quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Obras de contenção de encosta em Icaraí e reforço do canal de Camboatá em pleno andamento





Obras em encosta de rocha na Rua Eng. Guilherme Greenhalgh. Para implantar tirantes e outros equipamentos para a estabilização da parede de rocha, operários são obrigados a utilizar técnicas de rapel. Fotos de Leonardo Simplício.


17/12/2015 - O vice-prefeito de Niterói, Axel Grael, visitou na tarde desta quarta-feira (16/12) duas importantes obras em Niterói: a contenção de encosta da Rua Engenheiro Guilherme Greenhalgh, em Icaraí, e a obra de reforço estrutural da laje superior do canal do Camboatá, que liga as lagoas de Piratininga e Camboinhas.

A primeira, iniciada há cerca de seis meses, já está com 80% concluída. Já foram instalados aproximadamente 200 tirantes (peça estrutural composta por um ou mais elementos, que tem por função resistir a esforços, forças ou tensões de tração), para evitar novos deslizamentos de pedras. A previsão é que a partir da próxima semana já comecem a ser instaladas telas de estabilização da rocha e a partir de então a Defesa Civil comece a realizar vistorias semanais para avaliar a possibilidade de liberar as lojas que precisaram ser interditadas no shopping à frente. 

“É um trabalho minucioso, complexo, os funcionários fazem rapel para poderem instalar os tirantes, portanto também dependemos das condições climáticas. A partir de janeiro poderemos avaliar quando iremos concluir e liberar todas as lojas”, explicou o secretário de Obras, Vicente Temperini.


Obras de reestruturação de ponte sobre o Canal do Camboatá. Operários trabalham dentro do leito canal e sob a ponte. Foto Leonardo Simplício.

Com engenheiros e dirigentes da Prefeitura, avaliando os resultados e andamento das obras. Foto Leonardo Simplício.

Inspecionando o Canal de Camboatá, que liga as Lagoas de Piratininga e Itaipu. Foto Leonardo Simplício.


Colhereiro ainda frequenta o Canal de Camboatá e ecossistemas da Lagoa de Piratininga. Com o Programa Região Oceânica Sustentável (PRO-Sustentável), os ecossistemas serão revitalizados e a fauna terá condições melhores de sobrevivência. Foto Leonardo Simplício.
 

Já a obra de reforço da laje do Canal do Camboatá o andamento da obra está mais adiantado e a expectativa é de conclusão na primeira semana de janeiro. Iniciada há três meses, o concreto da camada superior estava parcialmente destruída e as ferragens expostas pela ação do tempo e da corrosão. Foi necessária a demolição das camadas superiores do concreto danificado e do reforço e recuperação das armaduras. Também foi realizado tratamento para impedir a corrosão das armaduras e das lajes não danificadas. Ao final foi feita aplicação de argamassa tixotrópica (de alta resistência e durabilidade) e fixação de anodo de zinco (técnica para tratamento e prevenção de corrosões localizadas).


Vistoriando as obras do Projeto Bairro Melhor (Rua 62), da Prefeitura de Niterói, para a pavimentação e drenagem das ruas da Região Oceânica. Foto Leonardo Simplício.


“São duas obras complexas, as duas requerem profissionais especializados para resolverem problemas históricos que se arrastavam. Obras que há muito tempo foram negligenciadas colocando em risco a população. Desde o inicio acompanhei e tranquilizei a população que elas seriam feitas. Ambas as obras pouco aparecem, mas eram de extrema urgência e logo foram priorizadas pelo prefeito Rodrigo Neves e agora estão em fase final de conclusão”, concluiu o vice-prefeito Axel Grael.

Fonte: Prefeitura de Niterói






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.