quarta-feira, 14 de outubro de 2015

CRISE HÍDRICA - CÂMARA MUNICIPAL DE NITERÓI REALIZA AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE O TEMA




A Câmara Municipal de Niterói realiza amanhã, dia 15 de outubro, a I AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE CRISE HÍDRICA NO ÂMBITO DO MUNICÍPIO DE NITERÓI, numa iniciativa do vereador Daniel Marques (PV).

Especialistas e órgãos responsáveis estarão presentes para analisar as condições ambientais e capacidade hídrica do Rio Macacu, discutir o diagnóstico realizado pelo vereador Daniel Marques e pelo ambientalista Paulo Bidegain, propor soluções para a qualidade do rio e seus afluentes, bem como todas as demais medidas necessárias para a recuperação das margens, contenção da poluição, entre outras.

O assunto é da maior importância para Niterói, um município que não possui manancial próprio e conta para o seu suprimento com um complexo e frágil sistema de abastecimento, que busca água no Rio Macacu, vários municípios adiante.

Niterói possui um bom sistema de distribuição de água, mas no contexto da atual Crise Hídrica, tem a obrigação de olhar para o futuro e considerar que o seu suprimento, compartilhado com vários outros municípios, é um fator fundamental para o desenvolvimento da cidade e para a qualidade de vida de sua população.

Axel Grael


-------------------------------------------

LEIA TAMBÉM:

SANEAMENTO - POLUIÇÃO CONDENA A MORTE 70 DOS 77 RIOS E CANAIS DO RIO
REGIÃO METROPOLITANA DO RIO: Niterói e Baixada contrastam em mapa da desigualdade no Rio
Próximo das Olimpíadas, início da degradação da Baía de Guanabara é revisto
DESAFIOS DA BAÍA DE GUANABARA PARA A RIO 2016
Projeto Grael divulga relatório para contribuir para a solução do lixo flutuante na Baía de Guanabara
PROTEÇÃO ÀS ÁREAS VERDES E SÍTIOS HISTÓRICOS DE NITERÓI - Parque das Águas, em Niterói, será reaberto no ano que vem com restaurante e shows de música
COMO POUPAR ÁGUA NO JARDIM - Gramado alto é mais úmido e saudável
Vice-prefeito Axel Grael visita o Parque das Águas
BRASIL ESTÁ MAIS INFLAMÁVEL







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.