sábado, 8 de julho de 2017

SEGURANÇA: Prefeitura debate com a sociedade civil e anuncia novas medidas



O prefeito Rodrigo Neves se reuniu com representantes da sociedade. Foto: Alexandre Vieira / Prefeitura de Niterói


Dentre as deliberações, está a aquisição de dez viaturas para a Guarda Municipal, ampliando o patrulhamento escolar

Com o propósito de aumentar a segurança na cidade de Niterói, o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, recebeu nesta sexta-feira (7) representantes da sociedade civil organizada, de entidades de classe, do Legislativo municipal, estadual e federal para apresentar as medidas implantadas na área da segurança pública da cidade pela prefeitura e também para ouvir sugestões de novas ações.

Após o encontro de mais de duas horas, quatro novas medidas foram anunciadas: realização da consulta pública sobre armamento da Guarda Municipal, a ser realizada na segunda quinzena de outubro em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil e o Conselho Comunitário de Segurança da cidade; ampliação do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) para as escolas estaduais de Niterói onde há maior frequência de problemas relacionados à questão; aquisição de dez novas patrulhas para a Guarda Municipal para ampliação do programa Patrulha Escolar; e incremento do Programa de Saúde Mental de atendimento a dependentes de álcool e drogas.

“Essas sugestões vão se somar às seis medidas da área de segurança já implementadas pela prefeitura, como o convênio para utilização de tropas especiais da Polícia Militar, intensificação do Programa Estadual de Integração da Segurança (Proeis), o Niterói Mais Segura, inspirado no Centro Presente do Rio, entre outras iniciativas. Elas fazem parte de um processo de escuta da sociedade pela administração municipal”, informou o prefeito.

Presente à reunião, o presidente da Associação Conselho Empresarial e Cidadania de Niterói, Joaquim Andrade, afirmou que a reunião mostrou que a participação de todos os segmentos da sociedade é fundamental na busca de soluções:

“Pudemos ouvir os planos implantados pela prefeitura e apresentar propostas para ajudar a situação que vivemos em todas as cidades e no país. Aqui a prefeitura está apresentando ações concretas para melhorar a situação, embora não seja atribuição dela a questão da segurança”.

Manoel Amâncio, presidente da Federação das Associações de Moradores de Niterói (Famnit), lembrou da preocupação com as áreas mais carentes.

“O tema mexe com toda a sociedade e os projetos que o prefeito apresentou vão nos dar mais sensação de segurança e sem esquecer dos projetos nas comunidades para cuidar dos nossos jovens com profissionalização e permanência nas escolas em horário integral.”, diz.

Já o vereador Renato Carielo, presidente da comissão de Segurança da Câmara de Niterói, lembrou que a atribuição constitucional da segurança cabe ao Estado, mas reforçou que a prefeitura vem atuando de forma importante para auxiliar as polícias:

“Sabemos que segurança é atribuição do Estado, e vemos todo o esforço do prefeito em contratar policiais militares para atuar na cidade. O que aumenta a segurança e afasta o bandido das ruas é a presença da polícia”, afirma.

Fonte: O Fluminense



----------------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

Prefeitura de Niterói disponibiliza R$ 3,5 milhões para intensificar ações da Polícia Militar na cidade
SEGURANÇA: Niterói ganha projeto de policiamento
Prefeitura de Niterói anuncia novas medidas para contribuir com o Governo do Estado em ações de segurança pública na cidade
Niterói escolhida para receber projeto social em comunidades
CISP: mais de 10 mil ligações
Niterói: patrulhamento em duas rodas
SEGURANÇA EM NITERÓI: Cooperação da prefeitura com forças policiais será ampliada.









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.