quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

TECNOLOGIA - Segurança reforçada no litoral do Rio


COMENTÁRIO DE AXEL GRAEL:

O uso de tecnologias de imagens e monitoramentos remotos é uma tendência mundial na área de segurança, como forma de resposta ao crescente desafio da área de segurança. Principalmente, em cidades como o Rio de Janeiro, uma das mais complexas regiões metropolitanas do Brasil e que está prestes a receber o maior evento da Terra: os Jogos Olímpicos Rio 2016.

Mas, a tecnologia só não basta. É preciso saber como melhor aplica-la e formar pessoal capacitado para operar estes recursos com um nível de eficiência que justifique o investimento.

Iniciativas como a anunciada pelo Governo do Estado (vide matéria), são importantes para produzir a experiência e gerar os protocolos que serão úteis para todos os centros de tecnologia aplicados à área de segurança.

Niterói apostou em uma iniciativa pioneira ao criar o CISP - Centro Integrado de Segurança Pública, cuja operação, mesmo recente e ainda em fase de implantação de alguns dos seus recursos tecnológicos, tem dado bons resultados, contribuindo para unir esforços das forças de segurança, inibir várias modalidades de crimes e elucidar casos.

Ainda no primeiro semestre de 2016, o CISP receberá mais um enorme esforço que é o CCO - Centro de Controle Operacional do Trânsito da cidade, que permitirá gerir a fluidez do tráfego e a circulação na cidade.

É o caminho. Usufruir com responsabilidade e inteligência dos recursos tecnológicos disponíveis para melhorar os serviços públicos e o cotidiano do cidadão, buscando a inovação e compartilhando experiências e resultados com as demais instância governamentais.

Axel Grael
Vice-Prefeito
Niterói




---------------------------------------------


Segurança reforçada no litoral do Rio

Através de imagens captadas por helicóptero, policiais militares monitoram as praias do Rio de Janeiro
Foto: Divulgação

 
Helicóptero do Grupamento Aeromóvel (GAM), conta com tecnologia para monitorar a orla carioca com eficiência

Para reforçar a segurança nas praias do Rio, a Polícia Militar utiliza na Operação Verão um helicóptero do Grupamento Aeromóvel (GAM), que conta com tecnologia de monitoramento. Chamado de Sistema Imageador Aéreo, o equipamento – composto por câmeras, transmissores e antenas – capta e transmite imagens da orla carioca, contribuindo para agilizar a resolução de possíveis ocorrências.

As imagens registradas em tempo real são transmitidas para receptores portáteis e para o Centro de Comando e Controle Móvel, localizado no Arpoador, nos finais de semana. As câmeras acopladas ao helicóptero possuem alta definição e capacidade para baixa luminosidade e infravermelho. “A ferramenta tem auxiliado inúmeras investigações e agilizado decisões na Operação Verão. A tecnologia nos ajuda a realizar abordagens com maior precisão. Por meio das imagens, nosso tempo de resposta às demandas tem se reduzido, inclusive já identificamos pessoas que participaram de furtos e roubos”, afirmou o comandante do 1º Comando de Policiamento de Área (CPA), coronel Joseli Cândido da Silva.

O helicóptero do GAM cobre de Botafogo, na Zona Sul, ao Recreio, na Zona Oeste. As imagens são realizadas de acordo com a demanda do responsável pela Operação Verão escalado para o dia. A tecnologia já atendia a ações do Comando de Operações Especiais (COE). Usada em eventos como a Copa do Mundo, a ferramenta servirá para os Jogos Olímpicos. “Contamos com um piloto, um copiloto e um operador do sistema. Voamos mil e 500 horas utilizando o equipamento”, disse o comandante do GAM, coronel Miguel Ramos Junior.

Ações foram iniciadas em setembro do ano passado – Iniciada em setembro de 2015, a Operação Verão conta com mais de 700 agentes de diversas unidades especializadas da Polícia Militar, como o Batalhão de Choque, o Batalhão de Ações com Cães, o Batalhão de Policiamento em Grandes Eventos e o Regimento de Polícia Montada.

Agentes do Batalhão de Policiamento em Grandes Eventos, capacitados para trabalhar em aglomerações e com armamento não letal e uso progressivo da força, também reforçam a ação. A Secretaria Especial de Ordem Pública e a Guarda Municipal participam da operação da PM.

Fonte: O Fluminense



-------------------------------------------------------


SOBRE TECNOLOGIA APLICADA À AREA DE SEGURANÇA, SAIBA SOBRE O CISP:

SEGURANÇA EM NITERÓI - Prefeitura de Niterói vai integrar câmeras de condomínios do Jardim Icaraí ao Cisp
Carnaval de Niterói terá 500 PMs e mais monitoramento por câmeras
Com a ajuda do serviço 153 do Cisp, agentes da Seop capturam suspeito de furto a loja no Centro
CISP LANÇA NOVO CANAL DE EMERGÊNCIA - Ligue 153
CISP - Réveillon será monitorado também por unidade móvel
NITERÓI MAIS VERDE: Prefeitura anuncia estratégia para evitar invasão de áreas verdes e áreas de risco








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.