sábado, 20 de abril de 2013

Axel Grael apresenta projetos da prefeitura a ambientalistas de Niterói




O prefeito em exercício de Niterói, Axel Grael, se reuniu, na noite da sexta-feira (19.4), no Solar do Jambeiro, com ambientalistas da cidade. No encontro, ele apresentou projetos da prefeitura nas áreas de infraestrutura, mobilidade e saneamento ambiental, e também ouviu sugestões da plateia. Também participaram o subsecretário municipal de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade, Eurico Toledo, e representantes do Instituto Estadual do Ambiente (Inea).

Axel afirmou que os encontros com representantes dos diversos setores da sociedade são importantes. "A reunião foi válida para apresentarmos uma série de ações que já estamos executando e outras que estamos preparando para executar, além de receber sugestões e agregá-las às nossas prioridades. Este será um canal de comunicação que se tornará permanente", disse.

O prefeito em exercício iniciou o encontro destacando que na área de mobilidade, a ênfase dos projetos do governo é o transporte coletivo. Para exemplificar, ele apresentou o projeto da TransOceânica, denominado de anel de alta performance, que inclui o túnel Charitas-Cafubá. A via expressa vai ligar o Engenho do Mato a Charitas, com pistas para BRTs, automóveis e ciclovia e contará com recursos da ordem de R$ 292 milhões do PAC da Mobilidade.

Grael também apresentou detalhes do programa Niterói de Bicicleta, que está sendo elaborado por um grupo de trabalho instituído por decreto do prefeito Rodrigo Neves. O projeto prevê a implantação de malhas cicloviárias em quatro regiões da cidade: praias da Baía de Guanabara, Zona Norte, Pendotiba e Região Oceânica.

Segundo Grael, essas malhas serão conectadas, mas cada uma será implantada se adequando às características de cada local. “Estamos certos de uma coisa: vamos investir em ciclovias, não em ciclofaixas”, afirmou.

O prefeito em exercício também falou sobre projetos de controle de velocidade em ruas internas dos bairros; do projeto da ciclovia do Circuito Universitário, no Centro; e também de outros projetos prioritários de mobilidade, como os que serão implantados com recursos do Bando Interamericano de Desenvolvimento (BID).

“O projeto do BID prevê ações complementares de mobilidade, como a implantação de 10 Centros de Controle de Áreas (CTAs), para monitoramento de trânsito na cidade. Essas dez áreas estarão integradas em uma central na Região Oceânica, onde também vai funcionar o centro de controle de segurança”, explicou Axel.

Cidade terá Sistema Municipal de Defesa Civil

Ações para a implantação do Sistema Municipal de Defesa Civil também foram apresentadas por Grael. Segundo o prefeito em exercício, a administração está agregando mais tecnologia com ênfase na prevenção. “Estamos agregando tecnologia à Defesa Civil para sair da lógica reativa e passar para a visão da prevenção. Essa é a prioridade do Sistema Municipal de Defesa Civil”, ressaltou.

Grael explicou, ainda, as ações para inserir Niterói aos Jogos Olímpicos de 2016, entre elas a implantação de um centro de treinamento para os atletas da vela. Ele informou que mais de 20 delegações, especialmente da vela, do badminton e do rugby, devem fazer programa de ambientação e treinamento no município antes dos Jogos.

Por último, o prefeito em exercício falou sobre o projeto de despoluição da Enseada de Jurujuba, e sobre ações relacionadas ao saneamento em comunidades e resíduos sólidos.

Fonte: Prefeitura Municipal de Niterói

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael. Obrigado.