quinta-feira, 9 de março de 2017

DEFESA CIVIL: Prefeitura conclui contenção de encosta na Martins Torres e entrega laudo de desinterdição de casas



Residências liberadas após obras de contenção em Santa Rosa

Pedra de 25 toneladas atingiu blocos do Conjunto Parque Residencial Martins Torres. Foto: Aqruivo/ Marcelo Feitosa



Defesa Civil entregou laudos de desinterdição. Pedra de 25 toneladas atingiu blocos de condomínio no início de 2015

A Prefeitura de Niterói concluiu esta semana as obras de contenção em uma encosta na Rua Martins Torres, em Santa Rosa, na Zona Sul, onde uma pedra de 25 toneladas rolou no início de 2015. Nesta quinta-feira (9), a Defesa Civil entregou os laudos de desinterdição dos dois blocos do Conjunto Parque Residencial Martins Torres e de casas na Rua Santo Elias e na Estrada Alarico de Souza. Os documentos foram encaminhados à síndica, Neide Souza, e ao presidente da Associação de Moradores da Martins Torres, João Carlos Siqueira Valadares, para que eles comuniquem os moradores, que poderão voltar para suas casas.

O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, acompanhou a entrega dos relatórios de desinterdição e destacou que, nos últimos quatro anos, a atual administração da Prefeitura realizou mais de 50 obras de contenção de encostas, investindo cerca de R$ 150 milhões.

"Estamos hoje entregando os laudos de desinterdição. Essa região ficou durante alguns anos interditada. Agora as pessoas vão poder voltar para as suas casas e dormir com tranquilidade sem o risco de ter um deslizamento que venha a comprometer suas residências, sem o risco de perder o patrimônio. Obras de contenção como estas são importantes para salvar vidas. Graças a esse esforço, nos últimos quatro anos, não tivemos nenhuma tragédia na cidade como a do Morro do Bumba", declarou.

A síndica do Condomínio Parque Residencial Martins Torres, Neide Souza, disse que a expectativa dos moradores pela volta às suas casas era muito grande.

"Os moradores estavam na maior expectativa de voltar para casa. Recebemos essa obra com muito orgulho. A Prefeitura foi dez com a gente. Mesmo com as dificuldades, tinha certeza que no final tudo iria dar certo. Estamos muito felizes", salientou.

A obra da Martins Torres representou um investimento de R$ 9.378.689,56 e durou oito meses. A obra de contenção foi composta de retirada de limpeza de talude (retirada das pedras), retirada e fixação de blocos rochosos, cortina atirantada, solo grampeado, concreto projetado, canaleta de drenagem e ainda será feita rede de esgoto nas casas de cima na Estrada Alarico de Souza.

Outras obras - As obras de contenção não param por aí. Estão em estágio avançado as intervenções na Rua Bombeiro Américo, no Caramujo. Estão em andamento também intervenções em sete pontos no Morro do Bonfim, no Fonseca, também na Zona Norte de Niterói.

Já estão acertadas as realizações de mais quatro intervenções na cidade: no Beltrão, Cubango e Morro do Estado, que têm investimento de R$ 14 milhões, e na Rua São Paulo, na Ponta da Areia, que tem valor de R$ 1,4 milhão. Também serão feitas obras de contenção de encostas nas ruas Selma e Jerônimo Afonso, além da Travessa Jurandir, no Caramujo. As três frentes somam investimento de R$ 5,6 milhões (recursos do Ministério das Cidades).

Foram realizadas obras de contenção de encostas em 19 pontos na Grota do Surucucu, em São Francisco; Morro do Holofote, no Fonseca; Morro do Palácio, no Ingá; Rua Ponte Ribeiro, no Bairro de Fátima; Rua Machado, no Caramujo; Rua Engenheiro Guilherme Grenhalgh, em Icaraí; Rua Fagundes Varela, entre Ingá e Icaraí, além de Quebra-Mar, em Jurujuba, entre outras.




----------------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.