segunda-feira, 24 de julho de 2017

Começa em Niterói o Campeonato Mundial de Shuffleboard




Niteroienses integrantes da seleção brasileira de Shuffleboard visitaram os secretários Executivo da Prefeitura de Niterói, Axel Grael, e do Idoso, Beto Saad, para agradecer o apoio da Prefeitura pela realização do mundial que acontece na cidade dos dias 24 a 28 deste mês, Centro Cultural e Esportivo La Salle. Delegações de nove países já chegaram à cidade.
Coluna Informe, de Cláudia Cataldi, O Fluminense, 22 de julho de 2017.



Um esporte tipicamente inglês, o Shuffleboard, coloca mais uma vez Niterói no cenário esportivo internacional. Até o próximo dia 28, cerca de 100 participantes, incluindo desportistas de nove países estarão participando do campeonato mundial da modalidade, no ginásio poliesportivo do Centro Cultural e Esportivo La Salle, em Icaraí. O Shuffleboard é esporte democrático e inclusivo, que permite que crianças, jovens, homens, mulheres, idosos e pessoas com deficiência possam competir na mesma categoria, em condições de igualdade.

O objetivo do jogo é marcar mais pontos que o seu adversário, lançando seus discos (com o auxílio de um taco) para dentro da zona de pontuação triangular na extremidade oposta da quadra. É possível também retirar pontos do seu adversário (com o próprio disco).

O campeonato é realizado pela Associação Brasileira de Shuffleboard & International Shuffleboard Association com o apoio das Secretaria de Esporte e Lazer, e do Idoso, da Prefeitura de Niterói.

Essa é a segunda vez que o Brasil sedia uma competição desse nível, tendo sido a primeira em 2005, também em Niterói, cidade que concentra a maior parte dos jogadores da seleção brasileira. Dos 12 jogadores brasileiros esse ano, oito são da escola niteroiense. A expectativa da ABS é a melhor possível.

"O maior objetivo da ABS é a disseminação desse esporte pelo Brasil. Com o Campeonato Mundial acontecendo na nossa casa, em Niterói, que é a capital brasileira do shuffleboard, acreditamos que trará uma grande visibilidade ao esporte, que é fantástico, mas ainda pouco conhecido do grande público", afirmou Bernar Borges, que é jogador desde os 14 anos e atualmente, aos 27, preside a instituição.

Os jogos ocorrerão diariamente até à sexta-feira, das 8h30 às 17h, no mesmo local.

Para assistir a tudo de pertinho das arquibancadas, basta levar 1kg de alimento não perecível, que serão doados a instituições de trabalho social da cidade.

“É um esporte totalmente inclusivo. Achamos muito importante o Mundial estar sendo realizado mais uma vez em Niterói, que é uma cidade com muitos idosos e com muitas políticas voltadas para os idosos. Após o campeonato, vamos conversar com o pessoal da Associação, para estimularmos e ampliarmos a prática esportiva na cidade, voltada como mais um projeto para a terceira idade”, explicou Beto Saad, secretário municipal do Idoso.

Mais informações sobre o evento, o esporte e sua história podem ser encontradas no site da Associação: www.shuffleboardbrasil.com.br

Fonte: Prefeitura de Niterói











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.