quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

CISP LANÇA NOVO CANAL DE EMERGÊNCIA - Ligue 153


Pela central telefônica é possível ainda fazer denúncias de roubos e atentados à vida. Serviço está ativo há pouco mais de um mês e já é sucesso Foto: Márcio Mercante / Agência O Dia


Ligue 153 para acidentes, bloqueio de vias, alagamentos, queimadas e resgate de animais

Marina Rocha

Niterói - Agora os niteroienses têm uma central de emergência para chamar de sua. O Centro Integrado de Segurança Pública, o Cisp, agora trabalha com o 153, que atende casos de acidentes de trânsito, bloqueio de vias, alagamentos, queimadas, resgate de animais, além de denúncias de roubos e atentados à vida. O número está ativo há pouco mais de um mês, nesta fase de testes recebia cerca de 15 ligações por dia.

O 153 atende casos de acidentes de trânsito, bloqueio de vias, alagamentos, queimadas, resgate de animais, além de denúncias de roubos e atentados à vida.


Funciona assim: a pessoa liga, faz a reclamação, os guardas de plantão olham nas câmeras a região e mandam uma equipe. E como o Cisp também tem um policial militar de plantão, há situações em que viaturas da PM são acionadas, ou a NitTrans é avisada.

“O 153 é mais um reforço para a cidade. A gente tem recebido ligações até de pessoas que não conseguem falar no 193 (Corpo de Bombeiros), que está sobrecarregado. E nós temos muita agilidade nas ações, até porque temos contato direto com outros órgãos”, disse o vice-diretor do Cisp, Nilson Cunha.

Já houve situação em que o guarda na rua ficou sabendo de determinada ocorrência em 17 segundos. Um caso emblemático foi de uma senhora, moradora de Piratininga, que ligou para denunciar um movimento suspeito na Rua Manuel Pacheco de Carvalho, um homem que arremessou uma sacola por ali. “E quando a nossa equipe chegou lá, apreendeu a bolsa cheia de munições de armas diferentes”, destacou Cunha.

Mas quem lidera o ranking, com 38% das reclamações, são as ocorrências de trânsito. Logo atrás estão as denúncias ligadas a crimes, que abocanham 30% das ligações. “A maioria dos acidentes de trânsito acontece nos cruzamentos do Centro e da Zona Norte”, afirmou o coordenador Leandro Rodrigues.

O Cisp funciona 24h sempre com sete guardas municipais, um agente da NitTrans e um policial militar, o que, segundo o vice-diretor, agiliza bastante o serviço. E outra plataforma que aproxima a população é o whatsapp: 98099-2160, por onde eles também recebem denúncias.

E Nilson Cunha está bem otimista. “O objetivo é índice zero de criminalidade sempre”, falou.

Ainda faltam 300 câmeras
O Cisp funciona com monitoramento de 200 câmeras, a previsão é de que até o fim deste ano sejam instaladas outras 300. A população não tem acesso às imagens, mas a polícia civil pode requisitar a qualquer momento para investigações.

Os pontos com destaque no ‘BBB Niterói’ são Avenida Roberto Silveira e Rua Gavião Peixoto, em Icaraí, Alameda São Boaventura, no Fonseca, e Avenida Marquês de Paraná, no Centro.

Fonte: O Dia Niterói











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.