segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Professores da rede estadual em Niterói participam de intercâmbios



Professores da rede estadual de ensino têm participado de intercâmbios internacionais para vivenciar a troca de experiências e conhecimentos. França, Estados Unidos, Espanha e Japão são alguns dos países que receberam os docentes fluminenses. Seis professores já participaram da experiência internacional e outros dois serão contemplados.
Fotógrafo: Salvador Scofano


Thaise Constancio

França, Estados Unidos e Japão são alguns dos destinos dos docentes

Professores da rede estadual de ensino têm participado de intercâmbios para vivenciar a troca de experiências e conhecimentos. França, Estados Unidos e Japão são alguns dos países que receberam os docentes fluminenses. No total, seis profissionais já participaram da experiência internacional.
Do Ciep 449 – Governador Leonel de Moura Brizola, em Niterói, duas professoras lecionaram na França por meio de parceria com a Académie de Créteil e apoio da Embaixada da França. O colégio de Ensino Médio Intercultural Brasil-França também recebe professores franceses.

Em setembro de 2014, Sany Monteiro, de 33 anos, passou o ano letivo na França e voltou em julho deste ano. Hoje, parte das práticas e experiências europeias são aplicadas na escola fluminense.

- Como professora de língua estrangeira, morar fora é importante para minha qualificação. Desenvolvi projetos interdisciplinares como os daqui e muito do que aprendi na França uso em sala e na gestão escolar - disse Sany.

Para a professora Jaqueline Oliveira, de 34 anos, os três meses que passou na Académie de Créteil a ajudaram a entender o sistema educacional francês do ponto de vista prático e sociológico.

- É interessante conhecer o sistema educacional e a cultura de outro país. É importante para o profissional, o indivíduo e os alunos - explicou Jaqueline.

Rosana Soares, de 51 anos, se prepara para ser a terceira docente do Ciep 449 a embarcar para a França, onde dará aulas de Português.

- Meu objetivo é aperfeiçoar o Francês. Estarei mergulhada no idioma, em uma escola diferente, com projetos pedagógicos distintos dos nossos e poderei aplicar na minha escola - afirmou a professora.

Cultura

Aos 27 anos, a professora de Geografia Ana Luísa da Costa vai morar um ano e meio no Japão para participar do Treinamento de Professores da Universidade de Tsukuba, oferecido pelo Governo do Japão.

- Ainda que estude um assunto diferente daquele que abordado em sala de aula, terei uma carga cultural importante para compartilhar com os alunos - contou a docente, que leciona nas escolas Cecília Meireles e Cândido Portinari, em Petrópolis, na Região Serrana.

Já Ana Maria Alves, de 45 anos, terá a segunda experiência nos Estados Unidos. Há dois anos, ela participou do Programa de Desenvolvimento Profissional para Professores de Língua Inglesa. Entre janeiro e maio de 2016, a professora do Ciep 117 Carlos Drummond de Andrade Intercultural Brasil-Estados Unidos, em Nova Iguaçu, participará do Programa Internacional de Líderes em Educação.

- Os intercâmbios são gratificantes pela troca de técnicas e metodologias de ensino da Língua Inglesa e a vivência em outro país. Será uma importante experiência - explicou Ana Maria.

Fonte: Governo do RJ










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.