domingo, 22 de maio de 2016

BUSCA POR LIVROS CRESCE 10% EM BIBLIOTECAS DE NITERÓI


COMENTÁRIO AXEL GRAEL

A informação da matéria é bastante animadora e indica que a população de Niterói tem interesse em literatura e que os esforços de Niterói de fortalecer a sua rede de bibliotecas está dando resultado.

Desde o início do Governo Rodrigo Neves, a Prefeitura tem reformado as bibliotecas vinculadas à Secretaria de Educação e, recentemente, em virtude da crise financeira do Governo Estadual, assumiu o custeio da Biblioteca Pública de Niterói, que é estadual.

Também merece destaque as iniciativas como a realização do Salão da Leitura, em 2014, que recebeu um recorde de público de 75.216 mil pessoas, o Programa Trilhas da Leitura e eventos como o Piquenique da Leitura.

Parabéns à Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia e parabéns a todos os profissionais das bibliotecas da cidade.

Axel Grael
Vice-Prefeito de Niterói



------------------------------------------------------



BUSCA POR LIVROS CRESCE 10% EM BIBLIOTECAS DE NITERÓI


Biblioteca Pública de Niterói.

Biblioteca Popular.


Aline Balbino

Enquanto em vários estados do Brasil a frequência de leitores nas bibliotecas tem diminuído em até 30%, a situação em Niterói mostra uma realidade diferente. A busca por conhecimento tem lotado, por exemplo, a Biblioteca Pública de Niterói, no Centro. Segundo Cláudia Thurler Ricci, diretora da unidade, a frequência cresceu 10% na comparação dos cinco primeiros meses desse ano com o mesmo período do ano passado. Mensalmente visitam a biblioteca cerca de nove mil pessoas. Os empréstimos de livros também cresceram. De janeiro a maio foram emprestados 5.300 livros contra 5.200 do ano passado. Embora seja um aumento pequeno, a direção da unidade fica feliz por saber que mais pessoas buscam a leitura como um estilo. Acredita-se que essa migração de frequentadores de bibliotecas se dê às novas tecnologias e facilidades para leituras, como e-books que podem ser lidos em tablets e smartphones.

Enquanto em vários estados do Brasil a frequência de leitores nas bibliotecas tem diminuído em até 30%, a situação em Niterói mostra uma realidade diferente.


Segundo Cláudia, o grande diferencial da Biblioteca Parque de Niterói é a atuação fora do espaço físico. Ela salientou a necessidade de atividades extramuros num período tão tecnológico. Os indicadores que medem frequência e empréstimos tem mostrado um crescimento animador na procura por conhecimento. No final do ano passado, o que poderia ser um momento de tristeza foi revertido em oportunidade. Perto de fechar por conta de falta de verba do Governo do Estado, a biblioteca amargou um fim iminente. No entanto, o poder executivo municipal decidiu manter o local até o fim desse ano.

“Nós fazemos ações para incentivar a leitora. Temos feito feiras tanto aqui quanto em Manguinhos. O fato de ter quase fechado atraiu muita gente. As pessoas se mobilizaram bastante e no final das contas as pessoas passaram a conhecer o local. A biblioteca vai além desse conceito de abre e fecha portas. Trabalhamos com políticas de incentivo para ampliar esse número”, disse.

Ocupa república

Acontece neste sábado mais uma edição do Ocupa República. O evento acontecerá em frente à biblioteca na Avenida Amaral Peixoto, no Centro de Niterói, e contará com barraquinhas com comidas diversas, contação de histórias, apresentações musicais, oficina de máscara, palestras sobre mobilidade, entre outras atividades. O evento começa às 12 horas.

Fonte: A Tribuna



---------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

Prefeitura Móvel: Biblioteca Popular da Ilha da Conceição é reinaugurada
Rede Municipal de Educação de Niterói presente na XVII Bienal do Livro
MUITA COISA BOA ACONTECENDO NO CAMINHO NIEMEYER - Visite o Centro de Memória da História e da Literatura Fluminense







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.