quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Embarcações pagarão taxa por ancoramento na Ilha Grande





Por Fernanda Pontes

Os veleiros e escunas de excursões de turismo que vêm lotando praias como as da Ilha Grande e da Ilha da Gipóia, em Angra, podem ser obrigados a pagar uma taxa para ficarem ancorados por lá.

As prefeituras de Angra, Paraty e Mangaratiba estudam como (e a partir de quando) fazer essa cobrança, já que os visitantes estariam poluindo as praias. A medida foi discutida no récem-criado grupo S.O.S Costa Verde, que reúne, entre outros, o empresário Boni.

“Queremos usar esse dinheiro na preservação ambiental desses lugares”, diz.

Fonte: O Globo




---------------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

CAPACIDADE DE SUPORTE: Para conter visitação, governo estuda cobrar entrada na Ilha Grande a partir de 2016 
PARQUES - GESTÃO: Lei que autoriza cobrança de ‘pedágio verde’ na Ilha Grande é aprovada
Atlas Ambiental e Socioeconômico: um exemplo para as Baías de Sepetiba e Ilha Grande 







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.