sexta-feira, 23 de outubro de 2015

NITERÓI APRESENTA AO BID PROJETO DE VLT PARA A CIDADE


Foto divulgação/Prefeitura de Niterói
 
Prefeito da cidade se reúne com presidente do banco em busca de novos recursos para o desenvolvimento do município
 
O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, acompanhado do secretário de Fazenda do município, Cesar Barbiero, apresentou nesta quinta-feira (22.10), em Washington (EUA), ao presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento, Luis Alberto Moreno, e ao vice-presidente da entidade, Alexandre Meira da Rosa, a proposta de financiamento para a implantação do projeto do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) ligando Charitas ao Centro da cidade. No mesmo projeto, estão previstas obras de infraestrutura e urbanização do Morro do Estado e macrodrenagem do Rio Icaraí, nas proximidades do estádio Caio Martins, entre outras melhorias em diversas áreas da cidade.
 
No encontro, Neves evidenciou a saúde financeira de Niterói como fator preponderante para a concessão do financiamento, uma vez que a cidade, mesmo num cenário de crise nacional e estadual, vem realizando seus investimentos em diversas áreas, cumprindo metas fiscais e aumentando, inclusive, sua arrecadação.
 
“O encontro superou nossas expectativas, pois mostrou a confiança que uma instituição tão importante no cenário mundial deposita em Niterói, além de reconhecer o trabalho que nós desenvolvemos na cidade desde 2013. Hoje demos o primeiro passo para um novo acordo que permitirá mais investimentos capazes de transformar nossa cidade, proporcionando melhores condições de vida, infraestrutura e mobilidade para os niteroienses”, afirmou Neves.
 
Moreno mostrou-se favorável à iniciativa e determinou agilidade das equipes técnicas do BID ao pedido da prefeitura assim que ele for formalizado, o que deverá ocorrer até o fim do ano.
 
“Nós já temos um projeto em andamento em Niterói, negociado em 2013, e que está caminhando muito bem, com a cidade cumprindo suas metas dentro dos prazos estabelecidos. É importante premiar aqueles que cumprem essas metas, pois, além de reconhecer o esforço do município, sinaliza para os demais essa necessidade”, disse Moreno.
 
O vice-presidente do BID também ressaltou a situação das finanças do município como outra vantagem:
 
“Niterói tem hoje uma situação fiscal privilegiada no contexto nacional brasileiro. Atualmente há muitos municípios enfrentando dificuldades e Niterói tem grande capacidade de cumprir suas obrigações, como tem feito em relação ao primeiro financiamento”.


EXEMPLO DE VLT - Sistema de VLT em implantação na cidade do Rio de Janeiro.
 
 
O secretário de Fazenda, Cesar Barbiero, confirmou as afirmações de Alexandre Rosa:
 
“O grande mérito da atual gestão de Niterói foi que desde o início implementou um forte ajuste fiscal com vistas a reduzir o custeio e ampliar a arrecadação, o que nos permitiu gerar sucessivos superávits desde então, além de reduzir drasticamente a dívida fiscal líquida. Por esse conjunto de medidas hoje temos uma capacidade de endividamento da ordem de 100% da nossa receita corrente líquida e desde já estamos promovendo um plano de incremento de arrecadação para os próximos 20 anos que garantirá a solidez fiscal quando começarmos a amortizar os financiamentos até agora agora contraídos. ”
 
O projeto do VLT é a segunda etapa do Programa de Desenvolvimento Urbano e Inclusão Social de Niterói (PRODUIS) e prevê uma linha de 11 quilômetros ligando a estação de Charitas ao Centro e conectado ao BHLS da TransOceânica, tornando a cidade a primeira no país a ter este tipo de integração. O PRODUIS II prevê investimentos da ordem de aproximadamente R$ 540 milhões não apenas no VLT, mas também em infraestrutura urbana e social.
 
Após a formalização da carta-consulta, que será encaminhada até o fim do ano para o banco e para a Secretaria de Assuntos Internacionais do Ministério do Planejamento, a prefeitura deverá vencer várias etapas nos próximos 18 meses para obtenção do financiamento, conforme ocorreu no programa PRODUIS 1 e na TransOceânica.
 
A fase I do projeto já vem sendo executada e beneficiando regiões como Caramujo, Fonseca, alem da implantação do cadastro multifinalitário e levantamento aerofotográfico da cidade, além da ampliação das ações do Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) e a implantação do Centro de Controle e Operação da Nittrans. Na próxima semana será publicado edital de contratação das obras para implantação do CCO e para as obras de infraestrutura da comunidade São José, atingida pela tragédia das chuvas de 2010.

Fonte: Prefeitura de Niterói



 ------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

VLT Charitas-Centro: Prefeitura de Niterói avança na agenda da mobilidade sustentável

TransOceânica

TRANSOCEÂNICA - Prefeitura realiza primeiro teste no corredor do BHLS
TRANSOCEÂNICA - Vistoria às obras do novo sistema viário da Estrada Francisco da Cruz Nunes, no Trecho 8
TRANSOCEÂNICA - Acompanhei o prefeito Rodrigo Neves em visita às obras do Túnel Charitas-Cafubá
TRANSOCEÂNICA: Previsão de começo da escavação do túnel do lado de Charitas ainda este mês
TRANSOCEÂNICA - Nova frente de trabalho no túnel vai acelerar a obra
TransOceânica: começa a perfuração do túnel Charitas-Cafubá
TRANSOCEÂNICA - Começam as obras do túnel Charitas-Cafubá em Niterói
TRANSOCEÂNICA - COMEÇA A ESCAVAÇÃO DO TÚNEL CHARITAS-CAFUBÁ

PRODUIS - Programa de Desenvolvimento Urbano e Inclusão Social de Niterói (com financiamento do BID e em andamento em Niterói)

PACOTE DE OBRAS PARA A ZONA NORTE DE NITERÓI - PRODUIS
Prefeitura assina primeiro contrato de obra contemplada pelo financiamento do BID
Programa de Desenvolvimento Urbano e Inclusão Social de Niterói (PRODUIS): conheça o escopo do projeto financiado pelo BID

Niterói de Bicicleta

NITERÓI DE BICICLETA - SEMANA DA MOBILIDADE - Pedalando por qualidade de vida
NITERÓI DE BICICLETA - Ação ‘Vaga Viva’ transforma o visual de várias ruas de Niterói
NITERÓI DE BICICLETA - Entra em operação ciclofaixa da Marquês do Paraná
Programa Niterói da Bicicleta realiza ação educativa na Avenida Amaral Peixoto
Programa Niterói de Bicicleta promoveu palestra de Ronaldo Tonobohn, superintendente da CET-SP e responsável pela implantação das ciclovias em São Paulo
Programa "Niterói de Bicicleta" implantará ligação cicloviária entre a Av. Amaral Peixoto, Roberto Silveira e Rua São Lourenço
BICICLETAS: MERCADO ESTÁ AQUECIDO COM IMPLANTAÇÃO DE CICLOFAIXAS
NITERÓI DE BICICLETA - Campus da UFF recebe bicicletários no programa de parceria entre a prefeitura e a universidade
Prefeito Rodrigo Neves reúne-se com cicloativistas para avaliar o Programa Niterói de Bicicleta
Visita aos bicicletários da Supervia

Outras postagens

Prefeitura inicia na próxima segunda-feira audiências públicas para discutir a revisão do Plano Diretor da cidade
NITERÓI CIDADE INTELIGENTE - TECNOLOGIA - Frota de ônibus de Niterói já ‘cabe’ no celular
SEMINÁRIO "CAMINHOS DA MOBILIDADE URBANA" - Para desatar os nós do trânsito
Prefeitura inicia na próxima segunda-feira audiências públicas para discutir a revisão do Plano Diretor da cidade
A NITERÓI QUE QUEREMOS: Prefeitura lança plano estratégico para os próximos 20 anos
Plano estratégico da Prefeitura de Niterói recebe o reconhecimento do Programa Cidades Sustentáveis
MODERNIZAÇÃO DA GESTÃO - Niterói é única cidade do Rio finalista em prêmio de gestão pública
NITERÓI NO PRIMEIRO LUGAR DO RANKING DA TRANSPARÊNCIA DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL
CUSTOS DO ENGARRAFAMENTO: Brasil perde R$ 156,2 bilhões do PIB com a morosidade do trânsito em São Paulo






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.