento em duas rodas



Baseado em Icaraí, o grupo irá atuar nos bairros da Zona Sul e do Centro. Foto: Bruno Eduardo Alves / Prefeitura de Niterói



Número de agentes que atuam na cidade em bicicletas passa de 12 para 32, em regime de escala

A Guarda Civil Municipal de Niterói ganhou, nesta quinta-feira (13), um novo grupamento: a Coordenadoria de Ciclopatrulhamento, que passa a incorporar a 2ª Inspetoria Regional da instituição, em Icaraí. Com esta ação, o número de agentes de bicicleta que atuam na cidade passa de 12 para 32, em regime de escala.

A medida, segundo o secretário municipal de Ordem Pública, Gilson Chagas, é uma iniciativa da Guarda Municipal, que apoia as ações das forças de segurança do Estado. Chagas reforça que apesar de ser uma atribuição constitucional do Governo do Estado, a Prefeitura de Niterói prioriza a segurança pública e faz questão de dar apoio ao combate à violência.

“Ao basearmos a equipe de ciclopatrulhamento em Icaraí, ganhamos em logística. Nosso principal foco de atuação no momento compreende os bairros de Icaraí, do Ingá, São Francisco e Centro, prevenindo pequenos delitos como roubo e furto nessas regiões, com base nos dados da mancha criminal fornecida pelo Instituto de Segurança Pública”, afirmou Gilson Chagas.

O local onde vai funcionar a Coordenadoria passou por reformas com o objetivo de adequar o espaço para receber os agentes e as bicicletas. Em fevereiro deste ano, aproximadamente 20 guardas civis municipais passaram por treinamento de ciclopatrulhamento, que foi ministrado por policiais do Batalhão em Áreas Turísticas (BPTur), da Polícia Militar. Durante o curso de 40 horas, os guardas puderam adquirir conhecimento em normas de segurança de circulação, princípios técnicos de abordagem e, até mesmo, manutenção de bicicletas.

“A bicicleta é um meio intermediário entre o patrulhamento a pé e em viaturas. As áreas de patrulhamento serão cobertas de forma mais ágil. Será possível cobrir uma área maior em menos tempo e, por consequência, prevenimos pequenos delitos”, diz o inspetor-geral da Guarda Civil de Niterói, Leandro da Vitória Nunes.

Fonte: O Fluminense 







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.