domingo, 18 de dezembro de 2016

TECNOLOGIA: Barco solar pode contribuir com o Enseada Limpa



O barco realiza a coleta de dados ambientais para determinar a qualidade da água. Foto: Luciana Carneiro / Prefeitura de Niterói


Equipamento faz coleta de dados ambientais para determinar a qualidade da água

Na última terça-feira (13), as empresas Prooceano e USSV apresentaram para a Prefeitura de Niterói o barco solar autônomo, que faz coleta de dados ambientais para determinar a qualidade da água, e também realiza batimetria – medição da profundidade da massa d’água. Após a apresentação, foi feita uma demonstração do funcionamento do equipamento.

O evento foi uma iniciativa da prefeitura em parceria com o Projeto Grael e tem o objetivo de dar conhecimento a vários interlocutores da área tecnológica e ambiental sobre o novo equipamento, que foi desenvolvido por um grupo de empresas e pela Coppe, da UFRJ. O barco é movido a energia solar e foi projetado especificamente para fazer estudos ambientais em corpos hídricos de águas abrigadas. Pode ser usado na Baía de Guanabara, em rios e em lagoas.

O vice-prefeito Axel Grael disse que o objetivo foi conhecer melhor essa tecnologia, já que ela se aplica bem a algumas prioridades da prefeitura, como o Programa Enseada Limpa, que visa à despoluição da Enseada de Jurujuba e também a um projeto de despoluição da Lagoa de Piratininga.

“Esse equipamento se aplica bem a essas duas situações porque tem uma eficiência maior em águas abrigadas e consegue de forma precisa fazer rotinas de monitoramento da qualidade da água, medir vários parâmetros e também fazer levantamentos, como a batimetria. A vantagem desse barco é que não polui, é muito eficiente e exerce essas rotinas de uma forma automática, já que não é tripulado. Desta forma, você programa o barco para fazer um determinado itinerário e ele cumpre isso com precisão. Você programa tanto a rota como a velocidade, e ele envia a informação em tempo real sobre os parâmetros que você está medindo sobre aquele trajeto”, explica Grael.

Fonte: O Fluminense



------------------------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

Barco solar para pesquisa oceanográfica é apresentado no Projeto Grael, em Niterói
ENSEADA LIMPA - conheça as ações para a despoluição da Enseada de Jurujuba (Saco de São Francisco)
PROGRAMA ENSEADA LIMPA: Esperança para a Baía de Guanabara






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.