sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

PRÊMIO CREA-RJ DE MEIO AMBIENTE 2015 - Torben Grael me representou em homenagem



Por motivo de viagem, lamentavelmente não pude comparecer ao evento de entrega do PRÊMIO CREA-RJ DE MEIO AMBIENTE 2015. Fui muito bem representado pelo meu irmão, o velejador Torben Grael, e por Mariane Thamsten, chefe de gabinete da Vice-Prefeitura de Niterói.


Quando fui comunicado pelo CREA-RJ a escolha para receber o Prêmio, em agradecimento ao CREA e a todos que me ajudaram a merecer a premiação, publiquei o seguinte texto:



ORGULHO E GRATIDÃO: Fui escolhido para o PRÊMIO CREA-RJ DE MEIO AMBIENTE

Foi com muito orgulho e felicidade que recebi a confirmação que o CREA-RJ me concederá o PRÊMIO CREA-RJ DE MEIO AMBIENTE.

Recebo este Prêmio como um reconhecimento ao esforço de uma vida dedicada à causa ambiental e social. Mas, considero que a premiação seja ainda mais relevante por ser de iniciativa da minha própria categoria profissional, onde tantos outros colegas certamente também mereceriam ser agraciados.

Agradeço a iniciativa do CREA de estabelecer uma premiação para ações e esforços na área ambiental, uma vez que alcançar não é fácil dar reconhecimento na área ambiental, por sua natureza complexa e conflitiva.

Os militantes ambientalistas sabem o quanto é preciso perseverar, pois, nesta causa, quase sempre os avanços são parciais e as derrotas definitivas. Ou seja, as vitórias representam passos a frente em uma longa caminhada, mas quando somos derrotados, perdemos a floresta, o rio, a paisagem... Mas, o que faz os ambientalistas persistem na luta é a grandeza do sonho, a convicção e a capacidade de enxergar além do horizonte.

Ao longo da minha trajetória, sempre atuei coletivamente: ora em organizações da sociedade civil, ora na administração pública e ora na iniciativa privada. Portanto, por justiça, compartilho o reconhecimento do Prêmio com todos os colegas de militância e profissão que estiveram conosco ao longo desta caminhada.

São eles que ajudaram a construir os sonhos e a conquistar os resultados que porventura eu tenha alcançado.

Axel Grael


Publicado no Blog do Axel Grael



----------------------------------------------------------------

Prêmio Crea-RJ de Meio Ambiente homenageia entidades e profissionais

Personalidades e instituições que se destacaram na luta pela preservação do planeta receberam ontem (3) o Prêmio Crea-RJ de Meio Ambiente. A iniciativa premia, anualmente, ações nas áreas de Engenharia, Agronomia, Geologia, Geografia e Meteorologia.

Participaram do evento o 1º vice-presidente em exercício da presidência Rogério Salomão Musse, o coordenador-adjunto da Câmara de Meio Ambiente do Crea-RJ (CMA) José Chacon de Assis e os membros da câmara Uiara Martins de Carvalho e Rivamar da Costa Muniz.





Os profissionais citaram as mudanças climáticas e ambientais sofridas pelo mundo e parabenizaram as ações dos homenageados. José Chacon de Assis falou sobre o histórico do prêmio, que existe desde 1998. “Para o prêmio sobreviver durante todo esse tempo é porque tem um sentido profissional e social muito forte. Sintam-se entidades e pessoas de grande importância dentro da questão ambiental”, disse.

Conheça os cinco agraciados deste ano:

Engenheiro Florestal Axel Schmidt Grael, por sua trajetória de militância no movimento ambientalista brasileiro, liderando iniciativas pioneiras como a campanha que resultou na criação do Parque Estadual da Serra da Tiririca e o Projeto Grael, que já beneficiou mais de 14000 jovens da rede pública de ensino.

Ambientalista Donato José Velloso, pela militância na defesa da sub-bacia hidrográfica de Jacarepaguá e desenvolvimento de projetos como Conhecer para Conservar, Limpe a sua Barra, Zeróleo, Zeropilha e Movimento Evolutivo Pacto de Resgate Ambiental.

Geógrafo Mauro Sérgio Fernandes Argento, por sua destacada contribuição na área ambiental, como a coordenação do banco de dados do Projeto de Gerenciamento Costeiro junto à Comissão Interministerial para Recursos do Mar e numerosos estudos de impactos ambientais em áreas costeiras.

ACOTEM – Associação da Comunidade Tradicional do Engenho do Mato, pelo projeto Quilombo Solar, que capacita grupo de jovens de comunidade tradicional em educação ambiental, cidadania, oficina de objetos solares, empregos verdes, energia solar fotovoltaica e instalação de placas solares em residência, irradiando experiência exemplar para a comunidade e município.

Centro Interescolar de Agropecuária José Francisco Lippi, pelo projeto Lavoisier Sustentabilidade, que visa a formação consciente dos alunos em relação à preservação ambiental, experiências que atingem também a comunidade do entorno, tais como compostagem, horta orgânica, reciclagem de óleo através da produção de sabão e produção de vídeos ambientais.

Fonte: CREA-RJ 


 ----------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

ORGULHO E GRATIDÃO: Fui escolhido para o PRÊMIO CREA-RJ DE MEIO AMBIENTE






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.