quinta-feira, 15 de outubro de 2015

ESPORTE EM NITERÓI - Jovens do JEN aprendem os segredos do handebol de areia




Alunos puderam interagir e assistir ao treino do time nacional de handbeach
Divulgação / Bia Paes Leme


Alunos que disputam os Jogos participam de workshop com a Seleção Brasileira

Incentivar a prática esportiva e a inclusão social através de um esporte que vem ganhando cada vez mais adeptos no Brasil. Este foi o objetivo do workshop realizado na tarde desta quarta-feira (14) à tarde, na Praia de São Francisco, em que alunos participantes dos Jogos Escolares de Niterói (JEN) 2015 tiveram contato e assistiram a um treino da Seleção Brasileira masculina de handbeach, que se prepara na Cidade Sorriso para quatro amistosos diante do Catar na Ásia.

O evento contou com a presença de aproximadamente 50 alunos representando quatro colégios: Henrique Lage, CEN, Miraflores e GayLussac.

O niteroiense e atleta da Seleção Brasileira, Pedro Luiz Salvador Wirtzbiki, conhecido como “Budega”, destacou a importância da prática esportiva para as crianças e jovens da cidade.

“Muito importante para elas praticarem esportes por uma questão de saúde e, também, porque quando uma pessoa tem o hábito de se exercitar desde cedo é provável que ela leve este hábito para o resto da vida, podendo tornar a prática esportiva em uma profissão”, afirmou Pedro, que pratica handbeach desde 2004.

O atleta que atua como goleiro, ressaltou ainda que eventos como esse ajudam a divulgar o handbeach.

“A apresentação da modalidade para as crianças é muito importante, já que elas são o futuro do esporte e quanto mais pessoas começarem a praticá-lo, maior o reconhecimento, o que ajudará na captação maior de recursos e na criação de eventos da modalidade”, disse ele, avaliando ainda o período de treinos do time brasileiro em Niterói.

“Estão sendo um pouco diferentes do que costumam ser por termos partes dos atletas não concentrados, ficando na casa de amigos. Mas fora este detalhe, a estrutura em Niterói está muito boa”, explicou.

A professora Silvia Branco, do CEN, avaliou de maneira positiva o workshop e ressaltou que, no mesmo dia, os resultados já foram sentidos entre os alunos da instituição.

“É uma iniciativa importante para os alunos terem uma referência e um espelho. Na seleção tem seis ex-alunos do CEN e isso ajuda a aproximar o esporte da realidade deles, o que a torna mais atraente. O resultado foi excelente e eles adoraram. Hoje uma escola veio aqui fazer um amistoso e a atenção dos alunos mudou. Eles deram importância maior aos treinos e ao que é passado pelos treinadores”, revelou a professora Silvia Branco.

Fonte: O Fluminense







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.