quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

CAPACIDADE DE SUPORTE: Parques Nacionais americanos batem mais um recorde de visitação em 2016



COMENTÁRIO DE AXEL GRAEL:

O texto abaixo informa que o número de visitantes nos parques nacionais americanos bateu um novo recorde em 2016: 325 milhões de visitantes. O recorde anterior havia sido em 2015, com 307 milhões de visitantes. Os números ultrapassam em muito a população total brasileira: 202 milhões de pessoas.

Dados preliminares, que ainda não consideram os visitantes de dezembro de 2016, expressam a seguinte procura:

  • Grand Canyon: 5,9 milhões de visitantes.
  • Yellowstone: 4,3 milhões de visitantes.
  • Rocky Mountains: 4,5 milhões (já computa dezembro) 
  • Zion: 4,3 milhões de visitantes, quase o dobro da procura de 2010.

Os dados são do governo americano e mostram a importância que os parques têm para o cotidiano do povo americano, para o turismo e para a economia. Segundo algumas fontes, parques representam 3% do PIB daquele país.

Segundo o Serviço de Parques Nacionais, o motivo para o grande público foi uma campanha para atrair os visitantes em comemoração ao centenário do órgão. A campanha ofereceu entrada gratuita para estudantes e seus familiares. O baixo preço do combustível naquele país também contribuiu. É bom lembrar que o modelo dos parques americanos é para a visitação por automóveis. Os parques contam com extensas redes de estradas, estacionamentos e até postos de gasolina e outros serviços para os motoristas.

Mas, o texto também chama a atenção para a reflexão que se faz hoje sobre a capacidade de suporte dos parques para receber um número tão elevado de visitantes e para a qualidade da experiência dos visitantes, que vão ao parque na expectativa de ter uma experiência bucólica e natural e acabam encontrando um "Disneylândia" ("Disneyland-like situation"). Muitos visitantes expressam frustração com o que encontram nos parques.

Eu mesmo, me surpreendi ao pegar engarrafamentos nos parques nacionais do Yellowstone e nas Montanhas Rochosas. Tudo bem que neste último parque o motivo foi uma manada de búfalos que decidiu deitar numa estrada (os visitantes são proibidos de buzinar ou fazer qualquer coisas que incomode a fauna. O jeito foi esperar a chegada dos guarda-parques). Mas, no Yellowstone, o motivo foi o excesso de automóveis mesmo.

A reflexão é importante para o Brasil, que até hoje não deu a devida importância para o potencial da sua rede de áreas protegidas no Brasil e no momento em que muitos municípios, como Niterói, assumem um maior protagonismo nas estratégias de conservação e de gerenciamento das suas áreas verdes.

Axel Grael
Secretário Executivo
Prefeitura de Niterói



----------------------------------------------------



Zion National Park.


National park visits hits record high for 3rd straight year

BRADY McCOMBS

SALT LAKE CITY (AP) — Visits to U.S. national parks set a record in 2016 for the third consecutive year as landmarks such Zion, Yellowstone and Rocky Mountain experienced historic levels of popularity that brought collateral headaches stemming from overcrowded roads and trails and increasing visitor misbehavior.

At many parks, visitors waited an hour or more in cars to get through entrance gates and then spent the day trying to outmaneuver fellow visitors for parking spots and room on popular trails. They left behind enormous amounts of trash and sometimes, human waste.

Encountering a crowded, Disneyland-like situation when people were expecting peaceful serenity can lead to aggression and bad decisions, park officials said.

"The level of frustration, we've certainly seen an increase in that," said Kyle Patterson, Rocky Mountain National park spokeswoman. "Sometimes they take it out on each other and sometimes they take it out on park.

It created a good news-bad news story for park managers. They praise the increased interest but are struggling to preserve iconic mountains, slot canyons and wildlife habitat for future generations. The National Park Service budget has remained basically the flat, leaving parks to grapple with the problems without higher staffing levels.

"We love having people come to the park," said John Marciano, Zion National Park spokesman. "But our No. 1 goal, our mandate, is to preserve the park into perpetuity and to ensure our visitors have a best of kind and safe experience."

Overall visitation to national parks is on track to surpass 325 million in 2016, breaking the all-time high of 307 million set in 2015, federal figures show. The record-breaking three-year stretch came after parks visitation ebbed and flowed between 255-287 million for nearly three decades.

The National Park Service launched a major marketing campaign to celebrate its 100th birthday in 2016, including free passes for every fourth-grader and their families. That renewed attention coupled with reasonable gas prices and an improved economy likely fueled the increase, said National Parks Service spokesman Jeffrey Olson.

The agency's "Find Your park " campaign will continue this year and officials expect to surpass 300 million visitors again even if there's no record, Olson said.

Absent December totals, the Grand Canyon in northern Arizona hit 5.9 million visits. Yellowstone, which stretches into Wyoming, Montana and Idaho, had 4.3 million visits.

The final year tally for Rocky Mountain in Colorado was 4.5 million. Zion in southern Utah had 4.3 million visitors — nearly double the 2010 total.

Cramming all those people into the narrow confines of Zion where most visitors want to see the same iconic slot canyons and trails has led many days to hour-long waits to get in the park, lots that fill up by 9 a.m. and crowded shuttles, Marciano said.

"Then, you hike like ducks in a row up the trail because there are so many going up the same trail," Marciano said. "That's not what we want."

One employee spent her entire summer hiking every day to the popular Angels Landing trail to clean and put more toilet paper in two portable toilets designed for 40 visits daily that had 200, he said.

Both Zion and Yellowstone are reassessing how to create better crowd plans and Zion is considering a reservation system for park entries and a daily visitor limit.

Even though it is prohibited, more people are taking dogs on trails in the Rocky Mountain park. Visitors are also parking cars on native vegetation or fragile alpine tundra and leaving human waste right near backcountry trails, Patterson said.

This summer, the park on certain days for the first time limited the number of cars allowed on two popular roads, she said.

After Yellowstone hit 4 million visitors for the time in 2015, park spokeswoman Morgan Warthin said the park last year the "Yellowstone Pledge" urging visitors to follow guidelines that include not stopping on the side of the road to look at bears and staying on boardwalks. A man who stepped off a boardwalk died last year after falling into a boiling, acidic spring.

Yellowstone has also implored visitors to take "safe selfies" by staying far away from wild animals.

"That want that perfect picture so they're driven to get closer and closer to the point they're risking their own safety," Warthin said.

Fonte: Associated Press




----------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

Capacidade de Suporte

PRAIA DO SOSSEGO E O CONCEITO DE CAPACIDADE DE SUPORTE: os cuidados da Prefeitura de Niterói para proteger o patrimônio natural e o sossego dos visitantes
CAPACIDADE DE SUPORTE: Para conter visitação, governo estuda cobrar entrada na Ilha Grande a partir de 2016
PARQUES EM NITERÓI: Costão de Itacoatiara receberá menos visitantes em janeiro
CAPACIDADE DE SUPORTE: lidando com os efeitos do sucesso das unidades de conservação
DESPOLUIÇÃO DAS BAÍAS DE GUANABARA E CHESAPEAKE: uma comparação das experiências, reflexões e algumas lições
Quem tem autoridade sobre as praias? Quem controla os abusos?

Parques em Niterói

PRO-SUSTENTÁVEL: Região Oceânica tem garantidos R$ 350 milhões para sustentabilidade e melhorias de infraestrutura
PARNIT: Esportistas redescobrem o Parque da Cidade, que terá trilhas revitalizadas
NITERÓI MAIS VERDE: Trilhas revitalizadas são opções para o turismo ecológico em Niterói
PARQUES DE NITERÓI: Desafios para unidades de conservação no contexto metropolitano
PARQUES, CULTURA E ECOTURISMO EM NITERÓI: Duna Grande, em Itaipu, terá passeios guiados em 2017
EDUCAÇÃO ATÉ EMBAIXO D'ÁGUA: grupo da UERJ propõe trilha subaquática em Niterói
TURISMO E LAZER EM NITERÓI: Parque da Cidade aberto até 19h
MAIS PROTEÇÃO AMBIENTAL EM NITERÓI: Lei torna ilhas oceânicas de Niterói parte de Parque Estadual
PARQUE ESTADUAL DA SERRA DA TIRIRICA: Enseada do Bananal com novas regras
NITERÓI MAIS VERDE: Obra do Parque das Águas, em Niterói, segue avançando
NITERÓI MAIS VERDE - Visita ao Morro do Castro, no Barreto, para planejar a implantação de áreas protegidas na Zona Norte da cidade
PARNIT: Parque da Cidade de Niterói tem trilhas revitalizadas com tótens e sinalização
Definido calendário de trilhas guiadas e voluntariado para o PARNIT
PARNIT - Oficinas participativas para o Plano de Manejo do Parque Natural Municipal de Niterói (Parnit)
DIA HISTÓRICO EM NITERÓI: Foi publicado hoje o Decreto 11.744, que instituiu o PARNIT
NITERÓI MAIS VERDE: Trilhas revitalizadas são opções para o turismo ecológico em Niterói

Importância das trilhas para a saúde humana

ESTUDO ESTIMA IMPACTOS DO PLANEJAMENTO URBANO NA SAÚDE: Benefícios da caminhada e da bicicleta superam malefícios da poluição do ar
PARQUES: Benefícios das trilhas para a saúde

Outras postagens

PARQUES - Pequenas áreas verdes são importantes, mas cidades precisam de grandes parques
GESTÃO DE ÁREAS PROTEGIDAS - Organizações sociais vão poder atuar na gestão ambiental dos parques estaduais, decide Alerj
FISCALIZAÇÃO AMBIENTAL: Ação apreende mais de uma tonelada de pescado em Niterói
CRISE DO RJ E PARQUES: Unidades de conservação sofrem com a falta de verba
PROGRAMA “VEM PASSARINHAR”: Parque Estadual da Ilha Grande realiza caminhada de observação de pássaros
PARQUES: Espanha lança Plano Diretor da sua rede de parques nacionais
NASCENTES DE NITERÓI: Projeto vai catalogar as águas escondidas de Niterói
NITERÓI CONTRA QUEIMADAS: Defesa Civil de Niterói forma mais uma turma de voluntários contra queimadas
MMA lança publicações dirigidas a Unidades de Conservação 









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.