segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Niterói ganha primeiro prédio com selo A em eficiência energética do país


Econômico. O prédio em Icaraí que conquistou selo no aquecimento de água - Agência O Globo / Guilherme Leporace


Por Gabriel Rosa

Aquecimento de água recebe nota em programa do Inmetro e da Eletrobrás

NITERÓI — Está em construção em Niterói o primeiro prédio do país com sistema de aquecimento de água com Etiqueta A do país. O edifício, que será inaugurado em novembro do ano que vem, terá fornecimento de gás LP — gás de cozinha — e tubulação mais resistente, dotada de uma espécie de esponja que mantém melhor o calor. A obra também terá um projeto de reúso de água de chuveiros — o que antes era descartado, será usado na irrigação dos jardins e na descarga.

A classificação é baseada no Programa Brasileiro de Etiquetagem de Edificações (PBE Edifica) e foi criada em 2012. A pesquisa que definiu os parâmetros do índice foi coordenada pelo Inmetro e pela Eletrobras.

— Há uma central de armazenamento de gás instalada no prédio que distribui para todas as unidade habitacionais do condomínio. Um tanque estacionário transmite sinais para a fornecedora, que sabe quando tem que reabastecer o conteúdo. Isso tudo sem a necessidade de intervenção humana — conta Sergio Bandeira de Mello, presidente do Sindicato Nacional das Empresas Distribuidores de Gás Liquefeito (Sindigás).

A construção foi inteiramente planejada para economizar o máximo possível. Foi realizado um estudo para a inclinação da obra em relação ao terreno para aproveitar a maior quantidade de luz do sol. Além disso, as pastilhas utilizadas — brancas e azuis — foram escolhidas por refletirem mais a luz. Com isso, a temperatura interna fica mais amena. Marcelo Barrozo, gerente da construtora Fernandes Maciel (responsável pela obra), acredita que o nível de consumo energético deve se tornar em breve um diferencial na hora de adquirir um imóvel:

— Assim como acontece com os eletrodomésticos, o nível de eficiência energética dos empreendimentos também será levado em conta pelos consumidores. O preço não será o único atrativo para fechar a compra.


Fonte: O Globo Niterói

------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

SAIBA MAIS SOBRE TÉCNICAS DE CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL

Leia texto de minha autoria que aborda o tema da construção sustentável:
Lançamento do Anuário do CADN - Clube de Arquitetura e Design de Niterói - 2014

Construção sustentável em Niterói
Região Oceânica de Niterói vai ganhar mais duas escolas, com acessibilidade e soluções sustentáveis
SUSTENTABILIDADE - Niterói terá primeiro projeto de "Casa do Futuro" totalmente sustentável
SUSTENTABILIDADE - Casa do Futuro perto de virar realidade em Niterói
SUSTENTABILIDADE - NITERÓI TERÁ UM PROTÓTIPO DA "CASA DO FUTURO"
CASA SUSTENTÁVEL: Prefeitura e Ampla apresentam projeto NO.V.A. - Nós Vivemos o Amanhã
Concha Acústica de Niterói ganhará pista de corrida e campo de grama sintética

Gestão sustentável da água
CRISE DA ÁGUA - RJTV dá destaque à experiência de Niterói com políticas para a economia de água
Jornal Nacional apresenta a experiência de Niterói na reutilização da água como um exemplo para o país

Energia solar domiciliar
Maior estacionamento gerador de energia solar do país é construído em Niterói

TetoVerde:
Teto verde, um projeto que pode ser aplicado em imóveis em construção ou prontos
Terraço Verde: sua casa mais verde, mais agradável e com menos custos
TERRAÇOS VERDES: Opção sustentável para os imóveis
TERRAÇO VERDE: Projetos que usam plantas para recobrir telhados ganham, aos poucos, espaço nas lajes

Outras postagens sobre telhados verdes:
Cidades verdes: a importância de telhados e terraços verdes
Estudo técnico aborda a sustentabilidade na construção civil
Copenhague é segunda cidade no mundo a tornar obrigatórios os telhados verdes
Poluição do ar causa aumento de chuvas
Chaminé solar
Primeira escola verde é inaugurada no Rio de Janeiro
Primeira escola sustentável do Brasil consome até 80% menos energia
Construção sustentável: revisitando o conto dos três porquinhos
Brasil é o 5 país do ranking de construção sustentável
Transição para uma economia verde pode criar até 60 milhões de empregos
Copenhague adota lei que obriga a implantação de telhados verdes
COPENHAGUE: um exemplo de sustentabilidade
O efeito das ilhas de calor urbano
Hamburgo inaugura prédio abastecido com energia gerada por algas
Los huertos urbanos serán clave en las ciudades del futuro

Ilhas de calor:
Ilhas de Calor na capital paulista causam aumento de temporais
Contra ilhas de calor, Stuttgart tem 60% de áreas verdes
Calor, frescor e os ventos

Outras postagens sobre Construção Sustentável
BV-Rio vai criar uma bolsa de mercado de madeira legal rastreada
Alunos do Colégio Intellectus apresentam o resultado de suas pesquisas sobre o meio ambiente de Niterói
Atlas Solar do Rio de Janeiro entra em fase final de elaboração
Estudo técnico aborda a sustentabilidade na construção civil





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.