quinta-feira, 22 de junho de 2017

Secretaria do Ambiente lança projeto contra desmatamento ilegal da Mata Atlântica







Programa envolve monitoramento de uma área de sete mil quilômetros quadrados no estado

RIO — A Secretaria de Estado do Ambiente (SEA) e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) lançam nesta sexta-feira, no Rio, o projeto Olho no Verde, que concentra ações para ampliar a proteção da Mata Atlântica e busca zerar o desmatamento ilegal da região até 2018.

O projeto envolve o monitoramento de uma área de sete mil quilômetros quadrados, onde se localizam os principais remanescentes florestais do estado. Para isso, são utilizadas imagens de satélite de alta resolução, que permitem identificar, com precisão, o corte de uma única árvore.

No lançamento, que acontece durante o III Encontro de Secretários de Meio Ambiente dos Estados da Mata Atlântica, na Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), a secretaria vai divulgar a relação dos municípios com maior número de ocorrências de desmatamento no ano passado.

Em Paraty, por exemplo, equipes conseguiram flagrar um grupo em plena atividade de desmatamento. No local, foi possível identificar perda de cobertura florestal de uma área de seis mil metros quadrados. A fiscalização constatou que as árvores derrubadas seriam vendidas ilegalmente. Os responsáveis foram presos em flagrante.

Em 2016, foram selecionados 326 alertas (imagens) para vistoria, dos quais 196 casos indicaram supressão de vegetação e/ou alguma intervenção irregular local, em área equivalente a 71 hectares. O trabalho permitiu direcionar, de forma mais ágil e precisa, as fiscalizações com o objetivo de reprimir o desmatamento ilegal. A ideia é expandir a campanha para outros municípios do estado, onde o número de alertas foi maior.

Fonte: O Globo







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.