domingo, 15 de maio de 2016

CULTURA E TURISMO EM NITERÓI: MAC será reaberto dia 14 de junho



Perto de comemorar 20 anos, Museu de Arte Contemporânea será entregue reformado para os amantes da cultura de Niterói e do mundo
Foto: Leonardo Simplício / Prefeitura de Niterói


Museu servirá de passarela, no dia 28 deste mês, para o desfile da grife Louis Vuitton, antes dos ajustes finais para receber visitantes

Pamella Souza

No dia 14 de junho será reaberto o Museu de Arte Contemporânea (MAC), localizado no mirante da Boa Viagem, na Zona Sul da cidade. A obra do renomado arquiteto Oscar Niemeyer, que já está de “cara” nova, voltará a ser visitada pelo público e a reinauguração já conta com quatro exposições e uma programação artística, que ainda será definida pela Prefeitura de Niterói. A partir desta segunda-feira, o pátio do museu que completa 20 anos em setembro, ficará completamente fechado, em razão do desfile da grife Louis Vuitton, e será devolvido novamente à prefeitura no próximo dia 30.

Grande parte da obra, com investimentos de R$ 7 milhões, já está concluída, restando apenas alguns detalhes. Na última sexta-feira, funcionários ainda faziam ajustes, como instalação dos refletores no lago e conclusão do vidro da fachada. Os tapumes que cercavam a área já foram retirados e operários também instalaram nove luminárias no entorno do pátio.

No entanto, a partir desta segunda, os vidros que agora evidenciam a obra arquitetônica, considerada uma das sete maravilhas do mundo, serão cobertos com insulfilm por conta do desfile da grife francesa, que acontece no dia 28 deste mês e será fechado ao público.

A entrega do MAC à Louis Vuitton está prevista em contrato e a empresa de moda deverá utilizar o espaço até o dia 30 para montar e desmontar toda a estrutura do evento de caráter internacional. A marca vai patrocinar exposições no espaço pelos próximos 12 meses, além de promover o museu pelo mundo através de sua campanha.

Após a entrega do espaço pela grife, os últimos detalhes para a reabertura ainda serão acertados. Entre eles, está a instalação de placas trilíngues em locais estratégicos, que indicam todos os ambientes existentes no museu aos visitantes, orientando-os no passeio.

A rampa de acesso ao museu também recebeu ajustes, com novos guarda-corpos, de acordo com as especificações do projeto original de Niemeyer, e lâmpadas de LED em toda a sua extensão. O piso antiderrapante também recebeu melhorias, com o mesmo material das obras criadas pelo Niemeyer em Brasília.

O espelho d’água, que antes tinha refletores fora do lago, também voltará ao projeto original assinado pelo lighting designer Peter Gasper. Cerca de 109 luminárias de LED, que representam uma economia de energia elétrica de 80%, serão instaladas na parte interior do lago. Deste total, 36 lâmpadas serão coloridas e programadas, gerando efeitos como o do Cristo Redentor, que recebe iluminação especial de acordo com cada evento.

Após subir a rampa, o visitante irá encontrar, no primeiro andar do museu, uma nova recepção, onde funcionará o espaço de orientação aos frequentadores e a bilheteria. O espaço foi reformulado, com uma parede fictícia de madeira, separando o espaço da administração, e uma loja de souvenir. Ao subir para o último andar, onde será a entrada para as exposições, serão instaladas roletas, que controlarão o acesso dos visitantes.

No interior do museu, as lâmpadas de LED também foram ajustadas. O carpete instalado também seguiu as normas do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), já que o monumento foi tombado. O material tem toda a especificação, entre espessura e cor, de acordo com o projeto original do arquiteto.

A reestruturação do cartão-postal conhecido mundialmente tem um motivo especial. Neste ano, será comemorado o aniversário de 20 anos do MAC, que contará com uma programação especial. De acordo com o presidente da Fundação de Arte de Niterói (FAN), André Diniz, o inédito projeto de revitalização do MAC conta com melhorias que seguem um padrão internacional, como a renovação do sistema de ar condicionado, acessibilidade ao subsolo, entre outros.

“Na reabertura, o público poderá encontrar o MAC com os padrões internacionais que ele merece. Vamos entregar a Niterói um museu com o padrão que costumamos ver na Europa e nos Estados Unidos. O niteroiense vai ficar muito orgulhoso de receber esse presente mais acessível, sustentável e, certamente, mais bonito”, declarou o presidente da FAN.

Fonte: O Fluminense








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.